terça-feira, 10 de maio de 2016

CONQUISTA PARA A CIDADE: União Brasileira dos Escritores instalará Núcleo Municipal em Garanhuns

A União Brasileira de Escritores (UBE-PE), foi fundada em 17 de janeiro de 1978. Diversos escritores 
fazem parte da União. Um deles é o brejoense, adotado por Garanhuns, Renato Siqueira.

Na segunda feira passada, 2 de maio, em reunião de diretoria na Casa Rosada da Rua Santana, no bairro de Casa Forte, no Recife, ficou autorizado ao escritor Renato Siqueira, prosseguir com as articulações com vistas à instalação de núcleo da União Brasileira de Escritores (UBE) no município de Garanhuns, no agreste meridional do Estado de Pernambuco.

A União Brasileira de Escritores (UBE-PE), entidade que congrega escritores de todos os matizes e estilos no Estado de Pernambuco, foi fundada em 17 de janeiro de 1978, em memorável campanha liderada pelo escritor Paulo Cavalcanti, seu primeiro presidente.

Depois de uma temporada ocupando uma sala no Espaço Passargada, na Rua da União, a UBE-PE conquistou a sede própria – a Casa do Escritor Pernambucano – um belo casarão construído na bucólica rua de Santana, nº 202, em Casa Forte, em terreno cedido inicialmente em regime de comodato pelo prefeito Gilberto Marques Paulo.
.

Aberta convocatória para 26º Festival de Inverno de Garanhuns

Edital e anexos estão disponíveis no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco desta
terça (10) e no portal do governo municipal. (Com informações da Secom - PMG)

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Cultura, abriu nesta terça-feira (10) a convocatória para seleção de propostas de artistas, grupos culturais e de formação para compor a grade de programação da 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) – que será realizado na segunda quinzena do mês de julho deste ano. O edital convocatório está disponível no portal: www.garanhuns.pe.gov.br. As inscrições seguem abertas até o dia 31 de maio.

Para efetuar a inscrição, os interessados precisam ir até a sede da Secretaria Municipal de Cultura, localizada na rua 13 de Maio, S/N, Sala 5, bairro São José, de segunda a sexta-feira, sempre das 8h às 14h; ou enviar a proposta como encomenda normal ou Sedex, com Aviso de Recebimento (AR), para o endereço da secretaria responsável – os documentos devem ser postados até o dia 31 deste mês.Serão aceitas inscrições na área de formação cultural e nos segmentos artístico-culturais de artes visuais, audiovisual, cultura popular, dança, design e moda, fotografia, literatura, música, patrimônio cultural, teatro e gospel.

O edital também está disponível na edição de hoje do Diário Oficial dos Municípios, vinculado à Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe). Nele, todas as etapas do processo podem ser verificadas com mais detalhes. O resultado, com as propostas habilitadas, deve ser divulgado até o dia 20 de junho.

NÃO SAIU DO PAPEL: Escola Técnica Estadual de Garanhuns não tem data definida para ficar pronta

A Escola Técnica Estadual é um antigo anseio da população de Garanhuns. Em 2013, o vereador pelo PSC
Audálio Ramos Filho, foi quem requereu ao Governo do Estado a instalação da ETE aqui na cidade.

Ano passado (2015), o Governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara esteve em Garanhuns na abertura da 25ª edição do Fig. Também esteve registrando presença no encerramento do evento. Na abertura, Paulo Câmara entusiasmou os mais pessimistas da cidade, ao anunciar oficialmente a construção da Escola Técnica Estadual (ETE), que até então não havia sido nomeada. Naquela ocasião, o Governador declarou que a ETE/Garanhuns ofereceria inicialmente cerca de mil (1.000) vagas para cursos de educação profissional técnica de nível médio. Na mesma passagem pela cidade das flores, Câmara ainda revelou que ao final do mês de julho de 2016 a escola teria seus trabalhos de execução de obras finalizado, iniciando seu funcionamento a partir de fevereiro de 2017.

Mas veio a crise, que abalou e confundiu toda a população pernambucana e brasileira. Assim o Governador, forçado a conter despesas e a reajustar a aplicação do dinheiro público não pode dar continuidade ao sonho dos garanhuenses. Pode ao menos o Governador, nomear a escola, numa justa homenagem ao mais pernambucano dos paraibanos. É que través do Decreto de Lei de número 41.955, de 27 de julho de 2015, confeccionado pelo Governador do Estado e publicado em Diário Oficial, a Escola Técnica Estadual de Garanhuns foi batizada de Ariano Vilar Suassuna, numa referência ao advogado, escritor, poeta, ator e dramaturgo, Ariano Suassuna.

A Escola Técnica Estadual é um antigo anseio da população de Garanhuns. Em 2013, o vereador da base governista, Audálio Ramos Filho (PSC-foto abaixo), foi o autor do Requerimento nº 612/13 que pedia a instalação aqui na cidade, de uma unidade ETE profissionalizante. Para surpresa de Audálio e dos garanhuenses, o Governo de Pernambuco, por intermédio do então Secretário Estadual de Educação, Ricardo Dantas, respondeu de forma célere; mais ainda, de maneira positiva, afirmando que a ETE seria instalada aqui na cidade. Aquela época, o secretário afirmava ainda que no ano seguinte (2014) a escola seria implantada, oferecendo cursos que atenderiam os arranjos produtivos locais, integrando o ensino médio à qualificação profissional, atuando nas modalidades presencial e a distância (EAD).
.

Contudo, a situação de momento não enseja otimismo no que se refere a construção de Escola Técnica Estadual de Garanhuns. É que nossa redação manteve contato com o Governo de Pernambuco, que foi taxativo ao informar que um novo cronograma está sendo desenvolvido para a escola. Isso significa dizer que ainda que o projeto arquitetônico esteja pronto, muito pouco provavelmente teremos o início dessas obras ainda este ano.

Diante da crise, resta apenas aguardar, já que segundo o Governo do Estado o momento não corrobora positivamente para a disponibilização de recursos frente a construção da escola, o que sugere dizer, portanto, que o Governo de Pernambuco, não tem data definida para que a Escola Técnica Estadual de Garanhuns fique pronta. Enquanto Garanhuns espera pela passagem da crise, cidades como Paulista, Jaboatão, e a capital Recife, com 5, já contam com unidades ETE de ensino profissionalizante.

NOTASecretaria de Educação do Estado

A Secretaria de Educação do Estado já está com a obra licitada para a construção da Escola Técnica Estadual de Garanhuns. Não temos, no entanto, a previsão de início das obras. Há uma indefinição quanto ao local que será erguida a unidade escolar, visto que o terreno para a construção é uma doação do município, que ainda não encontrou terreno adequado ao porte da ETE. 

CONTENÇÃO DE RECURSOS: Crise econômica impede construção do Hospital Mestre Dominguinhos em Garanhuns

"Estamos em uma situação de contenção de recursos, onde a prioridade é cuidar dos hospitais já 
existentes”, afirmou o Governador Paulo Câmara no mês de março em visita a Canhotinho.

Promessa de campanha, do á época (2014), candidato, hoje Governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara, o Hospital Regional Mestre Dominguinhos, previsto para ser construído as margens da BR 423, desafogará, após sua construção, substancialmente o Hospital Regional Dom Moura, já que os atendimentos de alta complexidade realizados pela unidade serão transferidos para o novo hospital. A unidade de saúde, que será de abrangência regional, foi uma das primeiras promessas do governador antes de assumir a gerência do estado. Segundo ele, a obra não foi iniciada por conta da crise econômica que grassa o país.

"Estamos em uma situação de contenção de recursos onde a prioridade é cuidar dos hospitais já existentes, mas tão logo a situação melhore, retomaremos com o projeto de construir o Hospital Mestre Dominguinhos em Garanhuns. Como medida paliativa, o Hospital Regional Dom Moura (HRDM) vai receber (já recebeu) novos profissionais de saúde que trarão uma melhoria na qualidade do serviço”, disse o governador no mês março, em visita a Canhotinho.

De acordo com o governo do estado, a obra, após sua conclusão, ocupará uma área de 12 mil metros quadrados e atenderá as emergências adulto e pediátrica. 106 leitos estarão disponíveis e ainda segundo a gestão Paulo Câmara, um bloco cirúrgico, bem como o serviço de atenção de enfermaria serão oferecidos. Na unidade serão colocadas em prática, ações que visam humanizar e aproximar o serviço de saúde à população mais carente, especialmente a do interior.

No Hospital serão executados os programas “Doutor Chegou”; que realiza mutirões de cirurgias, consultas e exames e o “Medicamento em Casa”; que levará remédios aos domicílios de pacientes com mobilidade comprometida. Já o “PE Conduz”, serviço gratuito de transporte especializado à pessoas com deficiência, será ampliado.
.

A construção do novo Hospital Mestre Dominguinhos, em face de sua execução, massificará uma luta de muitos anos da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional (Codeam), promovida através de seu ex-presidente, ex-Prefeito de Palmeirina, Eudson Catão (foto acima a direita). Eudson enquanto Prefeito, da mesma forma quando não detinha mandato, corroborou esforços junto a Codeam para que o Governo do Estado, á época gerido pelo falecido, ex-Governador, Eduardo Campos, fosse receptivo a reivindicação.

     Em julho do ano passado, o deputado Estadual Lucas Ramos (PSB-foto acima a esquerda) e o ex-presidente da Codeam, Eudson Catão (PSB), aproveitaram a presença do governador Paulo Câmara em Garanhuns, para entregar um documento, solicitando, entre outras ações para o Agreste, a construção do Hospital Mestre Dominguinhos. “Apesar da crise não podemos deixar de lutar e reivindicar o novo Hospital, que se faz necessário para termos uma saúde de qualidade para a Região”, registra trecho do documento entregue a Câmara pelos socialistas.

SENADO FEDERAL: Renan confirma sessão para votar afastamento de Dilma para quarta-feira, 11 de maio

Renan deve se reunir nesta terça-feira (10), com os líderes partidários a fim de dirimir dúvidas. Entre 
elas, qual o prazo que haverá para a manifestação dos senadores na sessão. (JC Online).

Após um dia marcado por reviravoltas, o presidente do Senado,Renan Calheiros (PMDB-AL), confirmou nesta noite de segunda-feira (9), que a sessão para votar o afastamento da presidente Dilma Rousseff começará na quarta-feira (11), a partir das 9 horas. Ele anunciou que a partir das 15 horas abrirá o livro para que os senadores se inscrevam para falar a favor ou contra a instauração do processo contra a petista por crime de responsabilidade.

Pelo calendário proposto por Renan, a sessão do afastamento de Dilma terá uma série de intervalos: começa às 9 horas e há uma pausa ao meio-dia; é retomada às 13 horas e uma nova paralisação às 18 horas; retorna às 19 horas para concluir os debates e começar a votação, que é aberta e deverá ser realizada por meio do painel eletrônico do plenário.

"A expectativa é que tenhamos pelo menos a participação de 60 oradores", disse Renan, estimando que a sessão pode durar até 10 horas. Ele e aliados querem concluir a votação ainda na quarta-feira.

O presidente do Senado disse que vai se reunir nesta terça-feira (10), com os líderes partidários a fim de dirimir dúvidas. Entre elas, qual o prazo que haverá para a manifestação, se cinco ou dez minutos para cada um. A defesa de Dilma e o relator da admissibilidade na Comissão Especial do Impeachment, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), também têm direito a se manifestar.

BRASÍLIA: Maranhão revoga decisão que previa anulação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff

O presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP), mais cedo, disse que poderia 
recorrer ao STF para fazer valer o seu ato, mas agora voltou atrás (JC Online).

O presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP), decidiu revogar a decisão proferida por ele mesmo anulando o processo de impeachment.O documento já está assinado, e passa a ter validade a partir de hoje, terça-feira (10), quando será publicado no Diário Oficial.

Waldir Maranhão também enviou comunicado ao presidente do Senado, Renan Calheiros, informando sobre a revogação. Mais cedo, Renan disse que a decisão de anular o processo de impeachment era uma "brincadeira" com a democracia. Ao lado do líder e do vice-líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT) e Silvio Costa (PTdoB), o próprio Maranhão rebateu dizendo que estava "salvando" a democracia.

O presidente interino da Câmara ainda não se pronunciou sobre as razões que o levaram a revogar o próprio ato menos de 24 horas depois de proferí-lo.  "Revogo a decisão por mim proferida em 9 de maio de 2016 por meio da qual foram anuladas as sessões do plenário da Câmara dos Deputados ocorridas dias 15, 16 e 17 de abril de 2016, nas quais se deliberou sobre a Denúncia por Crime de Responsabilidade nº 1/2015", diz o texto do ofício assinado por Maranhão.

Parlamentares da oposição já haviam pedido ao Conselho de Ética a abertura de um processo de cassação do deputadopor quebra de decoro. A executiva do próprio PP, fechada com o impeachment da presidente Dilma, também estudava aprovar uma suspensão cautelar do seu filiado.

NO VITÓRIA RECEPÇÕES: Eleitos Miss e Mister Garanhuns 2016

A primeira colocação DE Mister foi conquistada pelo jovem Renato Tomé, estudante da UNOPAR, 
o primeiro com necessidades especiais, já que o novo eleito é deficiente auditivo. (Ascom Aesga)

A estudante do último período de Direito da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns – AESGA, Vivianne Félix, de 24 anos de idade e 1,70m de altura, foi eleita na noite da última quinta-feira, dia 5 de maio, a nova Miss Garanhuns. O Evento, que foi realizado no Vitória Recepções, também escolheu o Mister Garanhuns. A primeira colocação foi conquistada pelo jovem Renato Tomé, estudante da UNOPAR e o primeiro Mister com necessidades especiais, já que o novo eleito é deficiente auditivo.

A cerimônia muito bem organizada por uma equipe formada pelo jornalista Cloves Teodorico, a advogada Luanny Porto, a publicitária Raquel Moraes e a Relações Públicas, Jullyane Cavalcanti foi marcada pela organização e glamour. Na ocasião, a atual Miss Pernambuco Sayonara Veras marcou presença no evento como uma das juradas.

A partir de agora Vivianne se juntará a outras candidatas que irão concorrer ao título de Miss Pernambuco 2016, em evento que será realizado no dia 21 de julho no Teatro do IMIP, na capital Pernambucana. Já Renato Tomé participará no mês de dezembro do concurso Mister Pernambuco.

A comunidade da AESGA que inclui a Presidência, funcionários, professores e demais servidores já estão na torcida para que a belíssima estudante consiga trazer o título de Miss Pernambuco para Garanhuns.