sexta-feira, 13 de maio de 2016

Na ANTT, Paulo Câmara fala sobre concessão das BR’s 232 e 101

Governador acredita que o modelo de intervenção pode ajudar o País a retomar confiança.

O governador Paulo Câmara esteve em Brasília semana passada, com Marcelo Bruto, diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para conversar sobre o andamento do processo de concessão pública das rodovias BR-232 e BR-101, que foram incluídas no Programa de Investimentos em Logística (PIL), do Governo Federal. Bruto informou ao governador que em breve estarão sendo apresentados os estudos técnicos para as obras das duas estradas.

“São as duas rodovias mais importantes do Estado, fundamentais para o nosso crescimento econômico e social; e também para a interiorização do desenvolvimento que já começamos a fazer. Por isso, considero essencial acompanhar de perto o andamento das concessões, ainda mais quando estamos num cenário de tantos desafios na economia nacional”, afirmou o governador de Pernambuco na ANTT.

Paulo Câmara também acertou com a direção da Agência uma reunião, nas próximas semanas, com o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, para intensificar a troca de informações entre a Agência e o Governo de Pernambuco. “Apesar do cenário atual, precisamos dar agilidade a esse processo de concessão. Um passo importante para que os investidores retomem a confiança no Brasil", disse Paulo, que esteve na ANTT com os secretários Danilo Cabral (Planejamento e Gestão) e Renato Thièbaut (Projetos Estratégicos).

“São as duas rodovias mais importantes do Estado, fundamentais para o nosso
crescimento econômico e social”, afirmou o Governador de Pernambuco na reunião na ANTT.

REQUERIMENTO: Sivaldo solicita ao Governo do Estado que mantenha os dez dias do Festival de Inverno de Garanhuns

Requerimento do Líder da Oposição foi apresentado na última reunião ordinária
da Câmara de Vereadores de Garanhuns, quarta-feira, 11 de maio.

 Sivaldo Albino:

“Apresentei requerimento na ultima reunião ordinária na câmara de vereadores de Garanhuns, realizada no ultimo dia 11/05/2016, solicitando ao governo do Estado, a secretaria de cultura e a FUNDARPE, que estudasse a possibilidade de manter os DEZ DIAS para o FIG (Festival de Inverno de Garanhuns). O requerimento apresentado na reunião da câmara municipal, foi aprovado por unanimidade. 

A nossa justificativa desse requerimento, é que o FIG completa este ano sua 26º edição, sendo um dos maiores festivais de arte e cultura do Brasil, atraindo diversos turistas, movimentando conseqüentemente a economia Garanhunense e Pernambucana. O FIG é um evento Multicultural que envolve musica teatro, dança, artes visuais, fotografias, literatura, circo, cinema, gastronomia e outros, sendo mais de 600 atividades culturais.

Esse grandioso evento além de atrair, divertir e mostrar a diversidade cultural gera empregos e oportunidades em momentos difíceis que se vive atualmente com o desemprego e crise econômica no Brasil.Esperamos agora que o Governo do Estado possa analisar e atender o nosso pleito”.

Ministério Público recomenda a Izaías e a Cirlene Leite que justifiquem valores pagos em contratações de shows

Recomendação foi publicada no Diário Oficial de Pernambuco (DOE-PE) na terça-feira, 
dia 3 de maio, e foi dirigida ao Prefeito Izaías e a Secretária de Cultura, Cirlene Leite. (MPPE)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Garanhuns, Izaías Regis e à secretária de Cultura do município, Cirlene Leite, que, caso decidam realizar novas contratações diretas de artistas, atentem para a determinação de instruir o processo de contratação direta com justificativa de preço, conforme inciso III, do artigo 26, da Lei das Licitações e Contratos (Lei nº 8.666/93).

No documento, o MPPE destacou os termos da decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que estabelece a comprovação da justificativa do preço através de documentação, relativa a shows anteriores com características semelhantes, evidenciando que o valor a ser pago ao artista seja aquilo que ele recebe regularmente ao longo do exercício ou em um evento específico.

O promotor de Justiça Domingos Sávio instaurou um inquérito civil para apurar um suposto superfaturamento na contratação dos artistas Ana Carolina e da Banda Capital Inicial para o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) 2015. A recomendação foi publicada no Diário Oficial da terça-feira (3).

Saiba quais os suplentes assumirão as vagas dos Deputados pernambucanos que passam a ser Ministros de Estado

Assumem as vagas de deputados, pela ordem de quem recebeu mais votos, Creuza Pereira (PSB), 
Severino Ninho (PSB), Guilherme Coelho (PSDB) e Roberto Teixeira (PP). (Fonte: JC Online)

Com a nova composição dos ministérios anunciada ontem, pelo agora, interino, Presidente da República, Michel Temer, quatro suplentes devem assumir os mandatos. Pela ordem dos que receberam mais votos – assumirão, a ex-prefeita de Salgueiro Creuza Pereira (PSB), o ex-deputado federal Severino Ninho (PSB), o atual vice-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB) e o ex-deputado Roberto Teixeira (PP). Eles foram eleitos no chapão da Frente Popular, em 2014, que abarcou 21 partidos e resultou na vitória do socialista Paulo Câmara.

Com 79 anos, Cleuza Pereira, conhecida como Dona Creuza, teve 24.775 votos em 2014. Prefeita de Salgueiro por três mandatos, ela também tem o nome lembrando na sucessão municipal. O PSB ainda deve se reunir para avaliar a pré-candidatura, o que não impede que ela assuma o posto federal. 

Dona Creuza será a primeira sertaneja a assumir o mandato federal. Pernambuco teve em sua história apenas três mulheres na Câmara dos Deputados - Cristina Tavares, Luciana Santos e Ana Arraes. “Não salto de alegria nessa hora, porque está tudo muito complicado em Brasília, mas espero contribuir com as companheiras para defesa do direito da mulher”, disse.

O ex-deputado Severino Ninho (PSB) também pode se beneficiar com a reforma de Temer. O vice-prefeito Guilherme Coelho (PSDB) é o terceiro na suplência. Ele é primo do senador Fernando Bezerra Coelho e alimenta esperanças de ser indicado pelo prefeito Júlio Lóssio (PMDB) para a sucessão. 

O ex-deputado Roberto Teixeira (PP), que já foi genro do ex-deputado Pedro Corrêa (condenado no Mensalão e na Operação Lava Jato), também pode retornar ao Congresso. Teixeira é citado na Lava Jato por suposto envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras. 

Pernambuco terá cinco Ministros de Estado no Governo Temer

Raul Jungman (PPS), Bruno Araújo (PSDB), Mendonça Filho (DEM), Fernando Coelho (PSB) e 
Romero Jucá (PMDB), nascido em Pernambuco, compõe o ministério do Governo Temer. (JC Online)

O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), empossou na tarde de ontem, quinta-feira (12) os ministros em cerimônia no Palácio do Planalto, horas depois do pronunciamento de Dilma Rousseff, afastada nesta manhã. Entre os escolhidos por Temer para comandar os postos mais alto escalão do Governo Brasileiro, estão quatro pernambucanos, se contarmos com Romero Jucá, que ocupará o Ministério do Planejamento, estão são cinco.Jucá é nascido em Pernambuco, apesar de ter sido eleito Senador pelo PMDB no estado de Roraima.Conheça os 4 ministros de Pernambuco que compõe a equipe do Presidente Temer:

                             Raul Jungmann - Ministro da Defesa

   Filiado ao PP, Raul Jungmann está no seu terceiro mandato como deputado federal. No governo de Fernando Henrique Cardoso, foi ministro do Desenvolvimento Agrário, presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Apesar de defender o impeachment de Dilma, não participou da votação do processo na Câmara, já que é suplente.

            Bruno Araújo - Ministro das Cidades

       Está no terceiro mandato como deputado federal e passou a ganhar destaque a partir de 2012, quando se tornou líder do PSDB na Câmara. Até fevereiro daquele ano, ele desempenhou o papel de líder da oposição e foi defensor ferrenho do impeachment de Dilma. Nos quase dez anos de atuação legislativa, Araújo conseguiu aprovar apenas um projeto de lei de autoria exclusivamente sua: a criação do Dia Nacional de Conscientização e Incentivo ao Diagnóstico Precoce da Retinoblastoma (câncer na retina), em 18 de setembro. 

  Mendonça Filho - Ministro da Educação e Cultura

Recifense, José Mendonça Bezerra Filho é senador e o representante do DEM no governo de Michel Temer. Como deputado federal, Mendonça Filho foi o autor da emenda da reeleição em 1997, permitindo que o então presidente Fernando Henrique Cardoso conquistasse o segundo mandato. Como governador de Pernambuco, liderou o programa Universidade Democrática, que permitiu que jovens de escolas públicas ingressassem na universidade.

    Fernando Coelho  - Ministro de Minas e Energia

       Fernando Coelho Filho foi eleito três vezes deputado federal pelo PSB. Desde 2007, era líder do partido na Câmara. Natural do Recife, sua primeira candidatura foi em 2006, aos 22 anos, quando obteve 117.720 votos. Fernando Coelho é filiado ao PSB desde 2005. O parlamentar é formado em administração de empresas pela Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP, em São Paulo.
           
                       Romero Jucá – Ministro do Planejamento


         Romero Jucá é senador pelo PMDB de Roraima. Foi eleito senador pela primeira vez em 1994 e assumiu o terceiro mandato consecutivo em fevereiro de 2012. Foi líder do governo no Senado, designado pelos presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT). Assumiu a presidência do PMDB em 5 de abril deste ano. Foi relator-geral do Orçamento da União nos anos de 2005 e 2013. Pernambucano, Jucá nasceu no Recife, estudou Economia na Universidade Católica de Pernambuco e fez pós-graduação em Engenharia Econômica. 

     Em 1988, foi nomeado pelo presidente José Sarney e aprovado pelo Senado para ser governador do então território de Roraima.