sexta-feira, 29 de julho de 2016

DISPUTA PELA CAPITAL: PV oficializa candidatura de Carlos Augusto à Prefeitura do Recife neste sábado (30)

É a primeira vez que o PV terá candidato próprio no Recife. Na convenção, também
serão homologadas 54 candidaturas para a Câmara. (Folha de Pernambuco).

A poucos dias do limite para as convenções partidárias, o PV oficializa, neste sábado (30), às 15h, o nome de Carlos Augusto, presidente estadual da legenda, à Prefeitura do Recife. A chapa será “puro-sangue”, com o verde Jacques Ribemboim, engenheiro e professor, na vice. Também deve participar do ato o ex-candidato do PV à Presidência e ex-deputado Eduardo Jorge, que desembarca no Recife neste sábado.

É a primeira vez que o PV terá candidato próprio no Recife. Na convenção, também serão homologadas 54 candidaturas para a Câmara, das quais 15 são mulheres. O partido espera ter candidatos em cerca de 70 municípios pernambucanos, entre prefeitos e vereadores. Com a chapa formada por verdes, Carlos Augusto deverá ter menos de 30 segundos no horário eleitoral gratuito e, por esse motivo, dedicará atenção especial às redes sociais. A convenção do PV acontece na quadra do Colégio Equipe, no bairro da Torre, Zona Oeste da Capital pernambucana.
.

PM divulga balanço parcial do Festival de Inverno de Garanhuns

Duas armas brancas foram apreendidas e quatro brigas foram registradas. Onze flagrantes
de posse de droga foram feitos no polo principal do evento. (G1 Portal de Notícias).

Foi divulgado na última quarta-feira (27) pela Polícia Militar o balanço parcial do Festival de Inverno de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. O levantamento é referente aos seis primeiros dias do evento. Ao todo, foram registradas 17 ocorrências, a maioria delas - 11 - foram de pessoas portanto drogas. De acordo com a Polícia Militar, foram apreendidas duas armas brancas e quatro brigas foram registradas. A PM informou que todas as ocorrências aconteceram na Praça Mestre Dominguinhos, onde são realizados os shows do palco principal.

Os suspeitos foram levados à Delegacia de Polícia Civil e responderão a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). O Festival de Inverno de Garanhuns começou no dia 21 de julho e segue até o dia 30. Este ano, o evento presta homenagem ao percussionista Naná Vasconcelos. Além de shows, o público tem acesso gratuito a mostras de cinema, fotografia e artes visuais; ações de design, moda, artesanato e literatura; espetáculos de circo, dança e teatro; apresentações de cultura popular; além de oficinas e rodas de diálogo.

Local do maior palco do festival, a Praça Mestre Dominguinhos (antiga Guadalajara) já recebeu nesta edição shows de Elza Soares, Gal Costa, Karina Buhr, Larissa Luz, Elba Ramalho, Zeca Baleiro e Nação Zumbi.

Plutão já foi Planeta, Volver e Sandyalê na quinta Pop do Fig 2016

3ª Atração do Palco Pop desta quinta (28), a banda potiguar Plutão Já foi Planeta, formada em 2013, 
trouxe um repertório marcado de músicas que fizeram o público cantar. (Secom – PMG).

A noite foi de grande público no espaço destinado ao Pop, na 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG); o polo, que este ano está localizado em um novo espaço, consolida-se como opção aos que procuram um estilo musical alternativo. Os shows dessa quinta-feira (28) agradaram todos a todos os gostos que estavam presentes e resistiram a fina garoa que caiu durante todos os shows. A programação teve início às 17h com o show do pernambucano Zeca Viana, que já se apresentou em outras ocasiões na cidade. Desta vez, o artista, que possui três álbuns de estúdio gravados, trouxe seu projeto solo para o FIG e animou à todos com muito rock psicodélico. “O show foi perfeito, esse é o maior palco que me apresento com meu show solo e musicais autorais, o que foi bem proveitoso”, declarou.

     A cena indie pernambucana também teve espaço com a banda Volver (foto ao lado) – grande vencedora do concurso Microfonia, do qual participaram novas bandas do cenário local. Formado em 2003, o grupo vai de encontro aos movimentos musicais da capital do estado. O público fez o espetáculo durante o show cantando os hits da banda, como “Tão longe, Tão Certo”. Já com o espaço lotado, foi a vez de uma das atrações mais esperadas do Palco Pop subir ao palco. A banda potiguar Plutão Já foi Planeta, formada em 2013, trouxe um repertório marcado de músicas que fizeram o público cantar. “A gente vem de um momento bem legal de onde nós ganhamos um novo público. O que é importante, pois já tínhamos um trabalho consistente. E tudo isso agora foi expandido”, disse a vocalista, Natália Noronha.

A cantora sergipana Sandyalê foi quem encerrou a programação com um show marcado por várias influências musicais. Esta foi a primeira vez da artista na cidade, que trouxe o repertório do seu primeiro álbum “Um no Enxame”, gravado em 2013; além de duas músicas inéditas que ainda serão lançadas.

Os shows no Palco Pop continuam nesta sexta-feira (29), a partir das 18h, com show de Charles Theone. Logo após, às 19h, é a vez da apresentação do cantor pernambucano Muta. Às 20h10, quem sobe ao palco é Geraldo Maia. A última atração da noite, às 21h20, será o músico Erasto Vasconcelos, que é irmão do percussionista Naná Vasconcelos – homenageado da 25ª edição do FIG.
.

Orçamento de 2017 estará em pauta na Assembleia no 2º semestre

O Projeto de Diretrizes Orçamentarias do Poder Executivo será apresentado no dia 1º de 
agosto e será devolvido para sanção até o dia 31 do mesmo mês. (Fonte: Alepe).

A Assembleia Legislativa de Pernambuco volta a realizar Reuniões Plenárias na próxima segunda (1º), após o fim do recesso parlamentar do mês de julho. No segundo semestre de 2016, a principal pauta da Alepe será a definição do orçamento do Estado para o próximo ano, com a apreciação das propostas da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017, além da revisão do Plano Plurianual 2016-2019. “Este semestre será marcado pelas eleições municipais, que terá participação de nossos parlamentares como candidatos ou apoiadores. Asseguro que, apesar dessa agenda política, vamos manter a regularidade dos trabalhos legislativos nesta Casa, com todas as atividades a pleno vapor”, ressalta o Deputado Estadual e atual presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa (PDT - foto abaixo).

Guilherme também destacou o trabalho realizado no primeiro semestre.  “A CPI das Faculdades Irregulares recomendou o indiciamento dos envolvidos num esquema fraudulento de oferta de diplomas, e a Comissão Especial de Acompanhamento dos Casos de Microcefalia apresentou uma série de sugestões aos principais problemas do Estado no atendimento às vítimas”, salienta o presidente. Além disso, Uchoa anunciou que, até o fim deste ano, a Alepe deverá inaugurar o Edifício Miguel Arraes, que abrigará o novo Plenário da Casa.  “A estrutura do prédio oferecerá muito mais conforto para todos e disporá de tecnologia de ponta voltada ao incremento da atuação legislativa”, afirma.
.

Orçamento – O Projeto de Diretrizes Orçamentarias do Poder Executivo será apresentado no dia 1º de agosto e será devolvido para sanção até o dia 31 do mesmo mês, conforme os prazos estabelecidos na Constituição Estadual. A LDO estabelece diretrizes que orientam as prioridades e metas da administração pública estadual. Assim como a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), aprovada no ano 2000, a LDO também determina o superávit primário a ser alcançado pela administração estadual, além de estipular critérios e formas de limitação de empenho do orçamento quando o Governo arrecada menos do que espera – o que tem ocorrido em Pernambuco, desde o ano passado, por causa da crise econômica que afeta o Estado e o Brasil.

A Lei Orçamentária Anual e a revisão do Plano Plurianual deverão ser apresentadas pelo Governo até o dia 5 de outubro, com devolução para sanção até 5 de dezembro. A LOA define receitas e despesas para o ano seguinte, com o detalhamento das ações e de suas fontes de recursos que serão utilizadas pela máquina estatal. Já o PPA, com o planejamento das ações de Governo para os anos de 2016 a 2019, é revisado todo ano.
.

Detran prorroga prazo para emplacamento de "cinquentinhas"

No emplacamento, a isenção do IPVA valerá apenas para os ciclomotores com potência inferior 
a 50 CC, ou seja, até 49,99 cilindradas, fabricados antes de 2016. (Detran – PE).

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE informa aos proprietários de ciclomotor abaixo de 50 cilindradas, conhecidos como cinquentinhas, que foi prorrogado para o dia 31 de agosto o prazo limite para emplacamento desses veículos. Segundo o diretor presidente do órgão, Charles Ribeiro, o motivo de mais uma prorrogação é a dificuldade que muitos proprietários estão tendo para obter o Registro na Base de Índice Nacional – BIN, devido ao fechamento de algumas fábricas e revendas, que deveriam ser a responsável por realizar esse cadastro.

“Infelizmente, muitos proprietários estão sendo prejudicados por conta de terceiros. Como medida resolutiva, nós do DETRAN-PE, já oficializamos um pedido ao Departamento Nacional de Trânsito – Denatran para que esse procedimento seja feito em nosso órgão, e assim, resolver esse último impasse”, enfatizou. Abaixo, você confere as taxas de Registro e Emplacamento de Ciclomotores:

          Vistoria - R$43,44
          Primeiro registro de ciclomotor -R$ 70,67
          Controle e emissão de ordem de Emplacamento - R$29,77

IPVA - A isenção do IPVA vale apenas para os ciclomotores com potência inferior a 50 CC, ou seja, até 49,99 cilindradas, fabricados antes de 2016. Desse ano em diante, a alíquota aplicada é de 1%. Em relação às motos e similares acima de 50 cilindradas (incluindo ciclomotores), a alíquota para os exercícios anteriores a 2016 é 2%, mas para o IPVA de 2016 em diante segue a faixa abaixo. Vale salientar que se o cálculo der um valor menor, o valor mínimo cobrado em 2016 para esses tipos de veículos é R$72,00.

Para conferir o Passo a Passo para a Regularização
          do seu Ciclomotor clique AQUI.

Compesa quer usar água de Serro Azul para atender o Agreste

Projeto da Adutora de Serro Azul deverá ser concluído em novembro deste ano. O início das obras 
estão previstas para fevereiro de 2017. (Fonte: Secretaria Especial de Imprensa de PE).

Diante da escassez hídrica  no Agreste pernambucano, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está usando a criatividade para oferecer alternativas de abastecimento para a população dessa região. Depois de anunciar a construção da Adutora do Pirangi, para levar água da Mata Sul para sete cidades do Agreste, a Compesa estuda, agora, fazer o aproveitamento da água da barragem de Serro Azul, em Palmares (foto acima), também na Mata Sul, para abastecimento humano. Para isso, iniciou a elaboração do projeto da Adutora de Serro Azul, que poderá ofertar no mínimo 560 litros de água por segundo para a região. O projeto executivo para a construção da nova adutora de Serro Azul  deverá  ser concluído em   novembro deste ano, com obras previstas para iniciar  em  fevereiro  de 2017. A primeira fase estará em operação no segundo semestre de 2018.

A proposta da Compesa é que a Adutora de Serro Azul se integre à Adutora do Agreste, complementando a água captada no Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco. Numa primeira fase, a água de Serro Azul chegaria a Caruaru, São Caetano, Toritama, Pão de Açúcar, Santa Cruz do Capibaribe, Belo Jardim, Sanharó, São Bento do Una e Tacaimbó (estes quatro últimos, através do Sistema Integrado Bitury), além de outras localidades. Na segunda etapa, alcançaria, também, Bezerros, Gravatá e Caruaru.

Como as obras da barragem, que é executada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, estão chegando ao fim, estando 90% concluídas, existe a possibilidade dessa água chegar logo à Adutora do Agreste, antes mesmo das águas do São Francisco. “Há chance de atendermos o Agreste primeiro com essa obra do que com a Transposição. Dos 303 milhões de metros cúbicos que Serro Azul pode acumular, utilizaríamos cerca de um terço para o abastecimento humano”, calculou o diretor Técnico e de Engenharia da Compesa, Rômulo Aurélio Souza.
.

Se os estudos preliminares se confirmarem, a Compesa acredita ser possível reduzir as retiradas do Sistema Jucazinho para as cidades de Caruaru, Gravatá e Bezerros, sistema que atualmente se encontra em pré-colapso e cuja água seria parcialmente substituída por Pirangi e Serro Azul. “A alimentação dessas cidades pela nova adutora permitiria uma redução da vazão de exploração de Jucazinho, proporcionando mais segurança operacional a esse sistema”, detalhou o diretor da Compesa.

A barragem de Serro Azul foi concebida, inicialmente, para conter enchentes provocadas pelo Rio Una e seus afluentes, na Mata Sul, após a última grande cheia de 2010. No entanto, os especialistas em recursos hídricos vislumbraram que, por sua localização privilegiada, em área de alto índice pluviométrico, poderia servir, também, ao abastecimento. Os recursos, ainda não estimados, seriam assegurados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, através do Programa de Saneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca (PSA Ipojuca).
.

Paulo Câmara leva demandas da Educação de Pernambuco ào Ministro Mendonça Filho. Segunda, Mendonça estará na AMUPE

Na reunião, foi tratada também da autorização do MEC para a aquisição de
produtos orçados em cerca de R$ 13 milhões.(Sei / Amupe).

O governador Paulo Câmara esteve nesta quinta-feira (28.07) em Brasília  em audiência com o Ministro da Educação, Mendonça Filho, para tratar de demandas que visam a melhoria do ensino público no Estado. E obteve sinalizações importantes do ministro. "O encontro foi muito positivo pois a equipe do ministro Mendonça demonstrou interesse em atender os pleitos colocados e agilizar o processo de aprovação", avaliou Paulo Câmara. O governador estava acompanhado do secretário de Educação, Fred Amancio, e do Procurador Geral do Estado, César Caúla.  

Na reunião, foi tratada também da autorização do MEC para a aquisição de arcondicionados, ventilatores e computadores para as escolas da Rede Estadual, envolvendo recursos da ordem de R$ 13 milhões.

MINISTRO NA AMUPE - O Ministro da Educação Mendonça Filho, dentro do Programa FNDE – Soluções Locais, estará na Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), em Recife, nesta segunda-feira (01/08/16) às 10hs, para uma reunião com prefeitos, secretários e técnicos em educação.

Na reunião, que também contará com a participação do secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, será feito o anúncio pelo Ministro da Liberação de Recursos para os mais de 40 municípios que se encontram em situação de regularidade junto ao FNDE. Também será instalado o Balcão de Serviços do FNDE, que ficará a disposição dos Municípios nos dias 01 e 02 de agosto para esclarecimentos e soluções de pendências.