terça-feira, 8 de novembro de 2016

Gonzaga de Garanhuns pode se tornar Patrimônio Vivo de PE

Mestre de reisado garanhuense está entre os 65 selecionados para próxima etapa
do concurso. (Foto: Aquile Soares – Com informações da Secom – PMG).

Luiz Gonzaga de Lima, conhecido popularmente como Mestre Gonzaga de Garanhuns, 73 anos de idade, está entre os mais de 60 selecionados para a próxima fase do 11º Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco (PRV-PE). A lista das propostas habilitadas foi divulgada na última quinta-feira, 3 de novembro no portal de notícias da Secretaria Estadual de Cultura.  

O garanhuense concorre mais uma vez como mestre de reisado do Agreste Meridional. Este ano, o concurso titulará seis pessoas ou grupos como Patrimônio Vivo do Estado – três referentes ao ano de 2015 e três referentes ao ano de 2016. A análise final das candidaturas deve acontecer até dezembro deste ano, quando os candidatos deverão participar de audiências públicas no Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural, de acordo com o edital do concurso.

A Lei de Patrimônio Vivo busca reconhecer ainda em vida o trabalho de artistas, mestres e grupos culturais do estado de Pernambuco. Na próxima etapa, Mestre Gonzaga volta a justificar a sua candidatura junto das demais 65 entidades que foram habilitadas. “Venho lutando há tempos, com o apoio da Secretaria de Cultura, para conseguir esse prêmio. Nesta edição vamos fazer o possível e defender a tese para estar com o sucesso entre os aprovados”, enfatizou Gonzaga de Garanhuns. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário