segunda-feira, 31 de outubro de 2016

VITÓRIA HISTÓRICA: PSDB vai governar 23,7% da população brasileira; um em cada quatro eleitores

Dos 57 municípios que tiveram disputa de segundo turno, o PSDB saiu vitorioso em 14, um 
recorde na história recente do país. (Com informações do Portal de Notícias O Globo).

A hegemonia do PSDB nas eleições municipais deste ano foi confirmada neste domingo (30), com os resultados do segundo turno. As urnas consagraram o PSDB como o partido com a maior população governada no país neste século. A partir de 2017, o PSDB será responsável por administrar municípios que somam 23,7% da população do país – quase 49 milhões de brasileiros, segundo projeções do IBGE. Somando apenas os eleitores, serão 34 milhões de pessoas, uma em cada quatro no país, governadas pela legenda.

Dos 57 municípios que tiveram disputa de segundo turno, o PSDB saiu vitorioso em 14, um recorde na história recente do país. Das 26 capitais brasileiras, sete serão administradas por tucanos: São Paulo, Teresina, Porto Alegre, Porto Velho, Manaus, Belém e Maceió. Já entre as 92 cidades com mais de 200 mil eleitores, o PSDB conquistou 28 prefeituras. Ao todo, serão 803 prefeituras governadas pelo PSDB, que representam as maiores receitas do país: R$ 158,5 bilhões anuais. As informações são de reportagem desta segunda-feira (31) do jornal O Globo.

      Derrocada do PT - Em contraponto à vitória do PSDB nas urnas, o Partido dos Trabalhadores saiu destas eleições municipais como o grande perdedor. A legenda dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva saiu derrotada em todas as sete disputas em que concorreu no segundo turno. O PT também perdeu 15 grandes cidades e, dos 92 municípios brasileiros com mais de 200 mil eleitores, conseguiu eleger seu prefeito em apenas um: Rio Branco, capital do Acre.

       O partido viu ainda a sua influência direta diminuir drasticamente. Há quatro anos, a sigla chegou a governar 27 milhões de eleitores. A partir de 2017, deverá administrar municípios cuja população somada chega a apenas cerca de 4 milhões de eleitores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário