segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Obras das escolas Padre Agobar Valença e Manoel Camelo devem ser entregues até o final de 2017, garante Secretaria de Educação

Para a edificação das unidades de educação, A Prefeitura de Garanhuns investirá cerca
de R$ 3 milhões de reais. (Com informações e imagens da Secom – PMG).

As obras de construção da nova Escola Municipal Padre Agobar Valença seguem em andamento. De acordo com a Secretaria de Educação e Esportes (SEDUCE), os serviços executados já passam dos 57% e seguem dentro do cronograma de execução. A Prefeitura de Garanhuns está investindo cerca de R$ 3 milhões.

A nova unidade está sendo erguida na Avenida Caruaru e terá mais de 3 mil metros quadrados de área construída, além de contar com acessibilidade para deficientes e pessoas com dificuldade de locomoção. O Colégio Municipal contará com dois pavimentos, amplas salas de aulas, laboratório, sala de informática e área administrativa e funcional.

    “Trata-se de uma grande obra e uma grande conquista para a educação do nosso município. O Colégio Municipal faz parte da história da nossa cidade e com essa nova unidade iremos oferecer um ambiente mais confortável para os nossos alunos e com isso uma melhor qualidade de ensino”, afirmou o Prefeito Izaías Régis.

Além da Escola Municipal Padre Agobar Valença, a Prefeitura de Garanhuns está construindo também a Escola Municipal Manoel Camelo, localizada no bairro Francisco Figueira, mais conhecido como Cohab 2. Cerca de 30% das obras já foram executadas.

De acordo com a dona de casa Janaina Ribeiro a construção da escola é uma grande conquista para os moradores da Cohab 2. “Tenho dois filhos e fico muito mais tranquila em saber que em breve meus filhos terão uma escola moderna para estudarem”, comentou a dona de casa.

Segundo o chefe do executivo a construção da Escola Manoel Camelo foi identificada pela demanda da localidade. “Será uma grande escola, que não atenderá somente aos alunos da Cohab 2, mas também dos loteamentos e do residencial Manoel Camelo, que não precisarão se deslocar para escolas em bairros distantes. Isso trará mais segurança e comodidade para os nossos alunos”, disse Régis.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário