.

.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Hard rock e Coco marcam a segunda-feira de Festival de Inverno

Hoje, quem abre os trabalhos no polo principal do evento, instalado na praça Mestre Dominguinhos, 
é banda garanhunense, formada ainda no ano de 2004, Still Living. Grupo MPB4 fecha a noite.

A segunda-feira do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) está recheada de música, teatro, artes visuais e literatura. Como é tradição no FIG, uma banda de Garanhuns abre a noite no palco principal Mestre Dominguinhos. Nesta segunda-feira é a vez da banda garanhuense fundada em 2004, Still Living levar seu hard rock autoral para a praça.

Em seguida, o FIG dá espaço para o cantor, compositor e instrumentista Herbert Lucena, que transita entre o rock e referências regionais como o coco. No palco do FIG, ele apresenta um apanhado do repertório de seus três CDs lançados. Entre eles, o álbum “Não me peçam jamais que eu dê de graça tudo aquilo que eu tenho pra vender” (2011), com o qual conquistou três troféus no 23º Prêmio da Música Brasileira em 2012.

Depois de Herbert Lucena, o mestre Dominguinhos, falecido há quatro anos, é reverenciado no projeto especial Cantoria Agreste, que une os músicos Gennaro, João Netto, Marcelo Melo e Sérgio Andrade. Garanhuns é a terceira cidade a receber o show, que estreou recentemente em São Paulo e passou recentemente pelo Recife. 

A longa trajetória de quase 50 anos do grupo MPB4 (vídeo abaixo) encerra a noite com o show “O Sonho, a Vida, a Roda Viva”. A apresentação é baseada no CD homônimo, de canções inéditas, mas não vão faltar sucessos de ícones da música brasileira, como Noel Rosa e Chico Buarque, que serão cristalizados na voz do MPB4.

O Festival de Inverno de Garanhuns é realizado pelo Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe. O Evento, conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Garanhuns e apoio da CEPE Editora, Sesc e Sebrae, além do Virtuosi e do Conservatório Pernambucano de Música.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário