.

.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

AUDIÊNCIA PÚBLICA: Ministério Público quer saber o por que da falta de professores no curso de Medicina da UPE Garanhuns

Audiência terá como objetivo, coletar junto à sociedade e ao poder público, elementos que 
embasem o Ministério, na instrução de procedimento sobre a falta de professores. (Fonte: MPPE)

O Ministério Público de Pernambuco, através da 2º Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Garanhuns, através do Promotor Domingos Sávio Pereira Agra, realizará audiência pública no dia 10 de agosto, às 9 horas, com o propósito de discutir a falta de professores e outras necessidades do curso de Medicina da Universidade do Estado de Pernambuco (UPE) no campus de Garanhuns. Essa audiência será realizada na sede das Promotorias de Justiça de Garanhuns, na rua Joaquim Távora n° 393, bairro de Heliópolis.

O objetivo do encontro é coletar, junto à sociedade e ao poder público, elementos que embasem a Promotoria de Justiça na instrução de procedimento sobre a falta de professores do curso de medicina da Universidade de Pernambuco.

Foram notificados oficialmente a comparecer representantes do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (SIMEPE), UPE, Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco (Cremepe),Hospital Regional Dom Moura, alunos do curso de Medicina de Garanhuns, além dos demais interessados no assunto. O edital de convocação da audiência pública foi publicado no Diário Oficial do dia 21 de junho de 2017.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário