quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Deputado Zeca Cavalcanti consegue liberar R$ 400 mil para Itaíba

Prefeita Regina: “Com a chegada desses recursos vamos poder investir ainda mais na melhoria da rede
municipal de saúde, garantindo um atendimento ainda melhor para o povo de todo o município”.

Em viagem a Capital Federal (Brasília), onde busca recursos para obras em Itaíba, a Prefeita Regina Cunha, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), comemora o pagamento de uma emenda parlamentar do deputado federal Zeca Cavalcanti (PTB - foto abaixo), no valor de R$ 400 mil para o custeio da atenção especializada na saúde. A confirmação foi feita durante visita ao Ministério da Saúde, ao lado do consultor César Augusto e do Secretário de Finanças, Wherbson Alves, ainda na terça-feira, dia 29 de agosto.

“Com a chegada desses recursos vamos poder investir ainda mais na melhoria da rede municipal de saúde, garantindo um atendimento ainda melhor para o povo de todo o município, da cidade e dos distritos”, afirmou Regina. Ela ainda lembrou que a Prefeitura de Itaíba ainda aguarda a liberação de mais recursos para a saúde, educação e obras no município e até a sua volta deverão surgir mais novidades para a população itaibense.
.

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO: Palestra de Eliane Vilar marca abertura da semana de Administração

Abertura da Semana, será realizada no Auditório da Autarquia do Ensino Superior 
de Garanhuns – AESGA, na quarta-feira (13) às 19 horas. (Ascom/Aesga).

A Faculdade de Ciências da Administração de Garanhuns – FAGA estará vivenciando no período de 13 a 16 de setembro a 28ª edição da Semana de Administração, que este ano abre discussões para o tema “O papel social das Organizações”. A abertura da Semana será realizada no Auditório da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns – AESGA, às 19 horas, e será marcada pela palestra da Secretária de Educação do Município e ex-presidente da AESGA, Eliane Simões Silva Vilar, que abordará a temática do Evento.

A quinta-feira, dia 14, será marcada pela realização de uma série de oficinas, que serão ministradas por consultores do SEBRAE, parceiro da FAGA neste e em tantos outros eventos, e por alunos e profissionais da Autarquia. Já na sexta-feira, 15, o diálogo engloba a questão “Desenvolvimento Sustentável e outras economias possíveis” com a presença da palestrante Verônica Cristina Moreira Ribeiro. 

A Semana de Administração da FAGA também é diversão. No último dia do Evento também haverá um momento destinado à gincanas e a Corrida do Administrador. Para a Corrida, as inscrições estão sendo realizadas na sede do CRA-PE/Seccional Garanhuns. 

As inscrições para o Evento serão feitas mediante a doação de 1kg de alimento não perecível e seguem abertas até o dia 6 de setembro com os representantes das turmas, que estão atuando em parceria com a Coordenação da FAGA. Além do SEBRAE, o Conselho Regional de Administração – CRA e a Associação dos Administradores de Pernambuco – AAPE estão apoiando a realização do Evento.
.

Izaías segue na luta para desbloquear recursos da Prefeitura

Apesar dos esforços do gestor e da boa vontade que tem encontrado em Brasília, até 
agora município não conseguiu resolver a questão. (Blog do Roberto Almeida).

Mais uma vez o prefeito Izaías Régis (PTB) está na capital federal, Brasília, tentando desbloquear os mais de R$ 8 milhões de reais do município garanhuense que foram travados por intermédio de uma decisão judicial. O problema surgiu por conta do uso de recursos obtidos pela prefeitura, no final da gestão de Luiz Carlos de Oliveira, através de uma ação movida contra o Unibanco e outras instituições financeiras.

Na época o Governo Municipal conseguiu através de uma liminar mais de R$ 10 milhões e usou o dinheiro para zerar os débitos da administração, deixando em caixa para a nova gestão apenas R$ 50,00. A “bomba” veio estourar agora, nas mãos de Izaías, que há três meses está governando com cerca de 90% do dinheiro do Fundeb bloqueado e tendo que “fazer milagres” para não atrasar o pagamento dos funcionários públicos.

Se os servidores até agora estão recebendo em dia, o mesmo não acontece com os fornecedores e prestadores de serviço. A empresa que faz a limpeza do lixo da cidade, por exemplo, está sem receber, conforme revelou o próprio prefeito ao blog do Roberto Almeida.

Apesar dos esforços do gestor, da boa vontade que tem encontrado em Brasília, por parte do deputado Jorge Côrte Real e outros parlamentares, do senador Armando Monteiro e de ministros do Governo Temer, como Mendonça Filho, até agora o município não conseguiu resolver a questão e por duas vezes teve negado o pedido de desbloqueio.

Caso sofra novo revés, é provável que a situação se agrave mais ainda e novos recursos sejam travados, elevando o montante de dinheiro que a Prefeitura de Garanhuns não está podendo utilizar. O ritmo das obras diminuiu, algumas estão paralisadas e até a recuperação das ruas castigadas pelo inverno rigoroso deste ano segue em ritmo lento.

Izaías já foi três vezes à capital federal, tem lutado através de bons advogados, perdido noites de sono, mas não sabe ainda quando o problema será resolvido e poderá respirar tranquilo. O gestor lamenta que num momento desses, em que a população de Garanhuns é que está pagando pelos erros dos outros, "dois ou três carniceiros com interesse político” usem as redes sociais para atacar a gestão, usando como pretexto o bloqueio de recursos. “É como se só pensassem em si e nos seus interesses pessoais. É como se gostassem de ver o município sendo penalizado”, lamenta o petebista.

HOJE TEM NANDO AZEVEDO NA BUDEGA DO ZÉ
.

Professores de Garanhuns paralisam atividades parcialmente

Paralelo as paralisações, o Ministério Público de Pernambuco, aqui em Garanhuns, ingressou com 
uma Ação Civil Pública contra a Municipalidade. (Com informações do Blog do Carlos Eugênio).

Os Professores da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns promoveram ontem (30), uma paralisação de advertência. A ação integra o processo de Estado de Greve, definido pela categoria em assembleia do Sindicato dos Professores do Estado de Pernambuco (SIMPRO), realizada no último dia 24. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, das mais de 60 unidades escolares, 14 funcionaram normalmente. 9 escolas aderiram 100% à paralisação e não tiveram aulas, enquanto que as demais aderiram de forma parcial.

De acordo com o representante do Sindicato dos Professores de Pernambuco (SINPRO), em Garanhuns, José Maria da Costa Júnior, a categoria protesta contra “a redução da carga horária dos professores, com a consequente perda salarial”, reivindicando o cumprimento dos 200 dias letivos para o aluno, entre outras reivindicações.

MP INGRESSA COM AÇÃO CIVIL PÚBLICA - Paralelo as paralisações promovidas pela categoria, o Ministério Público de Pernambuco, através da 2ª Promotoria de Justiça e Defesa da Cidadania de Garanhuns, afrente o Dr. Domingos Sávio Pereira Agra, ingressou com uma Ação Civil Pública contra a Municipalidade. A medida tem por base, segundo o MP, a violação por parte do Município de alguns direitos dos Professores, após a mudança na carga horária dos profissionais, que teria acarretado perdas salariais, ferindo o princípio da irredutibilidade de vencimentos previsto na Constituição.
.

Caminhada em alusão a Lei Maria da Penha movimentou a cidade

Evento reuniu mais de 600 pessoas que seguiram da Av. Rui Barbosa até a Praça 
Mestre Dominguinhos. (Com informações e imagens de Daniela Batista/Secom/PMG).

A Lei 11.340/06, conhecida como Lei Maria da Penha, ajuda diariamente milhares de mulheres brasileiras a denunciarem abusos e violências em todo o país. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), o programa é um dos três mais eficientes no combate à violência contra a mulher no mundo. Pensando nisso, a Secretaria da Mulher de Garanhuns promoveu na manhã desta quinta-feira (31), uma caminhada em comemoração aos 11 anos da lei e reuniu mais de 600 pessoas que seguiram da Av. Rui Barbosa até a Praça Mestre Dominguinhos.

Escolas municipais e estaduais do município participaram do momento e levaram cartazes que fazem alusão ao combate à violência de gênero. A aluna da Escola de Referencia em Ensino Médio (Erem) Dom João da Mata, Emanuelly Bernardes, de 17 anos de idade, explicou que é importante participar desses momentos de conscientização. “Eu acho muito importante ter essa caminhada. Precisamos lutar a favor dos direitos da mulher e queremos mais pessoas ao nosso lado. Os jovens precisam se conscientizar a respeito desses tipos de violência”, ressaltou a estudante.

A secretária da Mulher, Walkiria Alves, destacou detalhes da caminhada. “A gente se reuniu hoje para esse momento de reflexão e celebração, no encerramento do aniversário dos 11 anos da Lei Maria da Penha. Durante todo o mês, intensificamos, junto à comunidade e às escolas, a temática ‘Violência contra a mulher não tem desculpa, tem lei’ e terminamos o período de comemoração à lei com essa caminhada. Precisamos de uma mudança de cultura, precisamos refletir sobre os números de violência e dar um basta. Estamos debatendo com os alunos porque a educação é fundamental. Sem ela, não temos transformação”, explicou a titular. O momento também contou com o apoio da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) e a Polícia Militar.
.

.

.

.

Novo asfalto da Avenida Santo Antônio fica pronto na sexta (1)

Local passou recentemente por obras da Compesa que substituíram a tubulação
existente por debaixo da via. (Com informações e imagens da Secom/PMG).

A Secretaria de Obras e Serviços Públicos, em parceria com a Secretaria de Infraestrutura, iniciaram na manhã desta quinta-feira (31) o serviço de recolocação do asfalto no trecho da Avenida Santo Antônio, em frente à Catedral. O local passou recentemente por obras da Compesa que substituíram a tubulação existente por debaixo da via. Após a intervenção, foi necessário refazer parte da via e a equipe planeja finalizar a obra até esta sexta-feira (01). Agentes de autoridade de trânsito da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) estão atuando no ordenamento do tráfego.
.

Final de semana será de Jogos Estudantis no Sesc Garanhuns

Serão 17 equipes masculinas e 6 femininas, que disputarão os jogos nas modalidades de 
Futsal (Masculino e Feminino) e Voleibol Misto. (Com informações e imagens da Secom/PMG).

Garanhuns, no Agreste Meridional vai sediar a 22ª edição dos Jogos Estudantis Abertos (Intergrêmios), no próximo fim de semana, dias 2 e 3 de setembro, no ginásio do Sesc. O evento vai reunir estudantes de dezessete escolas do município, sendo elas: CERU; IFPE; Estadual; EREMG; IPH (A e B); Escola de Aplicação; João Marques; Henrique Dias; Elvira Viana; Simôa Gomes; João da Mata; São Cristóvão; Elisa Coelho; Mário Matos; Aderbal Jurema; Virgem do Socorro e da UESG.

Serão 17 equipes masculinas e 6 femininas, que disputarão os jogos nas modalidades de Futsal (Masculino e Feminino) e Voleibol Misto. As partidas têm início às 8h e se estenderão até as 20h, nos dois dias de sua realização.

O 22º Intergrêmios é uma realização da União dos Estudantes Secundaristas de Garanhuns (UESG), em parceria com o Governo Municipal de Garanhuns, através da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer, e com o SESC/Garanhuns.
.

Vegetação nativa das nascentes de Garanhuns serão recompostas

João Paulo Sobral: “Recuperar as nascentes é um compromisso assumido, acima
de tudo, com o meio ambiente”. (Com informações e imagens da Secom/PMG).

A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente está realizando o levantamento de propriedades que apresentem nascentes com déficit de vegetação ciliar nativa. O objetivo é recompor essas nascentes com espécies arbóreas nativas de Garanhuns, bem como orientar o proprietário quanto à importância da vegetação de topo de morro e da mata ciliar para a garantia permanente da nascente, além de promover a melhoria da qualidade da água e a preservação e conservação ambiental. “Recuperar as nascentes é um compromisso assumido, acima de tudo, com o meio ambiente”, afirma o secretário da pasta, João Paulo Sobral.
.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

SERTÃO NÃO PARTICIPARÁ: Sem estádio, times de Petrolina estão fora do Campeonato Pernambucano de Futebol da Série A2

Laudos do estádio Paulo Coelho não foram entregues na FPF. Com isso, Petrolina e 1º de Maio 
estão fora da segundona do estadual em 2017. (Com informações e imagens do globoesporte.com).

Pelo segundo ano consecutivo, a cidade de Petrolina, no sertão de Pernambuco, ficará sem representantes na Série A2 do Campeonato Estadual. A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) divulgou no final da noite da segunda-feira, a lista dos dez clubes que vão participar da disputa. Para a surpresa dos torcedores, o Petrolina e o 1º de Maio não estão entre os postulantes ao acesso à elite do futebol estadual.

Diferente do ano passado, quando o Petrolina, por motivos financeiros, desistiu da Série A2, e o 1º de Maio estava sem a mínima estrutura, o que tirou as equipes da segundona de 2017 foi o estádio Paulo de Souza Coelho. De acordo com o diretor de competições da FPF, Murilo Falcão, os clubes não apresentaram os laudos necessários para que a praça esportiva fosse utilizada durante a segundona.

– O estádio é primordial. Se você não tiver o estádio, não tem onde jogar. Se o clube indicou o estádio e não apresentou nem dois laudos dos quatro que são exigidos, até para jogar de portão fechado, não tem como jogar. Os clubes estão regulares perante a Federação, mas não têm onde jogar - afirma o dirigente. Segundo Falcão, mesmo o estádio sendo do município, a responsabilidade por apresentar os laudos na FPF é dos clubes.

A Competição, começa em setembro com 10 equipes: Vera Cruz, Sete de Setembro, Íbis, Cabense, Centro Limoeirense, Porto, Chã Grande, Decisão, Pesqueira e Ferroviário do Cabo. Devido a tentativa da FPF em enxugar a primeira divisão, apenas um time vai conseguir o acesso para a elite do pernambucano em 2018. A primeira fase será regionalizada e dividida em dois grupos com cinco times cada. Os quatro melhores classificados passarão para a segunda fase e jogarão no sistema mata-mata.

Os vencedores das partidas irão garantir vaga para a disputa do título que será definido em jogos de ida e volta. No grupo A estão: Cabense (Cabo), Ferroviário (Cabo), Centro Limoeirense (Limoeiro), Vera Cruz (Feira Nova), Íbis (Carpina). Já o o grupo B será formado por: Sete de Setembro (Garanhuns), Pesqueira (Pesqueira), Decisão (Bonito), Porto (Caruaru), Chã Grande (Chã Grande).
.

Álvaro Porto sobre Paulo Câmara: “O governo de gestão fraca está se despedaçando a cada dia”

Porto: "A notícia é boa para oposição, que reforça sua musculatura, e é excelente para 
povo pernambucano, que vem sofrendo diariamente com a violência”. (Fonte: Assessoria).

A frente de oposição gestada em evento do Ministério das Cidades, segunda-feira (28.08), em Caruaru, evidenciou a pulverização do governo Paulo Câmara. A avaliação foi feita pelo deputado estadual Álvaro Porto (PSD) em discurso proferido na Assembleia nesta terça-feira (29.08). "A notícia é boa para oposição, que reforça sua musculatura, e é excelente para o povo pernambucano, que vem sofrendo diariamente com a violência, com a precariedade de hospitais e dos transportes públicos. No Recife, na Região Metropolitana e no interior a insatisfação e a falta de esperança das pessoas é gritante. Nas redes sociais, críticas de manifestações de descontentamento são vistas a todo momento", disse.

De acordo com o deputado, "por isso tudo, o caminho que começou a ser construído no dia de ontem  (anteontem) está perfeitamente sintonizado com a realidade que aflige os cidadãos pernambucanos". Ele destacou que não por acaso o discurso mais claro e mais forte em favor da formação da frente tenha partido do senador socialista Fernando Bezerra Coelho. "Isso atesta que se as ruas evidenciam a falta prestígio do governo comandado pelo PSB, internamente a escassez de unidade é óbvia no Palácio do Campo das Princesas. Ou seja, o governo de gestão fraca está se despedaçando a cada dia", frisou.

Nas suas declarações, FBC fez questão de lembrar que em 2006, na campanha em favor do então candidato Eduardo Campos, Caruaru e Petrolina se uniram para apoiar uma candidatura considerada impossível de ser vitoriosa. E, sem fazer arrodeio, arrematou: “Em 2018, oxalá teremos de novo, mais uma vez, a união de Caruaru e Petrolina para que Pernambuco possa voltar a entrar nos rumos do desenvolvimento”. O senador se referia ao fato de ele e do ex-governador João Lyra (presente no evento), líder político de Caruaru, terem se unido lá atrás e agora estarem dialogando sobre a sucessão estadual em 2018.
.

A fala cresceu em simbolismo porque aconteceu diante do senador Armando Monteiro (PTB), dos ministros da Educação, Mendonça Filho (DEM); das Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho (PSB); da Defesa, Raul Jungmann (PPS); e das Cidades, Bruno Araújo (PSDB). Também estavam presentes o ex-governador Joaquim Francisco, 50 prefeitos de diversas regiões do estado, com destaque para Raquel Lyra (PSDB), prefeita de Caruaru, maior colégio eleitoral do interior.

"O governador Paulo Câmara, que no domingo tinha dado como desculpa para ausência de Fernando Filho ao congresso do PSB os preparativos do ministro para uma viagem a China, viu que a realidade é outra. Fernando Filho esteve no evento e mostrou que o caminho da China tinha Caruaru no meio. Aliás, o caminho da oposição para 2018 começou a ser trilhado e também passa por Caruaru", arrematou Álvaro Porto. 

O encontro que culminou com o ensaio de aliança da oposição se deu no Alto do Moura, durante a entrega de 2.404 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal. Mas de 9.600 pessoas passaram a contar com um teto próprio e a dispor da estrutura de uma pequena cidade, com área de lazer, parque infantil, quadra de esporte, salão de festas, centro comunitário e ciclovia. Isso sem falar no fato de que todas as unidades são adaptadas para pessoas com deficiência. Os residenciais Luiz Bezerra Torres I e II custaram cerca de R$ 151 milhões.
.

Assembleia Legislativa cria frente contra privatização da Chesf

Criação da frente ocorre no momento em que Fernando Bezerra e o ministro Fernando Filho 
ensaiam deixar o PSB para reforçar o palanque de oposição no Estado. (Paulo Veras – JC Online)

Uma frente parlamentar contrária à privatização da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) pelo governo federal será criada na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O grupo será coordenado pelo deputado estadual Lucas Ramos (PSB-foto, abaixo), adversário em Petrolina do grupo político do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), pai do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB), que está a frente da venda da Eletrobras, estatal que controla a Chesf.

De acordo com Lucas, as principais preocupações são com a função estratégica da energia para o desenvolvimento do País, com a possível dilapidação do patrimônio público e com o papel central que a empresa tem na gestão das águas do Rio São Francisco. “O rio tem um uso múltiplo no que diz respeito ao consumo de água para uso humano, para a produção agrícola através da irrigação ou da agricultura familiar, da pesca artesanal e o objetivo fim da Chesf que é a exploração para a geração de energia elétrica”, lembra.

A criação da frente ocorre no momento em que Fernando Bezerra Coelho e o ministro Fernando Filho ensaiam deixar o Partido Socialista Brasileiro (PSB) para reforçar o palanque de oposição no Estado, mirando numa candidatura majoritária ao lado de outros ministros do governo Michel Temer. Após a aprovação da frente, Lucas criticou a privatização como uma medida tomada pelo “desgoverno” federal.

MINISTRO DO PSB - “Do ponto de vista partidário, o ministro Fernando Filho, parlamentar eleito pelo PSB, feriu gravemente o estatuto do partido quando prevê a privatização de uma estatal, enquanto nós socialistas pregamos o fortalecimento das empresas públicas de forma que o Estado possa oferecer oportunidade para todos os brasileiros. O que nos entristece é saber que um deputado do PSB foi o porta-voz dessa notícia de venda do Rio São Francisco”, disparou Lucas Ramos. Na Alepe, já há uma audiência pública marcada para o próximo mês para debater a privatização da Chesf, para a qual Fernando Filho foi convidado.

Além dele, integram o colegiado os deputados Odacy Amorim (PT), Rodrigo Novaes (PSD), Laura Gomes (PSB) e Zé Maurício (PP). Em entrevista à TV JC no início da semana, Novaes disse não querer acreditar que a privatização vá incluir as usinas hidrelétricas que existem no Rio São Francisco e cuja vazão interfere na disponibilidade de água. “Acho um pecado, um crime com quem precisa da água do rio”, descreveu. “O ministro conhece o Rio São Francisco e me causa estranheza que ele tome uma medida assim sem ouvir as pessoas envolvidas”, ponderou ainda.
.

Gestão Previdenciária de Garanhuns é considerada a 3ª melhor

Ao todo, 27 outros municípios concorreram à premiação, reconhecida em todo território.
Prêmio será entregue no dia 19 de setembro, em Curitiba (PR). (Cloves Teodorico/Secom/PMG).

A cidade de Garanhuns, situada na Região Agreste Meridional do Estado de Pernambuco, foi eleito o terceiro melhor município no quesito gestão previdenciária. O reconhecimento é da oitava edição do Prêmio de Boas Práticas de Gestão Previdenciária da Associação Nacional de Entidades de Previdência dos Estados e Municípios (Aneprem), que teve seu resultado divulgado nesta segunda-feira (28). Essa é a quarta vez consecutiva que o município concorre e terceira sendo premiado. A última vez foi na edição do ano passado (2016), quando também obteve o terceiro lugar.

Ao todo, 27 outros municípios concorreram à premiação, reconhecida em todo território. Garanhuns, com o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Garanhuns (IPSG), disputou na categoria de médio porte e foi o único município pernambucano na concorrência. O prêmio analisa práticas de transparência, equidade, ética, e responsabilidade corporativa e social.

O prêmio será entregue no dia 19 de setembro, em Curitiba (PR), durante o 17º Congresso Nacional de Previdência da Aneprem, em conjunto com o 11º Seminário Paranaense de Previdência da Apeprev. “Esse reconhecimento é resultado de um trabalho em conjunto, então é gratificante, principalmente num cenário como o do país atualmente, estarmos nesse ranking. Mostramos que é possível, com comprometimento de todos, realizar um trabalho de excelência”, ressalta o presidente do IPSG, Marcelo Marçal.

A Anaprem analisou diversas práticas, entre elas estão a publicação de atas do comitê de investimento, a disponibilização do extrato previdenciário individualizado do segurado e dos demonstrativos das aplicações financeiras das receitas e despesas empenhadas e realizadas nas despesas administrativas e da folha de pagamento da unidade gestora e dos beneficiados.  A capacitação dos conselheiros administrativo fiscal ou equivalentes também foi analisada, bem como a disposição do código de ética, a regularidade quanto às obrigações fiscais, o recadastramento dos ativos nos últimos 4 anos e dos inativos.
.

Escola de Garanhuns é a 2ª melhor em Índice de Desenvolvimento

Resultado do IDEPE, ainda colocou o município de Jupi, como aquele que 
tem a 1ª posição no Estado nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental.

O clima era de expectativa entre gestores, professores e prefeitos de alguns municípios do Estado para o anúncio dos destaques do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (IDEPE) no ano de 2016. Os resultados foram divulgados na manhã da segunda-feira (28) pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estadual de Educação. A solenidade de premiação aconteceu na Sala das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas; sede do Governo de Pernambuco.

Considerado o evento mais importante do calendário da educação pública de Pernambuco, o IDEPE visa valorizar o trabalho das escolas, Gerências Regionais de Educação (GRE) e municípios que obtiveram bons desempenhos educacionais no Estado. Divulgado anualmente, a realização da solenidade de premiação do IDEPE entrou no calendário do Governo do Estado em 2015, e desde então, é um momento esperado por todos os gestores estaduais e municipais de Pernambuco. O IDEPE 2016 premiou seis municípios, seis Gerências Regionais de Educação (GRE) e doze escolas. 

Dentre elas, a Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra, de Garanhuns. A unidade de ensino conquistou a 2º colocação nos IDEPEs dos Anos Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio entre as escolas estaduais em parceria. Também do Agreste Meridional, o município de Jupi é o primeiro colocado no Estado nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. De Canhotinho, a Escola Padre Callou de Alencar foi citada entre as melhores do Ensino Fundamental Anos Finais de Pernambuco. 

Prefeita de Itaíba busca recursos com senador Armando Monteiro

Em viagem a Brasília, além do encontro com o senador, Regina também 
esteve visitando o FNDE, onde busca destravar recursos para novas creches.

Com uma aprovação de 84,1% segundo pesquisa do Instituto Múltipla, a prefeita de Itaíba, Regina Cunha (PTB), está em Brasília (DF), em busca de garantir a liberação e destravar emendas e recursos para obras nas áreas de infraestrutura, saúde e educação. 

Na terça (29), a prefeita esteve no escritório do senador Armando Monteiro, juntamente com o Secretário de Finanças do Município, Wherbson Alves; o engenheiro César Augusto e o assessor jurídico Pedro Melchior. Em pauta recursos para obras no município de Itaíba, entre elas a nova entrada da cidade que está orçada em R$ 2 milhões. 

Além do encontro com o senador Armando Monteiro, a prefeita Regina Cunha também esteve visitando o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação – FNDE, onde busca destravar recursos para novas creches e conclusão das unidades abandonadas pela gestão passada, como também projeto para a construção de uma escola modelo com 12 salas de aula na cidade de Itaíba.

O município vem organizando a casa após herdar uma prefeitura endividada e com salário atrasado. “Somente de débitos passados foram pagos nos primeiros quatro meses de governo, mais de R$ 1 milhão de reais, ao mesmo tempo em que recuperamos toda a rede de saúde do município, garantimos a volta às aulas com transporte, merenda e professores em todas as escolas e retomamos todos os programas sociais”, revela o Secretário Wherbson Alves. 

“Além de promovermos a melhoria da Educação, Saúde, da Ação Social e da infraestrutura do município, estamos trabalhando para alocar verbas e emendas que vão se transformar em obras e projetos para que possamos retomar o desenvolvimento de Itaíba”, defende a Prefeita Regina.

Armando Monteiro: "Minha Casa Minha Vida merece ser ampliado"

Na segunda-feira (28), em Caruaru, Agreste de Pernambuco, senador participou da
entrega de conjuntos residenciais erguidos pelo programa do Governo Federal.

O senador pernambucano pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) Armando Monteiro participou, na última segunda-feira (28), da cerimônia de inauguração e entrega dos conjuntos residenciais Luiz Bezerra Torres I e II, em Caruaru. Na solenidade, Armando destacou o grande impacto social que o empreendimento vai gerar no município e frisou que o programa Minha Casa Minha Vida deve ser mantido e ampliado em todo o País.

O evento reuniu a prefeita Raquel Lyra (PSDB), os ministros Bruno Araújo (Cidades), Mendonça Filho (Educação), Fernando Bezerra Filho (Minas e Energia) e Raul Jungmann (Defesa), o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), os ex-governadores João Lyra Neto (PSDB) e Joaquim Francisco (PSDB), além de deputados federais e estaduais e mais de 50 prefeitos pernambucanos.

Durante a solenidade, Armando Monteiro, ao lado de Fernando Bezerra Coelho, entregou as chaves da nova casa de Silene Maria dos Santos. Ela e sua família foram uma das beneficiadas do Minha Casa Minha Vida faixa 1. Ao todo, foram investidos nos residenciais cerca de R$ 150 milhões na construção de 2.404 moradias, que vão abrigar cerca de 9,6 mil pessoas. Além dos apartamentos, os residenciais possuem creche, escola, área de lazer, entre outros equipamentos públicos.

“Essa é uma obra de grande alcance social, que revela que o programa Minha Casa Minha Vida, idealizado nos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma, merece ser aperfeiçoado e fortalecido. O Minha Casa Minha Vida é um programa exitoso e que precisa ser continuado para que o Brasil possa responder a esse déficit habitacional que ainda temos”, afirmou Armando Monteiro. “Fico muito satisfeito de verificar que o governo vem mantendo a prioridade no programa, sobretudo porque vem contando com a sensibilidade e a competência do ministro Bruno Araújo. Ele tem valorizado e levado adiante esse projeto”, completou o petebista.

Em seu discurso, o senador Armando Monteiro destacou a capacidade de articulação da prefeita Raquel Lyra à frente da gestão municipal. “É uma satisfação verificar que isso tudo acontece em Caruaru, que é tão importante nos cenários econômico e social de Pernambuco, e que no momento, sob a liderança da prefeita Raquel Lyra, de forma articulada com o governo federal e a classe política pernambucana, procura levar projetos e investimentos para o município”, disse.

Armando também assinalou que os demais ministros pernambucanos têm dado importantes contribuições ao País. “Cada um em sua área, os ministros de Pernambuco têm dado demonstrações de competência. Eles têm tido a capacidade de dar continuidade a programas criados em gestões anteriores, mas que pelo alcance social merecem continuidade, sob uma perspectiva do aperfeiçoamento”, concluiu o petebista.
.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

2018 LOGO ALI: Marília Arraes defende candidatura própria do PT ao Governo de Pernambuco, e descarta apoio a Paulo e Armando

Marília: “Aqui a gente defende a candidatura própria e não concorda com as posturas
de nenhuma candidatura posta”. (Com informações do Blog do Jamildo).

Três anos após romper com o PSB, a vereadora Marília Arraes, hoje no PT, agora vê com naturalidade o encontro do ex-presidente Lula com a família Campos. A parlamentar defendeu em entrevista ao Blog de Jamildo no último sábado (26) que o ex-presidente está juntando alianças para a disputa em 2018. Ela e Lula conversaram sobre o cenário eleitoral antes da visita a Brasília Teimosa, na capital pernambucana, Recife.

Cotada a ser candidata a governadora pelo partido, porém, a prima do ex-governador Eduardo Campos defendeu que a legenda tenha um nome na disputa e não peça votos para Paulo Câmara (PSB) ou Armando Monteiro (PTB), com quem Lula também se encontrou na visita a Pernambuco. O petista esteve com o socialista no jantar na casa de Renata Campos na última quinta-feira (24) e tomou café-da-manhã com o petebista na sexta-feira (25).

“Se aqui em Pernambuco todos os candidatos apoiassem Lula, seria o cenário ideal. A gente quer conquistar voto para Lula”, afirmou Marília. “Agora, aqui a gente defende a candidatura própria e não concorda com as posturas de nenhuma candidatura posta”, ponderou. Ou seja, na análise dela, Paulo Câmara e Armando Monteiro poderiam até pedir votos para o petista, mas não o contrário.

Marília trocou o PSB pelo PT no início do ano passado, com ficha abonada por Lula, após dois anos de desgaste com os socialistas. A vereadora era contra o rompimento de Eduardo Campos com o governo Dilma Rousseff, para se candidatar à presidência. Em 2014, também brigou com o primo por causa da nomeação do filho dele João Campos – hoje chefe de gabinete de Paulo Câmara – à Juventude do PSB.

“Política, a gente faz abrindo portas, não é fechando”, minimizou a visita de Lula aos Campos. “Lula está fazendo o que precisa fazer para construir a candidatura dele e também a defesa. Está reconquistando apoios que um dia já teve. Não vejo problema nenhum.”

Questionado, Lula afirmou que mantém relação pessoal com a família desde Miguel Arraes. Recebido pelo senador Renan Calheiros (PMDB) em Alagoas, defendeu a necessidade de alianças na política e afirmou que é grato a ele a José Sarney.

POLÍTICA: Senador Lindbergh Farias confirma Marília Arraes como candidata ao Governo de Pernambuco em 2018

Lindberg: “As alianças eleitorais vão se fechar lá na frente. O importante é o PT crescer 
construir uma chapa de deputados e o nome de Marília contribui para isso”. (Fonte: JC Online).

Apesar dos gestos que tem feito, o PT local não confirma (e também não nega) a candidatura da vereadora do Recife Marília Arraes ao Governo de Pernambuco em 2018. Mas, entre os políticos nacionais, o nome dela já está consolidado. O líder do partido no Senado, Lindbergh Farias (RJ), confirmou neste sábado (26), em visita a Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife, que a parlamentar deve rodar o Estado para construir a candidatura. “O PT está aqui com uma candidatura, é Marília Arraes, e nós vamos estar construindo. O importante para a gente agora é crescer essa candidatura”, afirmou o senador.

O parlamentar paraibano, mas eleito pelo Rio de Janeiro, minimizou as conversas que o ex-presidente Lula teve em passagem pelo Recife com o senador Armando Monteiro (PTB), apoiado pelo PT em 2014, e com o governador Paulo Câmara (PSB). “As alianças eleitorais vão se fechar lá na frente. O importante é o PT crescer e construir uma chapa de deputados e o nome de Marília contribui para isso”, defendeu.

O PT saiu com o PTB depois que o ex-governador Eduardo Campos, primo de Marília Arraes, decidiu romper com os petistas para se lançar candidato. Em 2014, o PSB tinha Marina Silva na disputa (depois da morte de Eduardo) e no segundo turno apoiou Aécio Neves (PSDB), após uma campanha de críticas a Dilma Rousseff (PT).

Mais cedo, Marília Arraes se encontrou com Lula no hotel onde ele se hospedou, na Zona Sul da cidade, para conversar sobre o cenário eleitoral para 2018. A vereadora também foi a São Paulo se encontrar com o ex-presidente em julho, uma semana antes de ser uma das protagonistas da propaganda partidária do PT local criticando o governo Paulo Câmara. No evento em Brasília Teimosa, Marília afirmou que os apoios de Armando e Paulo Câmara seriam “bem-vindos”, mas não recíprocos, e que o PT teria candidatura própria.

A vereadora trocou o PSB pelo PT no início do ano passado, com ficha abonada por Lula, após dois anos de desgaste com os socialistas. A vereadora era contra o rompimento de Eduardo Campos com o governo Dilma Rousseff, para se candidatar à presidência. Em 2014, também brigou com o primo por causa da nomeação do filho dele João Campos – hoje chefe de gabinete de Paulo Câmara – à Juventude do PSB.

Fernando Filho - Lindbergh ainda criticou as privatizações do governo Michel Temer (PMDB) e atribuiu papel relevante no processo ao ministro de Minas e Energia, o pernambucano Fernando Filho, que pode ser candidato a governador no ano que vem. “Sinceramente, eu não sou especialista em política pernambucana, mas ele não tem a menor chance. Tem que ser uma pessoa que fale com o povo.”

PSB realiza congresso sem os Coelho, prega reeleição de Paulo e lança pré-candidatura à deputado federal de João Campos

Ausência do grupo do senador Fernando Bezerra mostrou que o partido ainda mostra rachas. No 
encontro, foram eleitos os novos membros da Executiva regional do partido. (JC + Folha PE)

Neste domingo (27), o Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Pernambuco realizou, em hotel do Pina, o 14º Congresso Estadual, onde o presidente no estado da sigla, Sileno Guedes, foi reconduzido ao comando da agremiação para o próximo triênio (2017-2020). O ato virou palco para uma convocação da militância para reeleger o governador Paulo Câmara nas eleições do ano que vem. 

No entanto, a ausência do grupo do senador Fernando Bezerra Coelho mostrou que a unidade partidária ainda mostra rachas. "Paulo, hoje o partido está reunido para dizer que quer você governador de novo. Esse povo vai para a rua defender sua reeleição", afirmou Sileno Guedes, em seu discurso. A militância presente respondeu com gritos de "paulo de novo governador do povo". 

O mote do discurso foi o mesmo do prefeito do Recife Geraldo Julio. "A missão de todos nós é trabalhar todos os dias para eleger Paulo Câmara governador de Pernambuco", disse. O ato teve início às 8h, no Recife Praia Hotel, no Pina, e contou com a presença de diversas lideranças do PSB-PE. No encontro, foram eleitos os membros do Diretório e Executiva regional para o próximo triênio (2017-2020), além dos delegados aptos ao congresso nacional do PSB, previsto para outubro.
.
 

OS COELHOS FORA DO CONGRESSO - O senador Fernando Bezerra Coelho e o ministro Fernando Filho, alegaram não haver clima para justificar suas ausências na Convenção Estadual, já que pesa contra eles, um processo de expulsão; aberto pela Executiva naciona no partido. "Com processos tramitando na executiva nacional solicitando a expulsão do partido de 16 parlamentares, inclusive 4 de Pernambuco, embora convidados, consideramos não haver clima para participar de eventos partidários até o desfecho desta questão", declara a nota dos Coelho enviada à imprensa, na tarde de ontem.

PRÉ-CANDIDATURA DE JOÃO CAMPOS  –  O Congresso do PSB realizado nesse domingo, não tratou apenas de reafirma o nome do Governador Paulo Câmara à reeleição ano que vem: serviu também para lançar publicamente o nome de João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, como candidato a deputado federal pela sigla.

Quem tratou João como candidato foi ninguém menos que o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. "Também cumprimento a jovem liderança que aqui falou e entusiasmou os presentes, o deputado João Campos. Eu já chamo de deputado porque haverá de dar sequência a essa linhagem que tem compromisso com o Estado", afirmou. João discursou pouco antes. Ressaltou que não basta força política, é preciso usar o poder para transformar Pernambuco. Na oportunidade, João também puxou o coro pela reeleição do Governador Paulo Câmara e foi aplaudido.
.

"Não tem aproximação com o PT", diz o Governador Paulo Câmara

Durante congresso estadual do PSB, Governador disse que encontro com ex-presidente 
foi apenas "visita de cortesia" do líder do PT. (Com informações do Commercio / Foto: Léo Motta).

Três dias após posar para fotos com o ex-presidente Lula durante uma visita do petista à ex-primeira-dama Renata Campos, o governador Paulo Câmara (PSB) tratou o encontro como uma "visita de cortesia" e disse não ter aproximação com o PT, ao ser questionado sobre o assunto durante o congresso estadual do PSB que defendeu de forma unânime sua candidatura à reeleição.

"Não tem aproximação com o PT. A gente teve um encontro com o presidente Lula, que é pernambucano, fez uma visita de cortesia a Renata Campos. (Ela) Foi amiga, junto com Eduardo, dele e de dona Marisa. Foi um gesto de civilidade de uma pessoa que a gente respeita e que faz parte do processo. Mas não há uma aproximação. A gente vai discutir essa questão de aliança só em 2018", garantiu Paulo Câmara.

“TORANJAS” - O PSB e o PT romperam desde 2012, quando o prefeito Geraldo Julio (PSB) disputou contra os petistas a Prefeitura do Recife. Nos bastidores, porém, vem sendo ventilada a possibilidade de um entendimento na próxima eleição, ao menos no segundo turno, já que os últimos aliados do PT, o PTB e o grupo do senador Armando Monteiro, têm se aproximado do PSDB e do DEM. Nas especulações, os socialistas mais inclinados ao PT são chamados de "toranjas", fruta cítrica que é amarela por fora e vermelha por dentro.
.