sexta-feira, 14 de julho de 2017

FIG também contará com programação dedicada a gastronomia

Três propostas, uma delas promovida pela Secult-PE, buscam ampliar o olhar para 
gastronomia enquanto patrimônio cultural. (Do Portal Cultura PE / Foto: Tiago Calazans).

Ampliar o olhar do senso comum em relação à gastronomia pernambucana enquanto patrimônio cultural. Esta é a proposta da programação gastronômica da 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns, que este ano apresenta três atividades que buscam criar essa conexão entre o público. Dentre as ações previstas durante o FIG – que acontecerão na Praça Souto Filho, localizada no Parque Euclides Dourado, assim como no Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns (IHGG) – haverá palestras, degustações e debates sobre a cadeia produtiva e seus atuais desafios.

Todas as ações (tanto a da Secult-PE como as das propostas da convocatória) convergem neste sentido de voltar o olhar para a gastronomia enquanto cultura e patrimônio. Um destas propostas é o RG Terroir Pernambuco (Painel de alimentos típicos e a culinária das determinadas regiões do estado de Pernambuco), do realizador Leonardo Barbosa, marcado para ocorrer no Parque Euclides Dourado, de 21 a 29 de julho, das 15 às 17h. De acordo com Leonardo, a expressão ‘RG terroir’ é um termo francês que engloba uma região específica e leva em consideração o clima, o solo e as condições naturais, de forma a propiciar a produção de alguns produtos.

Outra atividade prevista é análise sensorial Já tomou jatobá?, de Danielle Jansen , que vai promover uma degustação e palestras sobre a produção da bebida feita com esta matéria-prima. A atividade ocorre de 22 a 24 de julho, das 16h às 18h, na Praça Souto Filho.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário