quarta-feira, 15 de março de 2017

Em Garanhuns, encontro visa barrar violência contra as mulheres

Gerência de Penas Alternativas e Integração Social (Gepais) é a entidade responsável pelo encontro. 
(Com informações da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Governo de Pernambuco) 

Homens autores de violência doméstica de Garanhuns participam, na manhã desta quinta-feira (16), da primeira reunião do Grupo Reflexivo de Responsabilização e Educação realizada pela Gerência de Penas Alternativas e Integração Social (Gepais), órgão pertencente à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH). O encontro acontece no Fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite, que fica localizado na Avenida Rui Barbosa, sem número, no bairro Heliópolis, aqui em Garanhuns.

Em razão da necessidade de desenvolver um trabalho preventivo com objetivo de interromper o ciclo de violência, a Gepais passou a desenvolver esse trabalho através da inclusão desses homens em grupos reflexivos buscando promover a mudança de atitude e comportamento sobre a violência de gênero. As atividades desenvolvidas são monitoradas pela Centrais de Apoio as Medidas e Penas Alternativas (Ceapa’s), que atuam diretamente nas Comarcas e Juizados Especiais Criminais.

A equipe multidisciplinar que irá trabalhar com os autores de violência - encaminhados após determinação judicial por meio de medida cautelar ou sentença condenatória -, também vai oferecer momentos de reflexão sobre diversos temas, tais como: gênero, família, cultura e contexto social, visando desnaturar os padrões violentos e contribuir para sua responsabilização no cumprimento das alternativas penais. A duração desse cumprimento será de aproximadamente seis meses, com doze encontros ou mais – dependendo da necessidade do participante. De acordo com a Gerência de Penas Alternativas, esses encontros duram cerca de duas horas e acontecem quinzenalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário