sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Campus da UPE em Garanhuns vai abrigar incubadora de empresas

Universidade, oferecerá toda infraestrutura para apoiar o desenvolvimento e aceleração de ações
empreendedoras, dando suporte à inovação e a criatividade no setor tecnológico. (UPE).

O campus da Universidade de Pernambuco (UPE) em Garanhuns recebeu, do Governo do Estado, investimentos para abrigar a primeira incubadora da região. A reunião para apresentação das estruturas e do projeto às instituições parceiras aconteceu semana passada, no auditório da unidade.

Durante a reunião, coordenada pelo vice-diretor do campus, Prof. Adauto Trigueiro, e pelo coordenador de Inovação da UPE, Prof. Alexandre Maciel, foi apresentado o cronograma de ações que tem início no dia 25/08, com um evento de sensibilização aberto ao público. Já no dia 05 de outubro será realizada uma oficina de desenvolvimento de projetos. O lançamento do edital para seleção das empresas está previsto para divulgação no dia 25 de setembro.

Ainda durante o encontro, foi apresentada a estrutura física destinada à incubação de empresas de base tecnológica, que ficará situado no campus da UPE, bem como a metodologia de incubação que será provida pelo Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), que possui mais de vinte anos de experiência em programas de incubação.

Fazem parte, ainda, da iniciativa, a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o Itep, a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), o Serviço brasileiro de apoio às micro e pequenas empresas (Sebrae), a Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga), o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), e ainda, a Prefeitura Municipal de Garanhuns.

INCUBADORA - Nasceu de uma iniciativa da UPE e deverá estar concluída ainda este ano. O local terá toda infraestrutura para apoiar o desenvolvimento e aceleração de ações empreendedoras, dando suporte à inovação e a criatividade no setor tecnológico. A estrutura contará com cinco salas para incubação, duas salas para gestão/administração, uma sala para reunião e uma sala de convivência.

Para o reitor da Universidade, o Prof. Pedro Falcão, a instalação da incubadora é um ponto de partida para trazer o Armazém da Criatividade para Garanhuns. "É importante para a Universidade este processo de expansão e de integração institucional. No caso de Garanhuns e o Agreste Meridional de Pernambuco, montamos uma estratégia que possa permitir o desenvolvimento tecnológico e a inovação na bacia leiteira, fundamental para a economia do interior do estado", ressaltou.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário