sábado, 23 de julho de 2016

Paulo abre oficialmente o 26º Festival de Inverno de Garanhuns

Governador comandou, na última quinta-feira (21), a abertura oficial da edição deste ano do 
Festival de Inverno de Garanhuns. (Fotos: Roberto Pereira/Sei e Ana Paula Freitas).

Mais uma edição do maior festival de arte e cultura de Pernambuco teve início na noite desta quinta-feira (21.07). O 26° Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste Meridional, foi aberto oficialmente pelo governador Paulo Câmara, durante cerimônia realizada na Catedral de Santo Antônio, localizada no centro da cidade. Com uma intensa agenda de difusão e formação nas mais diversas linguagens artístico-culturais, o Festival segue até o próximo dia 30 com a expectativa de receber cerca de 500 mil pessoas durante toda a programação. Com investimentos de R$ 6,5 milhões, o evento vai oferecer mais de 200 atrações, além da programação formativa com oficinas, encontros e seminários.

"Não tenho dúvidas que essa edição será um sucesso, assim como todas as outras. Oferecemos uma programação diversificada, com toda uma pluralidade da arte e suas manifestações. O povo pernambucano e os turistas estão muito bem assistidos", sublinhou o chefe do executivo estadual. Paulo destacou ainda a relevância do trabalho realizado por Naná Vasconcelos - homenageado desta edição - na disseminação da cultura nordestina. "Homenagear Naná é ressaltar tudo o que ele representou e representa para Pernambuco, para o Nordeste, para o Brasil e para o Mundo. Não é por acaso que ele venceu tantas premiações internacionais. Tudo o que fizermos ainda será pouco perto de tudo que ele fez pela nossa arte, pela nossa cultura", frisou.

Tradicional destino turístico-cultural do Estado no mês de julho, o município do Agreste Meridional recebe milhares de turistas de diferentes lugares de Pernambuco e do Brasil. Nesta edição, um total de 210 atrações vão se apresentar em seis palcos. Entre alguns dos nomes da programação musical estão: Elza Soares, Biquini Cavadão, Gal Costa, Zeca Baleiro, Otto, Alceu Valença, Roberta Sá, Margareth Menezes, Santanna e Fulô de Mandacaru. Ao todo, 22 polos irão oferecer atividades de todas as linguagens da arte.

O impulso na atividade econômica e turística da cidade, promovido pelo Festival, foi ressaltado pelo prefeito Izaías Regis. “Nós vamos fazer um grande festival. Vamos lotar a cidade de turistas, fortalecer o comércio e, com isso, propiciar uma melhoria na qualidade de vida do nosso povo", defendeu.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário