quarta-feira, 13 de julho de 2016

Mário Faustino defende extensão de programas de crédito para o homem do Campo e pede novas máquinas para o IPA/Garanhuns

“É preciso sensibilidade por parte de uma gestão para entender que o trabalhador rural e
o agronegócio são fundamentais para manutenção da economia”, assegura Mário.

Apesar de toda expectativa e há exatos oito dias para o início do Festival de Inverno de Garanhuns, o empresário e ex-vereador Mário Faustino dá mais uma vez prova do quanto se preocupa e se dedica na prática, à obter para a cidade e neste caso específico para a zona rural, dias de um futuro melhor. Não fosse bastante já ter viabilizado um novo e mais amplo estacionamento para a 5ª Ciretran Garanhuns, que irá desobstruir o trânsito naquela área; a autorização do Governador para que a adutora Garanhuns/Jucati leve água às comunidades: Cachoeirinha dos Francisco, Sítio Papa Terra, o Distrito de São Pedro, entre outras, e a compra de 4 novos motores bombas por parte do Governo de pernambuco, que vem solucionando o problema de abastecimento d'água de Garanhuns; Faustino agora se empenha a obter avanços para o homem do campo.

Ciente da importante atuação do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), para Região Agreste Meridional, Mário vem propondo ao Governo de Pernambuco a aquisição de uma nova frota de veículos/máquinas do tipo perfuratrizes, para a Gerência Regional do instituto, situada aqui em Garanhuns. Essas máquinas, de acordo com a direção do IPA, são as responsáveis pela perfuração de poços artesianos. Além disso, elas também servem a execução de obras cuja finalidade é a construção de novas barragens, sejam de pequeno, médio ou grande porte. No momento, apenas uma, das 7 estacionadas no pátio da Gerência, está em funcionamento, sendo que 16, são as cidades cobertas por essas máquinas e pela atuação da Gerência de Garanhuns.

Mas, não é somente na aquisição dessas novas máquinas que o ex-vereador tem focado suas atenções. A extensão de programas que oferecem incentivos ao agronegócio, abrindo crédito ao trabalhador do campo, além do programa de Desenvolvimento Sustentável, que visa apoiar agricultores, associações e cooperativas, também são pautas reivindicadas por Faustino, que segue à capital pernambucana na quinta-feira, 28 de julho, para uma audiência pública com o Secretário de Agricultura e Reforma Agrária do Estado, Nilton Mota onde deve tratar sobre os temas. 

“É preciso sensibilidade por parte de uma gestão para entender que o trabalhador rural e o agronegócio são fundamentais para manutenção da economia. O que nós queremos é somar esforços junto ao nosso amigo Francisco Júnior, que vem conduzindo de forma competente a Gerência do IPA Garanhuns, para juntos contribuirmos à ações e políticas dirigidas ao homem do campo, que precisa, como costumo dizer, de três elementos: da terra, da educação profissional (que passa por técnicas de produção e organização de comercialização) e do crédito rural, para daí sim, construirmos um desenvolvimento contínuo e de fato plenamente sustentável”, defende Mário.

No mesmo dia em que estará com Nilton Mota, da pasta de Agricultura (29 de julho), Faustino estará também com os Secretários, de Saúde, Iran Costa (para solicitar 4 novas ambulâncias para o Dom Moura) e com o de Transportes, Sebastião Oliveira, onde deve reivindicar uma nova patrulha mecânica para o DER/Agreste Meridional, além de uma atuação permanente na execução dos serviços por parte daquele órgão; já que atualmente uma empresa terceirizada, recém licitada é quem na prática, cumpre as competências do Departamento de Estradas e Rodagens aqui na região.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário