quarta-feira, 20 de abril de 2016

NA CHEGADA: Deputado Mendonça Filho é chamado de Golpista no Aeroporto Internacional dos Guararapes em Recife

Quando deixava o aeroporto do Recife, o deputado foi surpreendido por manifestantes, que
o acusaram de compactuar com o que consideram um golpe de Estado. (Diário-PE)

O deputado federal Mendonça Filho, do Democratas, foi recepcionado aos gritos de “golpista” ao chegar no Aeroporto Internacional do Recife nesta terça-feira. Líder da oposição na Câmara dos Deputados, Mendonça foi um dos parlamentares pernambucanos que votou pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff em Brasília, no último domingo.

Quando tentava deixar o aeroporto do Recife, o deputado federal foi surpreendido por manifestantes, que o acusaram de ter compactuado com o que consideram um golpe de Estado. Nas imagens, compartilhadas nas redes sociais, Mendonça Filho aparece irritado com a abordagem e chega a mandar beijo para os manifestantes. Em nota, o deputado atribuiu o ataque ao PT e classificou a abordagem como "choro de derrotado". 

          Confira na íntegra a nota: 

O coordenador do Comitê do Impeachment, deputado Mendonça Filho, como democrata que é, respeita as posições contrárias ao impeachment, ao mesmo tempo que repudia os atos de agressão e ameaças dos quais foi vítima hoje,  pela claque petista, desesperada com o pleno exercício da Democracia do Brasil. "A democracia do PT é assim: no grito e na violência. Não me intimido com esse tipo de prática, que, felizmente, pro bem do Brasil, está no seu ocaso", afirmou Mendonça, ressaltando que tem o apoio de 70% da população que quer o impeachment e está nas ruas pedindo o afastamento de Dilma/PT. 

Mendonça cita as imagens do vídeo, divulgado pelos próprios petistas, como prova da agressão. "Fizeram ameaças, como se eu fosse me intimidar. Isso é choro de derrotado, que vai perder os milhares cargos e benesses, com a derrocada de um projeto de poder autoritário, corrupto e que quebrou o País", afirmou.

O coordenador do impeachment, destacou, ainda, que alguns militantes estavam com broche do PT. "É a militâncisma aparelhada pelo PT, CUT, MST e aliados, num último suspiro pra garantir seus cargos", ironizou Mendonça, que reagiu tranquilamente à manifestação, dando chauzinho pra os petistas.