sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Armando se articula e costura montagem de oposição no Estado

Com a articulação, senador se afasta do PT e com isso dá início a um projeto ao lado de ministros do 
Governo Temer para lançar um candidato ao Governo de Pernambuco. (Blog do Ronaldo César).

Partidos de oposição ao atual Governo de Paulo Câmara começam a ensaiar a formação de um bloco para as eleições de 2018. Na noite da última quinta-feira (23), o senador Armando Monteiro (PTB) e o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), se reuniram para tratar de possibilidades que se desenham, tanto no cenário nacional quanto no estadual. Outro ministro do Governo Temer, Mendonça Filho (DEM), não pode comparecer, mas falou por telefone com cada um dos participantes do encontro.

Realizada na casa de Armando Monteiro, a reunião destrava caminhos para entendimento de lideranças que se contrapõem ao Governo do Estado. O encontro foi articulado pelo ex-governador João Lyra (PSDB) e pelo deputado estadual Álvaro Porto (PSD), que também participaram da conversa. Álvaro tem defendido que o candidato a governador seja o atual Ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Definitivamente Armando Monteiro se afasta do PT, ele que foi ministro e senador da chamada Tropa de Choque dos governos Dilma e Lula, e agora vai dando início a um projeto ao lado de ministros do Governo Temer, o qual já tem recebido apoio do senador em Brasília. Como Paulo Câmara tirou DEM e PSDB do governo estadual após estes partidos romperem com o PSB na capital, seria natural partirem para a oposição, espaço já ocupado por Armando, que se mostra aberto a novos acordos políticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário