terça-feira, 2 de agosto de 2016

Álvaro Porto solicita lombada eletrônica para “Curva da Laranjeira”

"Muitas pessoas perderam a vida por conta da falta de sinalização, do acostamento
limitado e da imprudência que gera o excesso de velocidade”, defende Porto.

Após o Governo do Estado ter atendido os apelos para instalação de lombada eletrônica na PE-177, no trecho da "ponte da morte", entre Canhotinho e Angelim, o deputado estadual Álvaro Porto busca solução semelhante para a "Curva da Laranjeira", na BR-424, em Garanhuns. Em indicação apresentada nesta terça-feira (02) à Assembleia Legislativa, o parlamentar fez veemente solicitação ao superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Pernambuco, Cacildo de Medeiros Brito Cavalcante, para que sejam colocados redutores eletrônicos de velocidade no referido trecho da estrada federal.

Na justificativa, o deputado destacou que o perigo da "Curva da Laranjeira" pode ser atestado pela quantidade de notícias relacionadas a acidentes com vítimas fatais ocorridos no trecho. "Muitas pessoas perderam a vida por conta da falta de sinalização, do acostamento limitado e da imprudência que gera o excesso de velocidade". Para Álvaro Porto, é necessário se instalar redutores nos dois sentidos da via como forma de impedir que os veículos transitem em alta velocidade, pondo em risco a vida de quem utiliza a rodovia. "Essa indicação vem para atender solicitação da população de todo o Agreste Meridional", declarou na justificativa.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário