segunda-feira, 28 de março de 2016

BIOMETRIA: Eleitores pernambucanos tem até o final do mês de março para fazerem o recadastramento

Para as pessoas que tirarão a primeira via do título de eleitor, o prazo vai até o
dia 4 de maio. Foto: Clemilson Campos / Informações: JC Online

O prazo para eleitores de cidades pernambucanas que ainda não fizeram o recadastramento biométrico acaba na quinta-feira (31), mas quem tiver o título cancelado terá o mês de abril para regularizar a situação. Para as pessoas que tirarão a primeira via do documento, o prazo vai até o dia 4 de maio.

No mês de janeiro, eram 36 cidades pernambucanas para implementar o sistema biométrico nas eleições de 2016. Em março, o número diminuiu para 22. O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) alerta moradores das cidades de Olinda, Amaraji, Bezerros, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Camocim de São Félix, Glória de Goitá, Jatobá, Jucati, Jupi, Lajedo, Limoeiro, Nazaré da Mata, Paranatama, Passira, Paulista, Petrolina, Santa Cruz, Santa Maria do Cambucá, Tacaratu e Vitória de Santo Antão.

Nos últimos dias, o atendimento será prioritário para os que realizaram agendamento, com encaixes apenas dentro da margem de possibilidade de cada posto. O ideal é priorizar o agendamento através do site do TRE-PE para evitar longas filas e tumultos.

Para realizar o recadastramento, o eleitor precisa levar um documento que comprove a residência no município em que será feita a coleta biométrica. Quem não realizar o recadastramento a tempo poderá ter restrições no CPF, perder benefícios de programas sociais como o Bolsa Família, deixar de fazer matrículas em instituições de ensino, obter passaporte e assumir cargos públicos.

CARLOS PORTO: Presidente do TCE fará visita às Inspetorias Regionais do Tribunal e Garanhuns está no roteiro

Apesar de ainda não ter data definida, a programação prevê visita à Inspetoria de Garanhuns

O presidente do TCE, conselheiro Carlos Porto (foto camisa azul), iniciará na próxima segunda-feira (04 de abril) um roteiro de visitas às Inspetorias Regionais. A primeira visita será à Inspetoria de Palmares e a última à de Petrolina.

É praxe o conselheiro que assume a presidência do Tribunal ir a todas as Inspetorias Regionais tanto para apresentar suas prioridades como para ouvir as demandas dos servidores. Apesar de ainda não ter datas definidas, a programação prevê visitas às Inspetorias de Palmares, Bezerros, Arcoverde, Garanhuns, Surubim, Petrolina, Metropolitana Norte e Metropolitana Sul.

Visita - Nesta segunda-feira (28), o presidente recebeu uma visita de cortesia do senador Fernando Bezerra Coelho, que veio desculpar-se e dar-lhe um abraço por não ter podido estar presente na solenidade de posse. Além de Carlos Porto, receberam o senador no gabinete da presidência os conselheiros Marcos Loreto, João Campos, Teresa Duere e Valdecir Pascoal. 

REUNIÃO DECISIVA: PMDB e Michel Temer decidem hoje se desembarcam do Governo Dilma Rousseff

Diante da ameaça de desembarque do principal partido da base aliada, Dilma disse, 
em declarações na última semana, querer “muito que o PMDB permaneça” no governo. (Folha-PE)

Às vésperas da decisão do PMDB sobre a permanência na base aliada do governo da presidenta Dilma Rousseff, a tensão no cenário político aumenta e peemedebistas favoráveis e contrários ao rompimento tentam ganhar apoio em articulações de bastidores. O partido, presidido pelo vice-presidente da República, Michel Temer, marcou para as 15h de amanhã a votação sobre a permanência no governo. A eleição será realizada em um dos plenários da Câmara dos Deputados e pode mudar a condução dos trabalhos no Planalto e no Congresso. O diretório regional do partido em Pernambuco é um dos 14 estados que se manifestaram, até agora, a favor do rompimento com o governo. 

Logo após voltar de Porto Alegre no fim da tarde de ontem, a presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião no Palácio da Alvorada. A petista terá pela frente uma das semanas mais difíceis. Temer cancelou a viagem que faria a Lisboa hoje a pedido de peemedebistas que querem que ele participe do processo de articulação da decisão da legenda. Na última quarta-feira, ele se reuniu com o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB e um dos principais opositores de Dilma. No mesmo dia, as articulações ocorreram do outro lado, em encontros do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do ex-senador José Sarney (PMDB-AP) e de outras lideranças peemedebistas alinhados com o governo.

Diante da ameaça de desembarque político do principal partido da base aliada, Dilma disse, em declarações na última semana, querer “muito que o PMDB permaneça” no governo, mas disse que vai respeitar a decisão da legenda. A presidente afirmou que aposta no comprometimento de ministros peemedebistas que compõem seu governo, entre eles, Marcelo Castro (Saúde) e Celso Pansera (Ciência, Tecnolgia e Inovação). Os dois querem que a aliança seja mantida e consideram irresponsável um rompimento. Os ministros do PMDB vão se reunir quarta-feira para fechar uma posição em relação à possibilidade de o partido decidir deixar a base aliada.

       Os diretórios do Regionais do PMDB do Rio de Janeiro e de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Piauí, Distrito Federal, Acre, Pernambuco, Tocantins, Maranhão, Bahia e Mato Grosso do Sul defendem a ruptura com o Planalto. Outros estados ainda não se manifestaram. 

CONSÓRCIO PERNAMBUCANO UNIVERSITAS: Pedro Falcão e reitores tem encontro com o Embaixador de Moçambique

No encontro, ficou definido que, até meados de abril, a embaixada apresentará uma 
proposta de cooperação formalmente para análise e aprovação do Consórcio Universitas. (Unicap)

Na última quarta-feira (23.03) reitores e representantes das universidades pernambucanas que integram o Consórcio Pernambuco Universitas (UPE, UFPE, UFRPE, Unicap e Univasf) tiveram uma reunião com o embaixador de Moçambique no Brasil, Manuel Lubisse. Ele apresentou proposta de criação de um programa semelhante ao Ciência Sem Fronteiras para que estudantes universitários moçambicanos possam vir estudar em Pernambuco a partir de 2017.

As áreas prioritárias inicialmente, segundo o embaixador, são Agronomia, Veterinária, Zootecnia, Engenharia Florestal e Medicina. A ideia é que pelo menos 50 estudantes sejam beneficiados por ano pelo programa, atingindo em dez anos um total de 500 universitários. No encontro, ficou definido que, até meados de abril, a embaixada apresentará a proposta de cooperação formalmente para análise e aprovação das universidades que integram o Consórcio Pernambuco Universitas.

Participaram da reunião o Reitor da Unicap e presidente do Consórcio Pernambuco Universitas, Padre Pedro Rubens, acompanhado do assessor de Relações Internacionais e Interinstitucionais, Thales Castro, e do chefe de gabinete, Rodrigo Pellegrino; o Reitor da UPE, Prof. Pedro Falcão, acompanhado do assessor de Relações Internacionais, José Guido Corrêa de Araújo; o Reitor da UFPE, Anísio Brasileiro; o Reitor da Univasf, Julianeli Tolentino; o Vice-reitor da UFRPE, Marcelo Carneiro Leão, acompanhado do assessor de Cooperação Internacional, Lêucio Alves; e o diretor do escritório da Universidade de Toulouse no Brasil, Pierre Fernandez. 

O embaixador estava acompanhado do cônsul de Moçambique no Recife, Ernesto Cavalcanti; do conselheiro Econômico para Assuntos do Turismo e Cultura, Romualdo Johnam; e do conselheiro para Assuntos Comerciais, Jaime Nicol.