domingo, 22 de maio de 2016

INTERLOCUTOR DE PAULO CÂMARA: Mário Faustino viabiliza terreno para construção da Escola Técnica Estadual de Garanhuns

A obra da nova ETE/Garanhuns, que já foi licitada, deve custar aos cofres do Governo
de Pernambuco cerca de R$ 11 milhões de reais. (Foto: Divulgação)

Atuando como um interlocutor do Governador Paulo Câmara, junto ao Governo Municipal de Garanhuns, o empresário e ex-vereador Mário Faustino, vem trabalhando para viabilizar um terreno onde possa ser erguida as instalações da nova Escola Técnica Estadual de Garanhuns, Ariano Vilar Suassuna. Semana passada, Mário foi recebido no Governo local pelo Gerente de Patrimônio, José Gundes e seu imediato, o Secretário adjunto, Alcides Rodrigues (foto acima). Em pauta, a formação de uma parceria entre os executivos, que corrobore esforços para a construção da ETE/Garanhuns.  

A obra, que já foi licitada, deve custar aos cofres do Governo de Pernambuco cerca de R$ 11 milhões de reais, mas não deve, a princípio, contar com uma contrapartida em subsídios financeiros por parte do Governo local. Apesar disso, de acordo com Mário, o executivo garanhuense pode desempenhar um papel crucial para que a unidade de ensino, em um curto prazo, esteja em pleno funcionamento. Para Mário, com a consolidação da doação do terreno, os trabalhos de execução da obra tendem a começar ainda em 2016.

“Estamos em busca de um terreno junto a Prefeitura por acreditar que esse, além de ser o primeiro passo, servirá de motivador ao início dos trabalhos de execução da obra ainda este ano, já que ela está, inclusive, licitada. Mantive contato com o Governador, que foi contundente ao me dizer que a partir da aquisição do terreno, nós teremos andamento na implantação da escola”, garante Mário. Durante a semana, ainda de acordo com Faustino, o terreno a ser doado será definido.

A Escola Técnica Estadual Ariano Vilar Suassuna é um antigo anseio da população de Garanhuns. A unidade escolar foi solicitada em 2013, através do requerimento nº 612/13, de autoria do Vereador da base governista , Audálio Ramos Filho (PSC-foto abaixo). Aquela época, para surpresa de Audálio e dos garanhuenses, o Governo de Pernambuco, por intermédio do então Secretário Estadual de Educação, Ricardo Dantas, respondeu de forma positiva e célere ao pedido.

ELEIÇÕES 2016 EM GARANHUNS: Oposição ainda não definiu candidato para enfrentar Izaías em outubro

Com a indefinição por parte da Frente Popular de Garanhuns, Izaías sai ganhando. Pesquisas internas 
mostram que se a eleição fosse hoje, o atual prefeito seria reeleito com uma expressiva votação.

Há pouco menos de cinco meses das eleições, e a três do início da campanha, a oposição de Garanhuns ainda não tem ao certo um nome para enfrentar o atual Prefeito Izaías Régis (PTB) nas urnas. Apesar de inúmeras reuniões terem sido realizadas entre os quase vinte partidos que compõe a Frente Popular de Pernambuco, chamada aqui de “Frente Popular de Garanhuns”, nada está definido. O grupo, liderado pelo Governador Paulo Câmara até que tem alguns nomes ventilados na cidade, todavia como o próprio Izaías disse recentemente: “nenhum conseguiu se viabilizar”. O líder da oposição na Câmara, o vereador Sivaldo Albino do PPS, que melhor pontuou nas pesquisas encomendadas pelo Governo do Estado, já tirou seu time de campo, seguindo a disputa por um quinto mandato na Câmara de Vereadores de Garanhuns.

Apesar de aparecer na segunda colocação em todas as pesquisas encomendas pelo Governo do Estado, ficando atrás apenas do Prefeito Izaías, é preciso colocar que isso por si só não colocaria Albino como potencial candidato da oposição. Na mesma pesquisa, Sivaldo tem um alto índice de rejeição na cidade, o que implica dizer que do ponto de vista eleitoral, há mais contras do que prós. É fato que Albino é o líder da oposição na Câmara e exerce seu quarto mandato de vereador. Contudo, de acordo com algumas fontes consultadas por nossa redação, o índice de rejeição pode decidir uma eleição, a favor ou contra, o que no caso do socialista seria contra.
.

O Presidente do PSB/Garanhuns, o Dr. Nivaldo Azevedo, que tinha um bloco inteiro ao seu lado dentro do partido do Governador aqui na cidade foi outro a rechaçar o pleito deste ano. Correndo por fora, mas registrando suas pré-candidaturas estão: Walter Couto, o “Walter da Celpe”, do PDT e Joaci Laurindo da Rede. Walter conta com o apoio do Deputado Federal Wolney Queiroz, filho o Prefeito de Caruaru, Zé Queiroz. Conta ainda com o Deputado Estadual, duas vezes Prefeito de Pesqueira, João Eudes Tenório, que migrou recentemente do PRP para o PDT. Joaci Laurindo, caso venha a ser candidato pela Rede não sairá desfalcado. Terá o apoio de Marina Silva.

Já Claudomira, do Democratas, vem com o aval do Presidente Estadual do DEM e hoje, Ministro da Educação, Mendonça Filho, para disputar as Eleições. Para o caso da advogada garanhuense é importante lembrar, que ela também faz parte, em tese, do bloco da Frente Popular de Garanhuns. Ainda sobre Claudomira, há quem diga que na hora do “vamos ver”, ela retira sua pré-candidatura a Prefeita e se dispõe a ser vice em uma chapa competitiva. Há quem aposte ainda que ela deve concorrer mesmo a uma vaga na Câmara de Vereadores, onde de fato, é potencial candidata.
.

O eterno Paulo Camelo do teleférico, garante que é candidato, só não o será, caso haja um golpe militar, algo pouco provável de acontecer. Os Quidutes, Rosa e Bartolomeu não confirmam nada, mas também não negam. Quanto ao ex-peemedebista, hoje Tucano, Ivan Júnior, ele só não será candidato a Prefeito de Garanhuns caso não queira. Ao menos foi o que garantiu o Presidente do PSDB em Pernambuco e deputado estadual, Antônio Moraes, semana passada ao ser entrevistado em uma rádio local. “ Ivan tem todo o apoio e toda a força da executiva estadual para fazer tudo aquilo que possa ser possível no tocante as eleições municipais. Ele tem uma visão empresarial muito boa. É um jovem que tem boas ideias e que sem dúvidas poderá fazer uma gestão de qualidade e de inovação para o Município”, garantiu Moraes na entrevista.

Ainda no cenário atual, temos a presença sempre efetiva do empresário e ex-vereador em Garanhuns Givaldo Calado (PP- foto abaixo). Sua “pré-candidatura” conta com a chancela do Deputado Federal mais votado no estado, Eduardo da Fonte (281 mil votos), e de um dos herdeiros político dos Martins, o Deputado Claudiano Filho. Pode até nem ganhar, mas vai fazer um estrago grande, caso se confirme como nome unificado pela "Frente”. Givaldo tem extrema aceitação na classe média e legado, já que foi vereador e Secretário de Cultura. Tem carisma, legitimidade e sobretudo discurso. Ninguém melhor conhecedor da cidade, que Givaldo Calado.
.

Com essa indefinição por parte da Frente Popular de Garanhuns, Izaías sai ganhando. Pesquisas de consumo interno feitas por alguns partidos mostram que se a eleição fosse hoje, o atual prefeito seria reeleito com uma expressiva votação. Esse favoritismo palpável de Régis tem causado certa pane nos quadros da Frente Popular de Garanhuns. O grupo até tenta, mas não consegue formar consenso em torno de um nome capaz de bater o atual prefeito nas urnas em outubro.