sábado, 11 de março de 2017

Novo Presidente do PSB de Garanhuns ainda não foi definido

Atual Presidente, o professor Nivaldo Azevedo pediu desfiliação. Sua saída acarretará 
nescolha de um membro filiado para assumir o posto ocupado por Nivaldo.

Durante a semana, o Blog do Gidi Santos veiculou em uma de suas postagens, a informação de que o Partido Socialista Brasileiro aqui em Garanhuns, poderia passar a ser presidido pelo Advogado e coordenador da 5ª Circunscrição Regional de Trânsito de Garanhuns, Flávio Henrique Rodrigues da Silva (foto). O que não mencionamos naquela ocasião, é que para isso ocorrer, duas circunstâncias devem andar juntas. A primeira delas é a provação do nome do advogado, pelos membros filiados do partido aqui no município. A segunda, diz respeito a Comissão Executiva Estadual da legenda, que delibera sobre a indicação local e define o Presidente e a comissão provisória que passa a comandar o PSB aqui na cidade. Somente assim, Flávio, pode assumir o posto de Presidente.

    Como o Advogado desfruta de prestígio e respeito junto a legenda que faz parte aqui no município, o PSB; ventilamos a informação de que sua indicação poderia ocorrer. Ao falarmos sobre essa perspectiva, onde Flávio poderia se tornar Presidente dos Socialistas na terra da garoa, nos utilizamos, durante a semana, na matéria intitulada “Flávio do Detran pode assumir Presidência do PSB de Garanhuns”, da expressão “arranjo”, no intuito de evidenciar, que as conversas e decisões tomadas internamente pelo partido e seus filiados, poderiam acarretar na escolha de Flávio para assumir o comando da legenda, já que o atual presidente, o professor Nivaldo Azevedo, assegurou ao Blog do Gidi Santos, que pediu desfiliação.

Não há subgrupos dividindo a legenda. Nesse contexto, ainda é possível dizer, que não há movimento algum por parte de filiados socialistas na cidade, que sugere afirmar, que alguma pessoa ou pessoas, estejam promovendo a defesa do nome do advogado Flávio ou mesmo de outro integrante do PSB, para indicação ao posto de Presidente; até mesmo porque, o partido do Governador Paulo Câmara conta com bons quadros aqui na cidade.

Sobre uma eventual assunção sua a presidência do PSB, Flávio defendeu em seu perfil, numa rede social: “Tal proposta muito me orgulha, pois fui indicado por correligionários éticos que realmente se preocupam com o melhor para nossa cidade e nosso partido, por isso aceitei que meu nome fosse apresentado como proposta ao partido. Todavia, é de competência da Executiva Estadual de opinar, ponderar e aprovar a comissão provisória local, que deverá ponderar essa proposta entre outros bons quadros partidários existentes. Não há nada definido a respeito de quem será o próximo presidente.”
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário