sexta-feira, 28 de outubro de 2016

NA ALEPE: Deputado Álvaro Porto repercute desabafo de padre sobre falta de segurança em Tamandaré

“Para quem devemos apelar quando quem deveria garantir a segurança aconselha um
padre a mentir?”, declarou Porto na Assembleia. (Com informações e imagem da ALEPE).

Áudio que circula em redes sociais atribuído a líder católico de Tamandaré, na Mata Sul, mereceu comentários do deputado Álvaro Porto (PSD) durante a Reunião Plenária desta quarta (26). Na mensagem, o pároco da cidade, padre Arlindo Júnior, relata ter procurado um coronel da Polícia Militar para tratar sobre o aumento da violência na região. Como resposta, denuncia o religioso, ele teria sido orientado a não falar do assunto “para não espantar os veranistas”.

“Há oito dias, questionamos o que faltava acontecer para que o governador Paulo Câmara mudasse de postura e tomasse as rédeas da segurança pública”, lembrou Álvaro Porto, integrante da base do Governo na Assembleia Legislativa. “Agora, a denúncia do padre Arlindo nos deixa estarrecidos porque evidencia que o Estado tenta manipular a realidade e esconder falhas que acarretam perigo à população”, avaliou o parlamentar.

“Para quem devemos apelar quando quem deveria garantir a segurança aconselha um padre a mentir?”, continuou, atribuindo à falta de estrutura das polícias e a “maquiagens” a piora nas estatísticas da violência em Pernambuco. “Não sabemos aonde iremos parar com tamanha dissimulação”, disse.

1º LUGAR: Aluno de Garanhuns obtém a nota mais alta na seleção para estágio de Direito na Procuradoria Geral do Estado

Gilberto Matheus Paz de Barros, aluno do 4º período na Aesga, tirou 9 na prova, nota 
mais alta entre todos os 40 classificados. (Com informações da PGE-PE).

É de Garanhuns o estudante que obteve a maior nota na seleção para o Programa de Estágio Alternativo da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE), dirigido a alunos de Direito do 3º ao 6º período que cursaram o ensino médio em escola pública da rede estadual. A seleção, cujo resultado foi divulgado na última terça-feira (25), contemplou quatro instituições: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade de Pernambuco (UPE), Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) e Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). 

Gilberto Matheus Paz de Barros, aluno do 4º período na Aesga, tirou 9 na prova, a nota mais alta entre todos os 40 classificados. Ele concorre à vaga naquela cidade do Agreste. Gilberto, que tem 20 anos, cursou do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio na Escola de Aplicação de Garanhuns, da UPE. “Na verdade, eu não me preparei para essa prova especificamente. Felizmente, adquiri o hábito de estudar para aprofundar meu conhecimento. Fico feliz em todo esse esforço ter valido à pena para a prova da PGE”, disse Gilberto (foto abaixo). 

A segunda maior pontuação (7,6) foi obtida por Rafael Elias de Menezes, 19 anos, também aluno do 4º período da Aesga e egresso do ensino médio na Escola de Aplicação de Garanhuns, da UPE. Ele concorre em Garanhuns. A terceira maior nota (7) foi de Vaniela Oliveira Gomes da Silva, 27 anos, estudante do 6º período da UFPE, concorrendo no Recife. No ensino médio, ela integrou em 2004 a primeira turma do então Centro de Ensino Experimental Ginásio Pernambucano, hoje Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano.

A prova foi realizada no dia 7 de outubro simultaneamente no Recife, em Garanhuns, em Petrolina e em Arcoverde, por 142 estudantes inscritos. Os candidatos devem aguardar convocação por telefone ou e-mail para apresentarem a documentação exigida pelo edital

No Recife, 24 dos 45 candidatos que realizaram a prova alcançaram a nota necessária para serem classificados. Em Garanhuns, 6 dos 50 candidatos se classificaram. Em Petrolina, também 6 dos 34 que prestaram a prova. E em Arcoverde, foram classificados 4 candidatos dos 13 que fizeram a seleção.  São oferecidas 4 vagas na sede da PGE-PE, 1 na Sub-Regional de Garanhuns, 1 na Regional de Petrolina e outra na Regional de Arcoverde, além de cadastro de reserva.

O programa alternativo de estágio na PGE é realizado em convênio com a Secretaria Estadual de Educação. A seleção é organizada pelo Centro de Estudos Jurídicos da PGE-PE e pela Comissão Organizadora, com o apoio das Procuradorias Regionais de Petrolina, Arcoverde e da Procuradoria Sub-Regional de Garanhuns.

CASO QUE CHOCOU TODO O PAÍS: Júri condena dois réus pela morte do promotor Thiago Faria

Com a condenação de dois dos responsáveis pela morte de Thiago Faria, o irmão do promotor, 
Daniel Faria, afirmou que a família entende que foi feita Justiça. (Com informações do MPPE).

Após quatro dias de julgamento, o Tribunal do Júri da 36ª Vara da Justiça Federal Seção Pernambuco votou na madrugada desta sexta-feira (28) pela condenação dos réus José Maria Pedro Rosendo Barbosa a 50 anos e quatro meses de prisão em regime fechado e José Marisvaldo Vítor da Silva a 40 anos e oito meses de prisão em regime fechado pelas práticas de homicídio duplamente qualificado contra o promotor de Justiça de Itaíba, Thiago Faria Soares, e dois homicídios tentados contra a então noiva do promotor, Mysheva Martins, e contra o tio dela, Adautivo Martins. O réu Adeildo Ferreira dos Santos foi considerado inocente pelo corpo de jurados e absolvido das mesmas acusações.

Com a condenação de dois dos responsáveis pela morte de Thiago Faria, o irmão do promotor, Daniel Faria, afirmou que a família entende que foi feita Justiça. “As provas demonstraram a culpa dos réus e agora meu irmão Thiago vai poder descansar em paz. Ainda há um acusado foragido e outro para ser julgado em dezembro, e queremos que todos os responsáveis por esse crime covarde paguem pelo que fizeram”, comentou.

A decisão foi comemorada pelo procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Carlos Guerra de Holanda. Para ele, esta sexta “amanheceu com o resultado de um trabalho coletivo do MPPE, Ministério Público Federal e da Justiça Federal. Com essas condenações, passamos um recado para a sociedade pernambucana, que aguardava com muita ansiedade esse momento, que serve de exemplo contra a impunidade”, afirmou.
.
.

COMEÇA SEGUNDA (31): Garanhuns vivencia Novembro Azul

O objetivo da campanha é conscientizar os homens contra o câncer de próstata. (Secom – PMG).

Após um mês de mobilização rosa, agora é a vez do azul colorir a cidade de Garanhuns, localizada no Agreste Meridional do Estado. A campanha, intitulada “Novembro Azul”, tem o objetivo de conscientizar o público masculino quanto aos cuidados e prevenção referentes ao câncer de próstata. A abertura oficial do evento acontecerá na próxima segunda-feira (31), na Câmara de Vereadores Casa Raimundo de Moraes. A solenidade será aberta ao público e iniciará às 13h. A campanha seguirá por todo o mês de novembro. 

A partir do dia 1 até o dia 4 e entre os dias 21 e 25 será realizado um ambulatório noturno no Centro de Especialidades Luis Lessa (Cell), localizado no Centro Administrativo Municipal. O intuito da ação é facilitar ao público masculino o acesso aos serviços de saúde. Durante os dias de atendimento, que acontecerá das 18h até as 20h, o público contará com triagem de PA, HGT, peso, altura; avaliação nutricional, consulta médica; consulta odontológica; teste rápido de HIV, sífilis e hepatite; coleta de sangue, entre diversos outros serviços, que serão fornecidos gratuitamente. 

Neste ano, a campanha terá três dias marcantes, considerados como “Dia D”, com ações pontuais no Parque Euclides Dourado, no dia 6; no 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (71º BIMtz), no dia 17, e no Espaço Colunata, no centro da cidade, no dia 30. No dia 23 será realizado um evento voltado para os servidores públicos do município com o tema “Servidor também se cuida”. O evento acontecerá no Cell, a partir das 18h. O encerramento da campanha acontecerá no dia 30 de novembro, no Espaço Colunata.
.

Danilo Cabral destina R$ 2,6 milhões de reais para o Agreste Meridional, mas Garanhuns não é contemplada

Bom Conselho, é a cidade que mais receberá recursos. Serão R$ 1 milhão de reais, sendo R$ 800 mil 
para o custeio da saúde e o restante para a pavimentação de ruas e avenidas. (Assessoria Danilo Cabral).

Dos R$ 15,3 milhões que cada parlamentar tem direito a apresentar em emendas ao Orçamento Geral da União, o deputado Danilo Cabral (PSB) destinou R$ 2,6 milhões para o Agreste Meridional. Os municípios Bom Conselho, Saloá, Paranatama e Jupi serão beneficiados diretamente com os recursos, que serão investidos nas áreas de saúde e em infraestrutura. 

      “Os prefeitos desses municípios já vão começar o mandato com recursos garantidos. Diante do desafio que os gestores terão pela frente por causa da crise que vivemos, que está drenando os recursos dos estados e municípios, é muito importante firmar parcerias para melhorar a qualidade de vida da população”, destaca Danilo Cabral. O deputado ressalta que emendas são impositivas, tem execução obrigatória pela União no próximo ano.

Segundo Danilo Cabral, os prefeitos solicitaram que os recursos destinados à saúde fossem aplicados no custeio dos serviços à população. A exceção foi Paranatama, que usará o dinheiro para investimento na área. “Os municípios têm conjunto de responsabilidades, sobretudo no que diz respeito à saúde básica, mas a União não faz o devido financiamento dessas políticas. Por isso, os gestores solicitaram a verba para ajudar no custeio”, explica.  

Bom Conselho receberá mais de R$ 1 milhão, sendo R$ 800 mil para o custeio da saúde e o restante para a pavimentação de ruas e avenidas. A cidade de Saloá receberá R$ 750 mil. Deste total, R$ 500 mil serão aplicados em obras de urbanização. Já o município de Jupi terá R$ 300 mil para a saúde. Garanhuns não aparece entre as cidades contempladas.

Para receber os recursos, os prefeitos e as entidades credenciadas a receberem os recursos devem apresentar projetos para que o Governo Federal transfira o dinheiro. A expectativa é de que até o fim de 2017 os recursos estejam nos cofres das prefeituras.

Governo de Pernambuco reforça Detran com 47 novas viaturas

Os novos veículos vão aumentar a segurança e ampliar a fiscalização nas
vias estaduais. (Com informações e imagens da Imprensa – PE).

A segurança viária pernambucana recebeu um importante reforço, nesta sexta-feira (28), com a entrega de 47 novas viaturas ao Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). A modernização da frota dialoga com a estruturação do órgão e dos serviços oferecidos pelo Estado. Os veículos vão ser incorporados a quatro operações de ordenamento do trafego, buscando a promoção da paz do trânsito e a redução de acidentes. Nesta ação, o Governo do Estado investiu R$ 8,5 milhões. A cerimônia, que aconteceu no Palácio do Campo das Princesas, foi comandada pelo chefe do executivo estadual, o governador Paulo Câmara.

"O intuito dessa modernização dos equipamentos é dar condições à população para que haja uma maior orientação em relação ao ordenamento do trânsito e dos serviços ofertados pelo Estado", afirmou Paulo. O chefe do Executivo ainda destacou a redução do número de acidentes em Pernambuco. "Diante de um conjunto de ações promovidas pelo Detran-PE, a gente conseguiu estancar uma curva que está crescendo em todo o País", completou Câmara.

A modernização da frota também fortalece o Pacto pela Vida, dinamiza a arrecadação de débitos e reforça as ações da Secretaria de Saúde, através da operação Lei Seca. "Temos que cuidar desses novos equipamentos e fazer com que eles cheguem à população", disse o governador, pontuando que o objetivo do investimento é impulsionar o trabalho do Detran no Estado.
.

Fotos: Roberto Pereira/SEI

NA QUARTA, EM BRASÍLIA: Paulo conversa com Temer sobre demandas de Pernambuco e do Nordeste

Além das concessões federais e das obras, Paulo registrou dois problemas que afetam 
fortemente os Estados, o aumento da violência e a crise no sistema prisional. (Imprensa - PE)

BRASÍLIA – O governador Paulo Câmara avaliou como “positiva” a primeira audiência de trabalho com o presidente Michel Temer, com quem almoçou hoje (26.10), no Palácio do Planalto. “O presidente Temer se colocou à disposição para aprofundar as questões não apenas de Pernambuco, mas também do Nordeste, diante da crise econômica, do desemprego e da seca. O presidente, inclusive, tomou a iniciativa de fazer encaminhamentos junto aos ministros”, informou Paulo, que entregou a Temer uma carta na qual relaciona obras e projetos de interesse do Estado e da região. O vice-governador Raul Henry também participou da conversa.

Entre os projetos citados por Paulo no documento, estão a inclusão do Aeroporto dos Guararapes, da BR-232 e do Arco Metropolitano no pacote de concessões federais; a devolução da autonomia do Porto de Suape; a adequação e duplicação da BR-423 no trecho entre São Caetano e Garanhuns, a retomada das obras da Ferrovia Transnordestina e a conclusão da Refinaria Abreu e Lima.

O governador Paulo Câmara também solicitou ao presidente Michel Temer o início da construção do Ramal do Agreste e a aceleração da Adutora do Agreste – obras que integram a Transposição das águas do Rio São Francisco. “Falei para o presidente que estamos no sexto ano consecutivo de seca, o que agrava ainda mais os efeitos da crise econômica sobre a população do Nordeste”, explicou o governador de Pernambuco.

Além das concessões federais e das obras, Paulo registrou dois problemas que afetam fortemente os Estados e precisam de uma articulação para o seu enfrentamento: o aumento da violência e a crise no sistema prisional. “Sem uma atuação conjunta, da União, Estados, Municípios e demais Poderes da República, não teremos um sucesso perene no combate à criminalidade”, ponderou.