segunda-feira, 28 de agosto de 2017

PSB realiza congresso sem os Coelho, prega reeleição de Paulo e lança pré-candidatura à deputado federal de João Campos

Ausência do grupo do senador Fernando Bezerra mostrou que o partido ainda mostra rachas. No 
encontro, foram eleitos os novos membros da Executiva regional do partido. (JC + Folha PE)

Neste domingo (27), o Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Pernambuco realizou, em hotel do Pina, o 14º Congresso Estadual, onde o presidente no estado da sigla, Sileno Guedes, foi reconduzido ao comando da agremiação para o próximo triênio (2017-2020). O ato virou palco para uma convocação da militância para reeleger o governador Paulo Câmara nas eleições do ano que vem. 

No entanto, a ausência do grupo do senador Fernando Bezerra Coelho mostrou que a unidade partidária ainda mostra rachas. "Paulo, hoje o partido está reunido para dizer que quer você governador de novo. Esse povo vai para a rua defender sua reeleição", afirmou Sileno Guedes, em seu discurso. A militância presente respondeu com gritos de "paulo de novo governador do povo". 

O mote do discurso foi o mesmo do prefeito do Recife Geraldo Julio. "A missão de todos nós é trabalhar todos os dias para eleger Paulo Câmara governador de Pernambuco", disse. O ato teve início às 8h, no Recife Praia Hotel, no Pina, e contou com a presença de diversas lideranças do PSB-PE. No encontro, foram eleitos os membros do Diretório e Executiva regional para o próximo triênio (2017-2020), além dos delegados aptos ao congresso nacional do PSB, previsto para outubro.
.
 

OS COELHOS FORA DO CONGRESSO - O senador Fernando Bezerra Coelho e o ministro Fernando Filho, alegaram não haver clima para justificar suas ausências na Convenção Estadual, já que pesa contra eles, um processo de expulsão; aberto pela Executiva naciona no partido. "Com processos tramitando na executiva nacional solicitando a expulsão do partido de 16 parlamentares, inclusive 4 de Pernambuco, embora convidados, consideramos não haver clima para participar de eventos partidários até o desfecho desta questão", declara a nota dos Coelho enviada à imprensa, na tarde de ontem.

PRÉ-CANDIDATURA DE JOÃO CAMPOS  –  O Congresso do PSB realizado nesse domingo, não tratou apenas de reafirma o nome do Governador Paulo Câmara à reeleição ano que vem: serviu também para lançar publicamente o nome de João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, como candidato a deputado federal pela sigla.

Quem tratou João como candidato foi ninguém menos que o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. "Também cumprimento a jovem liderança que aqui falou e entusiasmou os presentes, o deputado João Campos. Eu já chamo de deputado porque haverá de dar sequência a essa linhagem que tem compromisso com o Estado", afirmou. João discursou pouco antes. Ressaltou que não basta força política, é preciso usar o poder para transformar Pernambuco. Na oportunidade, João também puxou o coro pela reeleição do Governador Paulo Câmara e foi aplaudido.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário