terça-feira, 19 de julho de 2016

Presidentes da Câmara, Senado e do Brasil se reúnem para tratar da reforma política que propõe fim das coligações

O encontro com Michel Temer foi anunciado após reunião de Rodrigo Maia e
Renan Calheiros na última quinta-feira. (Foto: J.Batista / Agência Câmara Notícias).

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Renan Calheiros, reúnem-se hoje com o presidente interino da República, Michel Temer, às 20 horas, no Palácio do Jaburu. Eles vão discutir uma pauta mínima que incluiu a proposta de Emenda à Constituição (PEC), em tramitação no Senado, sobre tópicos da reforma política. De autoria dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Ricardo Ferraço (PSDB-ES), a PEC trata de temas como o fim das coligações nas eleições proporcionais.

Pauta conjunta - Maia e Renan estiveram reunidos na última quinta-feira (14) na presidência do Senado. Ambos destacaram a oportunidade que se terá a partir de agora de desenvolvimento de uma pauta conjunta das duas casas legislativas. Também participaram da reunião o líder do PSDB na Câmara, deputado Antonio Imbassahy (BA), e o senador Aécio Neves.Renan comentou que a vitória de Rodrigo Maia “é uma demonstração de que a boa política está viva e recoloca a possibilidade de Câmara e Senado fazerem um esforço conjunto em torno de uma pauta mínima suprapartidária e de interesse nacional”.

Esforço concentrado - Maia disse que na volta dos trabalhos, após o recesso, pretende sugerir aos deputados um esforço concentrado em dois dias da semana em torno de uma agenda de poucos itens, mas que assegure a produtividade da casa. O presidente da Câmara anunciou ainda que pretende pedir rapidez, inicialmente na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e depois na comissão especial, para a tramitação da PEC que trata dos limites de gastos da União.

Nenhum comentário:

Postar um comentário