quarta-feira, 16 de novembro de 2016

4.504 VAGAS EM 2016: Detran-PE abre inscrições para CNH Popular

A iniciativa faz parte do Programa CNH Popular, que realiza também renovação, adição
e mudança de categoria. (Com informações do Diário de Pernambuco).

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) abre nesta quarta-feir as inscrições para a obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH).Para participar do processo seletivo, os candidatos têm até o dia quatro de dezembro para inscreverem-se exclusivamente pelo site www.detran.pe.gov.br.

Em 2016, o Programa vai beneficiar 4.504 cidadãos, divididos igualmente entre a Região Metropolitana do Recife (RMR) e o interior do Estado. Eles terão a oportunidade de realizar, gratuitamente, todas as etapas do processo e o resultado da classificação estará disponível pelo site a partir do dia 14 de dezembro. Nesta rodada, serão beneficiados exclusivamente os candidatos à CNH para conduzir veículos de duas rodas (categoria A) e automóvel (categoria B).

A iniciativa faz parte do Programa CNH Popular, que realiza também renovação, adição e mudança de categoria. O público-alvo são pessoas em situação social de vulnerabilidade, como cidadãos de baixa renda, desempregados, alunos e ex-alunos de escolas públicas, trabalhador com remuneração de até dois salários mínimos e beneficiários de programas assistenciais, como o Chapéu de Palha e o Bolsa Família.  Criado em 2008, o projeto já investiu mais de R$ 100 milhões para habilitar mais de cem mil cidadãos pernambucanos a custo zero.

Como funciona - Ao fazer sua inscrição, o candidato preenche um cadastro onde informa dados que permitirão sua alocação num dos grupos contemplados pelo Programa. Além dos dados pessoais, devem ser informados o número de dependentes do candidato, a situação empregatícia, valor da renda, dentre outros. Finalizadas as inscrições, será disponibilizada e divulgada, no site do DETRAN/PE, a relação dos 4.504 selecionados de acordo com a ordem de classificação por segmento. Por fim, começa a fase de convocação, onde os candidatos devevem comparecem ao DETRAN/PE munidos da documentação exigida para cada segmento beneficiado, tendo em vista comprovar as informações prestadas no ato da inscrição.
.

Matrículas na Rede Estadual de ensino começam nesta quarta (16)

São 19.031 vagas oferecidas para alunos novos na capital pernambucana, 21.592 na Região 
Metropolitana do Recife, e 64.399 no interior do estado. (Fonte: G1 Portal de Notícias).

Começam na quarta-feira (16) as matrículas para alunos novatos na rede estadual de ensino para o ano letivo de 2017, que tem início previsto para 2 de fevereiro. O Governo de Pernambuco oferece 105.022 vagas nas 1.049 escolas da rede estadual, distribuídas em todos os municípios, para o ensino fundamental e o ensino médio. As matrículas, que acontecem até 30 de dezembro, devem ser feitas exclusivamente na internet.

Para fazer a matrícula, é preciso acessar o site da Secretaria Estadual de Educação a partir das 7h da quarta. Ao iniciar o cadastro, as informações devem ser preenchidas até o final, pelo pai ou responsável, ou mesmo pelo próprio estudante, quando maior de 18 anos. São solicitados dados como nome completo, data de nascimento, escola de origem, escola que pretende estudar, incluindo série e turno, além do nome do responsável, com endereço e telefone para contato.

Ao final, será gerado um protocolo, que é a confirmação da matrícula realizada e deve ser anotado. Com esse número de protocolo, o estudante poderá ir à escola em que se matriculou para entregar os documentos necessários.

São 19.031 vagas oferecidas para alunos novos na capital pernambucana, 21.592 na Região Metropolitana do Recife, e 64.399 no interior do estado. Do total, 39.143 são para o ensino fundamental, incluindo anos iniciais e finais, e 65.879 para o ensino médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Nas unidades de tempo integral, são ofertadas 22.974 vagas em toda a rede, sendo 9.457 no Grande Recife e outras 13.517 no interior.

Antes de o sistema de matrículas ser aberto, já tinham sido reservadas outras 91.043 vagas para estudantes oriundos das redes municipais. Os alunos veteranos da rede estadual não precisarão participar desse processo na internet, pois já estão automaticamente matriculados. Atualmente, a rede estadual tem cerca de 630 mil estudantes matriculados.

Sistema eletrônico - A Secretaria Estadual de Educação conta que identificou uma diminuição, ano a ano, do número de matrículas realizadas por telefone, o que levou a pasta a disponibilizar o processo somente na internet. O serviço de atendimento telefônico continuará disponível apenas para dúvidas e informações através do número 0800 286 0086, das 7h às 21h, de segunda a sábado, em novembro e dezembro. Escolas com laboratórios de informática podem ser utilizadas pela comunidade escolar sem acesso à internet para realizar a matrícula.
.

AÉCIO NÃO CONCORDA: Geraldo Alckmin quer eleições prévias no PSDB para ser candidato a Presidência da República em 2018

Aliados de Alckmin reconhecem, em caráter reservado, que a ideia tem por objetivo 
apenas “colocá-lo” no jogo e marcar posição na disputa interna do partido. (Agência Estado).

Lançada publicamente pelo governador Geraldo Alckmin logo após a vitória de João Doria no primeiro turno na capital paulista, a proposta de realizar prévias no PSDB para definir o candidato do partido na eleição presidencial de 2018 não está regulamentada pela legenda tucana.

Aliados do governador paulista reconhecem, em caráter reservado, que a ideia tem por objetivo apenas “colocá-lo” no jogo e marcar posição na disputa interna do partido. Questionada pelo Estado sobre qual seria o modelo de prévia, a assessoria do PSDB nacional informou que não há “nenhuma norma vigente” sobre a realização da eleição interna que tenha sido aprovada pela Executiva Nacional da sigla.

Apesar de defender a realização da disputa interna, Alckmin não fez nenhum tipo de abordagem dentro do partido até o momento. O debate não é novo no PSDB. Entre 2009 e 2010, era Aécio Neves quem defendia a proposta e Serra, então o preferido da máquina partidária, quem a combatia. A pressão do então governador mineiro foi tão intensa, que o Diretório Nacional do PSDB chegou a contratar uma consultoria.

A ideia era de que todos os filiados maiores de 16 anos teriam direito a voto e o partido faria um recadastramento das filiações. Com base nesse documento, o então presidente do partido, Sérgio Guerra, editou uma resolução, que já não vale mais.

“A resolução editada em 2009 referia-se especificamente à escolha de candidatos para a eleição presidencial de 2010 e não chegou a ser aplicada, pois não houve necessidade de realização de prévias”, informou o partido. Em 2013, um ano antes da eleição presidencial, o tema voltou a dominar o debate interno, mas com sinais trocados. Eleito senador e presidente nacional do partido, Aécio passou a ser pressionado por Serra com a proposta de realizar uma eleição interna. Mais uma vez, a ideia não saiu do papel.