sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Morre vigilante de Garanhuns, baleado durante assalto a carro-forte

Agricultor de 65 anos, que foi atingido na cabeça por uma bala perdida; após permanecer 
internado em coma na unidade de trauma do HR também faleceu. (G1 com acréscimo do VEC).

Morreu nesta quinta-feira (17) o vigilante Roberto Ferreira, de 31 anos (foto acima), baleado durante um assalto a um carro-forte em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, na terça-feira (15). Roberto estava internado no Hospital da Restauração, em Recife. De acordo com informações do perfil do Facebook do vigilante, ele era natural de São João, mas residia em Garanhuns.

Um agricultor de 65 anos, que foi atingido na cabeça por uma bala perdida e após permanecer internado em coma na unidade de trauma do HR também faleceu. Outro vigilante baleado de raspão foi atendido em um hospital em São Bento do Una e liberado. Os outros dois vigilantes não ficaram feridos. 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Caruaru, João Rodrigues, umas das pernas do vigilante foi amputada e o quadro dele era grave. Segundo a Polícia Militar, homens fortemente armados em dois veículos e em cinco motocicletas interceptaram o carro-forte em um trecho da PE-180.

Também de acordo com a Polícia Militar, o motorista do carro-forte foi para o matagal para fugir dos tiros e o carro capotou. Os criminosos que trocaram tiros e renderam os seguranças, foram até o local, explodiram o cofre e fugiram com malotes de dinheiro. Um outro homem que estava na área rural também foi atingido.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário