domingo, 17 de setembro de 2017

Emenda de Luzia garante que mulheres atuem como taxistas

Quarta-feira (13), atuação da parlamentar ganhou destaque na câmara, já que ela foi
decisiva para assegurar o direito à mulheres, que pretendem atuar na profissão.

       Conforme adiantamos durante a semana, desde a última quarta-feira (13), a Câmara Municipal de Vereadores de Garanhuns discuti um Projeto de Lei que regulamenta a atividade de taxista aqui no município. Apesar do debate envolver a regulamentação da profissão, o vereador Ary Júnior do PTB, embora negue, defende, através de uma emenda de sua autoria: que seja vedado o transporte privado remunerado de passageiros, através de carros particulares cadastrados ou não em aplicativos digitais, a exemplo, o UBER.

Na quarta-feira passada, quando a câmara analisava o PL, a atuação da vereadora Luzia Cordeiro, do PTB, ganhou destaque, já que foi decisiva para que as mulheres do município, possam exercer a atividade de taxista. Atenta, a parlamentar solicitou o acréscimo da expressão “a”, junto aos substantivos masculinos “condutor” e “permissionário”, ao artigo 4. Com isso, fica assegurado, tanto a homens quanto a mulheres residentes no município, o exercício da profissão.

O Projeto de Lei 027/2017, de autoria do Poder Executivo volta a ser debatido na Câmara na próxima quarta-feira (20). Antes, porém, na segunda (18), a partir das 19 horas, o Legislativo abra suas portas para uma audiência pública convocada pelo vereador Marinho da Estivas. O Parlamentar pediu vistas a emenda proposta por Ary, sobre a proibição do Uber, e com isso, o debate deve ser aprofundado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário