sexta-feira, 14 de julho de 2017

BOA VISÃO: Itaíba realiza atendimentos no combate ao glaucoma

Durante a feira de saúde realizada no último dia 06 de abril, foram realizados 
178 exames de vista por uma equipe de oftalmologistas disponibilizados pela prefeitura.

Mais de 170 de pessoas foram atendidas na Casa de Saúde São Vicente, em Itaíba, dentro do Programa Boa Visão da Secretaria Municipal de Saúde que visa combater o glaucoma na população. Segundo o Secretário de Saúde, Pedro Teotônio, essa ação ficará acontecendo a cada três (3) meses no município beneficiando a quem mais precisa.

Durante a feira de saúde realizada no último dia 06 de abril, foram realizados 178 exames de vista por uma equipe de oftalmologistas disponibilizados pela prefeitura na Casa de Saúde João Vicente. Deste total, foram identificados 52 pacientes com glaucoma que foram atendidos com medicamentos e mais recentemente cirurgias realizadas por equipe médica da Fundação Altino Ventura em Itaíba, que além disso ainda trataram de outros problemas de visão dos itaibenses.

Nesta segunda edição do Programa foram realizados 175 atendimentos e diagnosticados 32 casos de pessoas com glaucoma. Todos foram beneficiados com colírios para tratamento que, hoje, custam cerca de R$ 190 nas farmácias. "Cada paciente levou para casa entre 3 e 6 colírios, dependendo de cada caso, o que garante uma economia de algo em torno de R$ 600 com a compra desses medicamentos graças a ação da prefeita Regina em disponibilizar esse material as pessoas atendidas", afirmou Pedro Teotônio. 

Os outros 52 pacientes da I etapa do Boa Visão também receberam ontem a segunda leva de colírios para tratamento. A terceira etapa do Programa Boa Visão acontece agora em outubro e a expectativa da Secretaria de Saúde é chegar a 180 diagnósticos de glaucoma com atendimento permanente.

Para a prefeita do município, Regina Cunha, “essas ações da saúde são de grande importância para nossa população, muitas vezes desprovidas de conhecimentos sobre a doença e de recursos para fazer o tratamento; aí é que entra o trabalho da prefeitura e da secretaria de Saúde para cuidar de nossa gente”.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário