sexta-feira, 21 de julho de 2017

Tributo a Belchior é destaque na abertura do palco principal do FIG

Com direção de Juliano Holanda, show será o último da noite, com dez artistas de
diferentes gerações e localidades no palco. (Com informações do Folha de Pernambuco).

A poesia musical de Belchior está mais viva do que nunca. Reverenciado na 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), o músico cearense - que faleceu em abril deste ano - ganha um tributo em forma de show, na noite desta sexta-feira (21), no palco da Praça Mestre Dominguinhos. O show será o último da noite, com dez artistas de diferentes gerações e localidades no palco.

O festival conta com uma programação variada durante dez dias, shows instrumentais na catedral em homenagem a Villa-Lobos, programação alternativa com oficinas na Casa Belch, cinema, e um recorte da Bienal. 

Com direção de Juliano Holanda, o espetáculo reúne Tulipa Ruiz, Ednardo, Cida Moreira, Isaar, Fernando Catatau, Juvenil Silva, Renata Arruda e Gabi da Pele Preta. Angela Ro Ro substitui a cantora Vanusa, que cancelou sua participação por um problema de saúde. "Esse encontro foi uma ideia da Fundarpe (Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco). Junto com a equipe deles, sugeri alguns nomes que achei que representariam bem o legado artístico de Belchior", afirma Juliano.

Antes de pisar em Garanhuns, o elenco fez uma parada na capital pernambucana para um ensaio geral no Paço do Frevo, no bairro do Recife. Belchior fez parte da formação musical da maioria dos músicos que integra a homenagem, incluindo o pernambucano Lira, ex-vocalista do Cordel do Fogo Encantado.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário