segunda-feira, 28 de novembro de 2016

NO JOGO: Zé da Luz pode ser candidato a Deputado Federal em 18

Acaso decida pleitear uma assento Federal, o engenheiro deve buscar, uma legenda
partidária que lhe ofereça uma corrida eleitoral menos competitiva internamente.

       Apesar de manter uma conversa informal, e ao seu estilo articulador, com o Blog do Gidi Santos, o engenheiro aposentado e ex-Prefeito do município de Caetés Zé da Luz, admitiu a possibilidade de ser candidato a Deputado Federal pelo Agreste Meridional em 2018. Zé, como costuma ser chamado pelos mais íntimos, acaso decida pleitear a vaga na Câmara Federal, deve buscar, de acordo com o que levantamos, uma legenda partidária que lhe ofereça uma corrida eleitoral menos competitiva, já que decerto ele dispute pelo Partido Socialista Brasileira (PSB) terá de enfrentar campeões de votos em 2014, como por exemplo, o Pastor Eurico (quase 234 mil votos), Felipe Carreras (187 mil votos) e João Fernando Coutinho ( 120 mil ); algo que inviabilizaria, em tese, sua eleição, uma vez seu número de votos pode somar bem abaixo destes.

Acaso o engenheiro pleiteie um dos assentos em Brasília, ele deverá ser opositor ao candidato defendido por Izaías Régis aqui na Suiça Pernambucana. Entrando na briga, Zé irá reviver em parte, a disputa onde ele e Izaías foram protagonistas em 2012, quando Régis saiu vencedor. Contudo, é importante dizer, e até o Prefeito Izaías chegou a comentar em suas caminhadas pelos bairros da cidade nas eleições deste ano, Zé da Luz é um candidato duríssimo, já  que tem uma grande penetração na periferia, que é de onde sai a maior parte dos votos válidos de Garanhuns, seja nas eleições municipais ou nas nacionais.

Num levantamento rápido, é possível constatar a afirmação de Izaías, visto que em 2012, quando tivemos cerca de 64 mil votos válidos na eleição para Prefeito, Zé abocanhou nada menos que 35,7% dessa fatia, o que em números reais, significaram 22.499 votos. Antes, em 2008 quando o engenheiro também disputou a eleição à Prefeito, o resultado foi inferior, ele obteve 18.757 votos, o que significa dizer que o engenheiro conseguiu dar mais musculatura ao seu eleitorado no ano de 2012, mostrando sua evolução.

Se levarmos em consideração a candidatura de Zé a Deputado Estadual em 2010 pelo PHS, quando ele contabilizou 28.515 votos e ficou na condição de suplente, vale dizer, que acaso ele entre na disputa proporcional, ele tem mais chance. Semana que vem, o engenheiro estará em Garanhuns, e já adiantou, falará com exclusividade ao Blog do Gidi Santos sobre o tema que trouxemos em primeira mão ao ar.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário