sábado, 5 de novembro de 2016

EM RECIFE: Conservatório Pernambucano de Música abre inscrições para cursos de Iniciação Musical

O preenchimento das vagas para todos os cursos, através de testes, será por processo 
classificatório e eliminatório. (Com informações do Governo de Pernambuco).

De 08 a 10 de novembro estarão abertas as inscrições do processo seletivo para cursos de Iniciação Musical, Preparatório, Pessoas com Necessidades Educativas Especiais e Curso Livre do Conservatório Pernambucano de Música (CPM) 2017.1. Ao todo, estão sendo ofertadas 420 vagas para públicos com idade a partir dos sete anos. As inscrições devem ser feitas no site do CPM (www.conservatorio.pe.gov.br). O resultado será divulgado no dia 19 de dezembro, às 17h, na sede do Conservatório.

O preenchimento das vagas para todos os cursos, através de testes, será por processo classificatório e eliminatório, obedecendo à ordem decrescente de nota obtida pelos candidatos, respeitando a nota mínima exigida para aprovação. A matrícula será realizada no dia 22 de dezembro, das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h. O edital está disponível no site do Conservatório.

O candidato que decidir pelo recurso terá dois dias úteis para recorrer, a partir da divulgação do resultado, por meio de um formulário anexado no edital. As aulas começam em fevereiro de 2017.

PRESIDENTE DO TCE: Carlos Porto encerra em Garanhuns segunda rodada de visita às Inspetorias

Em todas as Inspetorias, o presidente explicou aos servidores que uma das prioridades de sua 
gestão é fortalecer o controle externo do TCE no interior. (Fonte: Tribunal de Contas de PE).

O presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Carlos Porto, encerrou em Garanhuns nesta sexta-feira (4) a segunda rodada de visitas às Inspetorias Regionais do interior. A primeira se realizou em abril último. Ele visitou, pela ordem, em companhia dos assessores Gustavo Pimentel, Breno Spíndola, Elza Galliza e Teresa Moura, as Inspetorias de Palmares, Surubim, Bezerros, Petrolina, Arcoverde e Garanhuns. Faltam ainda as Metropolitanas Norte e Sul, o que deverá ocorrer ainda este mês.

Em todas as Inspetorias, o presidente explicou aos servidores que uma das prioridades de sua gestão é fortalecer o controle externo no interior para que o TCE chegue mais próximo dos seus jurisdicionados. Daí ter tomado a decisão de não apenas fortalecer as Inspetorias como também de autorizar a reforma física de todas elas, que já foi iniciada nas unidades de Arcoverde e Garanhuns. 

Em seguida, elencou as dificuldades que enfrentou no início da gestão para equilibrar as contas do TCE, que saíram do controle no início deste ano em decorrência da crise fiscal que aflige o Estado, com repercussões na sua Receita Corrente Líquida. As medidas tomadas pela Presidência para o reequilíbrio das contas do Tribunal foram apresentadas aos servidores pelo diretor-geral Gustavo Pimentel.

Churrascaria Rei da Picanha recebe comitiva do PSDB Garanhuns

Além de Política, o que se viu por lá foi uma saudosa recepção por parte da direção da Churrascaria, 
assim como por parte dos clientes ao vereador eleito Tonho de Belo e a comitiva Tucana.

Você que gosta de apreciar um bom aperitivo, acompanhado de algum drinque, daqueles que te faz repetir, tem a opção aqui em Garanhuns da Churrascaria Rei da Picanha, do amigo Baixinho.

Bastante consolidada, a casa é uma referência em churrasco rodízio e gastronomia, unindo qualidade e variedade ao bom atendimento. Os pratos servidos diariamente aos clientes, são a matéria-prima do sucesso. O irresistível cardápio, reúne carnes de diversos tipos, pratos quentes, saladas, petiscos, pratos de entrada e principal, do tipo refeição simples e executiva.

Com ambiente agradável, arejado; moderno, a casa tem uma equipe de profissionais capacitados, para um acompanhamento especial no momento de sua refeição, dando mais prazer e sabor a atividade de se alimentar.

Semana passada, quem esteve visitando baixinho e as instalações da Churrascaria Rei da Picanha, após uma entrevista concedida ao radialista Pereira Filho, âncora do programa Combate da 87 FM, foi o vereador eleito Tonho de Belo do Cal, acompanhado de uma comitiva do PSDB Garanhuns, formada por Rafael Peixoto, Presidente local dos Tucanos, Severino Bio e Felipe Arruda; este último, um dos coordenadores de campanha de Tonho nessas eleições.

Além de falas políticas, o que se viu por lá foi uma saudosa recepção por parte da direção da Churrascaria, assim como por parte dos clientes ao vereador e a comitiva Tucana, que faz do lugar já há algum tempo parada obrigatória para as refeições diárias.

        A churrascaria Rei da Picanha, para os que ainda não conhecem e desejam apreciar a culinária da casa, está localizada aqui em Garanhuns na rua São Vicente, nas proximidades da BR 423 e do Castelo João Capão (um dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade).
.

51 DIAS DE DURAÇÃO: Lançada Programação do Natal Luz 2016

Ao todo, de acordo com a Prefeitura Municipal, serão mais de 30 dias de apresentações
em Garanhuns. (Com informações e imagens da Secom – PMG).

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Cultura, divulgou nesta sexta-feira (4) a programação completa do Natal Luz 2016. O evento, que neste ano traz o tema “A Magia do Natal”, será aberto oficialmente na próxima sexta-feira (11) e segue com programação musical até o dia 31 de dezembro. A grade de atrações está disponível no portal do governo municipal: www.garanhuns.pe.gov.br.

As apresentações ocorrem em dois polos fixos, sendo eles o Palco Prefeitura, instalado em frente ao prédio do Palácio Celso Galvão; e o Infantil Fonte Luminosa, novidade desta edição, situado na Praça Souto Filho e que receberá ações aos sábados de dezembro. Os “Desfiles de Papai Noel” permanecem acontecendo sempre aos sábados e domingos na avenida Santo Antônio. 

A ação itinerante “Natal Luz nos Bairros” vai levar a programação natalina para 10 áreas da cidade – Cohab III, Magano, Várzea, Boa Vista, Liberdade, Vila do Quartel, Indiano, São José, Parque Fênix e Cohab II. Os três distritos municipais – São Pedro, Iratama e Miracica – também recebem o evento, além do Quilombo Estivas.
.

Decoração – Desde fevereiro deste ano aproximadamente 50 artesãos estiveram envolvidos na produção de milhares de peças, entre ursos, duendes, brinquedos e doces. Este ano, a avenida Santo Antônio recebe uma decoração focada em temas religiosos, como o nascimento de Jesus. As principais avenidas e ruas da cidade estão recebendo os detalhes finais de decoração e iluminação, idealizados pela administradora Michelle Régis, a primeira-dama Socorro Régis, e com a execução da equipe da Secretaria de Turismo.

Atrações musicais – Entre os nomes que compõem a programação do Natal Luz 2016 estão os cantores Altemar Dutra Júnior, Adilson Ramos, os arcoverdenses da Orquestra Super Oara; as garanhuenses Andrea Amorim, Kiara Ribeiro e Amanda Back. 

No dia 23 de dezembro, no Palco Prefeitura, vai se apresentar o projeto Natal Sanfonado, formado por mais de 20 artistas, estando na cidade 12 desses músicos: Petrúcio Amorim, Rogério Rangel, Nádia Maia, Iráh Caldeira, Roberto Cruz, Andrezza Formiga, Dudu do Acordeon, André Macambira, Pecinho Amorim, Almir Rouche, César Amaral e Benil. Eles farão um show com elementos da cultura sertaneja, propagando as raízes nordestinas.
.

DOM ROXÃO: Garanhuns realiza primeira grande vaquejada após Senado tornar atividade patrimônio cultural imaterial

A primeira grande vaquejada Dom Roxão acontece entre os dias 3 a 6 de novembro, 
oferecendo uma premiação de R$ 200 mil reais. (Fotos: Portal das Vaquejadas).

Ela surgiu na metade do século XVIII, e apesar de agora dominar mais efetivamente as conversas no cotidiano da maior parte dos brasileiros; a vaquejada, também conhecida como corrida de mourão, esporte arraigado culturalmente e mais especificamente no Nordeste Brasileiro, vem sendo alvo de questionamentos já desde o ano de 2010. Segundo alguns ativistas de grupos ambientais, a atividade na qual dois vaqueiros montados a cavalo têm de derrubar um boi, puxando-o pelo rabo, entre duas faixas de cal dentro de um parque, ocorre de forma a causar maus tratos aos animais que são utilizados, neste que hoje, é tratado como esporte. No início da prática, e os registros históricos são claros, a vaquejada, tal como conhecemos atualmente, servia apenas de simbologia ao encerramento de uma etapa de trabalho de vaqueiros que serviam aos senhores de engenho.

Em meados da década de 40 (século XX), o gado era reunido para ser ferrado, castrado e consequentemente conduzido a “invernada”, que é quando os bois são unidos em uma pastagem para a engorda. Deste forma eles eram soltos na mata. Depois de alguns dias, por vezes até meses, a mando dos coronéis da época, peões contratados seguiam à procura dos animais, demonstrando imensa habilidade, afinal, eles faziam malabarismos com seus cavalos para escaparem dos arranhões de espinhos e pontas de galhos secos para o resgate desses bichos. É a partir desse comportamento, o trato do gadoque a atividade toma ares efetivamentes desportivos.
.

Em se tratando das ruas e das opiniões, alguns defendem atualmente, que a vaquejada obtenha status de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial. Como muitos Brasileiros, o Capitão Augusto, deputado Federal pelo PR do estado de São Paulo, também pensa assim, razão pela qual ele apresentou na Câmara dos deputados um Projeto de Lei que elava a vaquejada, bem como o rodeio, à condição de patrimônio cultural imaterial. Recentemente, no dia 1 de novembro, o texto de Lei do deputado Capitão Augusto foi aprovado no Senado Brasileiro, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), pelo senador Otto Alencar, do PSD da Bahia. No entanto, apesar de aprovado o relatório no Senado, o texto não defende, garante, ou ainda regulamenta a prática do esporte com parâmetros e regras.

A investida maciça por parte da classe política brasileira, através de deputados e senadores, ocorre em razão de uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal, onde uma lei do Ceará que regulamentava a atividade foi barrada. Na decisão do STF, seis ministros votaram a favor da inconstitucionalidade da matéria, ao passo que cinco foram contra. Os ministros que se colocaram em desacordo a vaquejada, alegam que o esporte impõe sofrimento aos animais e que, portanto, fere os princípios previstos na constituição que tratam da preservação do meio ambiente.
.

Mesmo diante de toda essa celeuma gerada entre STF e Congresso, a cidade de Garanhuns, situada no Agreste de Pernambuco, realiza a primeira vaquejada, pós início do conflito entre essas duas esferas de poder, onde um (STF) defende a inconstitucionalidade da prática esportiva, enquanto que o outro (Senado) reconhece a atividade como manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

A primeira grande vaquejada Dom Roxão acontece entre os dias 3 a 6 de novembro deste ano, oferecendo uma premiação de R$ 200 mil reais e disponibilizando toda a pirotecnia esperada nesses eventos. Shows musicais, com as cantoras Simone e Simaria, o cantor Mano Walter e Fulô de Mandacarú (banda caruaruense que recentemente conquistou o primeiro lugar no programa The Voice Brasil, da Rede Globo), ocorrem no sábado (5) e já desde a quinta (3), como os próprios competidores afirmam: “tem boi na pista, tem boi no chão!”. A Dom Roxão, realizada pelo Haras Brejo das Flores, acontece no parque Acauã, que é administrado pela família de mesmo sobrenome: Léo, Diego e Marcos (Acauã-foto).
.

Inaugurado em 2005; até ano passado, o parque recepcionava a etapa final do Campeonato Pernambucano de Vaquejada, o circuito CAMPEV. Para este ano e após o arrendamento do Brejo das Flores, o Acauã passou por uma profunda e inovadora reforma em sua estrutura. De acordo com informações de Erlan Bezerra (Haras Brejo das Flores), em 2016, cerca de mil bois mobral serão utilizados durante a competição, entre as fases classificatórias e finais. As categorias, Profissional, Amador, Aspirante e Tropa Feminina estarão a disposição dos competidores e o certame tem o aval da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM). Quanto a expectativa de público para os dias em que ocorre o evento, ela é de 40 mil pessoas.

Emprego e renda – Do ponto de vista econômico, para se ter uma ideia; é importante frisar que em algumas cidades, como em Pernambuco, caso por exemplo de Cachoeirinha, distante 172 quilômetros da capital, Recife, cerca de 80% das atividades que geram emprego e renda, giram em torno das vaquejadas que ocorrem na região. Quando levamos em consideração o Nordeste, os dados são ainda mais robustos, já que um levantamento realizado pela Associação de Criadores de Quarto de Milha (ACQM-PE), revela que as vaquejadas à fora, são responsáveis pela geração de cerca de 120 mil empregos diretos, ao passo que também geram 600 mil de forma indireta. Além disso, defensores da atividade garantem que a vaquejada movimenta anualmente, cerca de R$ 14 milhões de reais.
.

Garanhuns adere ao Novembro Azul, contra o câncer de próstata

Em 2011, 13.129 mil brasileiros morreram em decorrência da doença. Isso significa dizer 
que o câncer de próstata é o mais prevalente em homens. Fotos: Aquiles Soares (Secom - PMG)

Apesar de ter surgido na Austrália no ano de 2003, o combate ao câncer de próstata também ocorre aqui em Garanhuns. Em 2003, o país do canguru foi pioneiro no que tange a disseminar a importância do movimento. No Brasil, o responsável pelo surgimento da ação em defesa da vida, se assim podemos dizer, foi o Instituto Lado a Lado pela Vida. A ideia, sobretudo do novembro azul, é quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque. Mais do que uma simples campanha de conscientização, de educação, o novembro azul coloca na prática, ações com médicos especialistas no confronto direto a essa mazela, que afeta grande parte da população masculina brasileira (cerca de 61.200 homens em 2016), de acordo com informações extraídas do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Para se ter uma ideia, em 2011, 13.129 mil brasileiros morreram em decorrência da doença. Em valores absolutos, isso significa dizer que o câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres. O câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em homens, seguido apenas pelo câncer de pulmão. Cerca de 1 homem em 36 morrerá de câncer de próstata, segundo levantamento do INCA.

Em Garanhuns, a campanha a essa patologia “Novembro Azul” foi aberta oficialmente na última segunda-feira, dia 31 de outubro. A solenidade de abertura foi realizada na Câmara de Vereadores e na ocasião, alguns profissionais da área de saúde estiveram presentes. O anfitrião, foi o Secretário de Saúde do município, Alfredo de Góis (foto abaixo) que no momento ressaltou a importância da ação. “Nós sabemos que os homens sempre têm uma resistência em procurar algum atendimento médico. Então essa campanha tem o intuito de chamar a atenção não somente desse público, como também de toda a sociedade para uma conscientização maior sobre os cuidados com a saúde. O câncer é um problema sério e merece muita atenção, até porque se for descoberto em sua fase inicial, a probabilidade de cura é bem maior. Estamos com muitas ações e esperamos alcançar ainda mais pessoas do que no ano passado”, afirmou Alfredo.
.

Para efeito de informação, o câncer de próstata ocorre principalmente em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40, mas não impossível ou ainda improvável. A média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos. Desta forma, recomenda-se que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos se existe risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família. Se não existem, o homem deve visitar o urologista anualmente a partir dos 50 anos e realizar o exame de toque e de PSA, principais meios para detectar a doença precocemente, quando as chances de cura são maiores e os tratamentos, menos invasivos.

De acordo com informações da Prefeitura Municipal de Garanhuns, o objetivo principal da campanha é a valorização da saúde do homem e a conscientização, para detecção precoce do câncer de próstata, mas não apenas isso. Segundo a PMG, outros exames serão oferecidos até o dia 30 de novembro, que é quando se encerra o movimento aqui na cidade; entre eles: teste rápido para detecção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST,s), avaliação nutricional, avaliação odontológica e exames laboratoriais. Os atendimentos, testes e exames, de acordo com o Governo de Garanhuns, estão sendo disponibilizados em toda rede municipal de saúde.
.

VIOLÊNCIA NO ESTADO DE PERNAMBUCO: Homicídios em Garanhuns ultrapassam os 42 registrados em 2015

O último caso de assassinato registrado aqui no município, ocorreu no Distrito de
São Pedro, no dia 12 de outubro, vitimando um homem de 41 anos de idade.

O índice de violência no estado de Pernambuco, que engloba latrocínios e lesões corporais seguidas de morte; os chamados Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), de acordo com o que informa o Mapa da Criminalidade da Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS), subiu pelo segundo ano consecutivo. Em 2015, foram 3.888 mortes; 454 a mais que em 2014, o que significa um aumento de 13,3%. Diante dos dados, uma informação chama atenção. É que segundo constatou a SDS, houve uma mudança no que se refere a geografia da violência. Antes (2010), a Região Metropolitana do Recife (RMR) concentrava cerca de 50% dessas ocorrências. Agora, e ainda segundo estudo realizado em 2015, 58% dessas mortes aconteceram no interior pernambucano. O Agreste Central, Mata Norte e Sertão do São Francisco aparecem agora, como sendo as áreas onde foram registradas 56,4% das 454 mortes que superaram o quantitativo do ano anterior (2014). Em 2015, a capital e seu entorno somou apenas 24,9% desse aumento.

Entre os anos de 2006 e 2013, o Programa de Segurança Pública Pacto Pela Vida, criado ainda na Gestão do Ex-Governador Eduardo Campos foi o grande responsável pela redução do número de assassinatos. Isso pode ser visto quando levamos em consideração que na Região Metropolitana, o índice de CVLIs caiu de 73,4 a cada 100 mil pessoas, em 2006, para 36,95 em 2013. Essa melhora, de acordo com o Governo de Pernambuco, também obteve uma escalada positiva no interior, ainda que em menor intensidade. Já em 2014, entretanto, os dados da SDS são claros: as mortes aumentaram, quer seja na Região Metropolitana da grande Recife, quer seja no interior do estado pernambucano.
.

O tema violência, bastante espinhoso, tem provocado acaloradas discussões entre o executivo de Pernambuco, liderado pelo atual Governador Paulo Câmara e a Assembleia Legislativa. Em um pronunciamento realizado no mês de junho, o atual líder da oposição na ALEPE, o Deputado Estadual Silvio Costa Filho (PRB) criticou duramente a forma como o Governo do Estado atua junto as forças de polícia. “O crescimento da violência no Interior é fruto do desaparelhamento das forças de segurança do Estado. Falta infraestrutura para trabalho em todas as unidades, como combustível, manutenção das viaturas e munição. Os coletes à prova de balas estão vencidos. Se a situação é crítica na capital pernambucana, no Interior do estado é ainda mais grave”, bateu Silvio (foto abaixo).
.

O reflexo desse desaparelhamento a que o Deputado Estadual Silvio Costa Filho se refere, pode ser visto no número de homicídios registrados em 2015 aqui em Garanhuns (42), que este ano (2016) já foi ultrapassado (a contagem está em 43). O último caso registrado aqui no município, ocorreu no Distrito de São Pedro, no dia 12 de outubro. Segundo informações de populares, o mecânico Willian Cléber Campos, de 41 anos (foto abaixo), foi espancado e de acordo com mãe da vítima, ele teria sido agredido a golpes de barra de ferro. Ainda segundo a mãe de William, os motivos que levaram a ação criminosa, bem como o autor da investida são desconhecidos.

As lesões sofridas por William (gravíssimas), na região da cabeça, causaram Traumatismo Crânio Encefálico. Após o trauma ele foi socorrido para o Hospital Regional Dom Moura, permaneceu internado em estado de coma por dois dias, sendo em seguida transferido para o Hospital da Restauração, em Recife. Apesar de transferido para o HR na capital pernambucana, Willian não resistiu e faleceu no último dia 20 de outubro; oito dias após a ação criminosa realizada contra ele. O caso está sendo investigado pela 22º Delegacia de Homicídios de Garanhuns.
.

Danilo Cabral defende candidatura do PSB à Presidência em 2018

Para o deputado, ou o PSB se impõe como uma força política ou será tratado como 
“puxadinho” político de forças conservadoras. (Assessoria Danilo Cabral).

Um dos nomes do PSB na Câmara Federal, o deputado Danilo Cabral (PE) defende que o partido lance candidatura própria à Presidência da República em 2018. O PSB foi a terceira legenda que mais recebeu votos em todo Brasil – elegeu 418 prefeitos – e se consolida como uma alternativa de esquerda diante da crise político-econômica que vive o País. “A defesa da candidatura própria, além da afirmação política do partido e de uma alternativa para o Brasil, nos protege de ‘ataques políticos especulativos’ que nos diminui”, afirma Danilo Cabral. Para o deputado, ou o PSB se impõe como uma força política ou será tratado como “puxadinho” político de forças conservadoras. “Rejeitamos ser e nunca fomos puxadinho do PT. Não é admissível sermos agora puxadinho do PSDB/PMDB”, frisa.

Por isso, Danilo Cabral reitera a posição de independência adotada pelo PSB no início do Governo Michel Temer. “Não temos razões, até aqui, sejam de natureza política sejam administrativa, de nos alinhar automaticamente a esse Governo”, diz.

As afirmações de Danilo Cabral corroboram a posição da ala mais orgânica do PSB, a exemplo do prefeito reeleito do Recife, Geraldo Julio, e deputado federal Julio Delgado (MG). O primeiro, em entrevistas logo após o segundo turno, também defendeu o lançamento de uma candidatura própria em 2018 e a unidade do partido em torno dessa proposta. Já Delgado falou sobre a necessidade de o PSB fazer “ajustes ideológicos”, principalmente depois das alianças eleitorais firmadas com o PSDB e com o fortalecimento da liderança do vice-governador de São Paulo, Márcio França.

Danilo Cabral lembra que, em 2013, o PSB, ainda sob a liderança do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, deu início ao processo de “divórcio” do PT por discordar da condução do Governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Na época, o então governador denunciava que o Brasil caminhava para uma crise fiscal, fato que se confirmou posteriormente. O processo de afastamento culminou com o lançamento da candidatura do PSB à Presidência da República.

Com a morte inesperada de Eduardo Campos em 2014, o PSB precisou se reorganizar internamente e traçar um planejamento estratégico para atravessar o período de crise. “O resultado do PSB em 2016 demonstra que o eleitorado entendeu nossa posição histórica de defesa das transformações sociais. Essa é a nossa identidade e nós não iremos perdê-la”, destaca Danilo Cabral.