sexta-feira, 3 de junho de 2016

CONQUISTA: Secretário de Cultura de Pernambuco garante que Fig 2016 terá dez dias em sua programação oficial

“Garanhuns pode ficar tranquila, o Fig 2016 terá sim os dez dias. Nós vamos surpreender
com inovações este ano”, garantiu o secretário à comissão especial do Fig

Enquanto o Prefeito de Garanhuns, Izaías Régis do PTB, e o vereador, líder da oposição na Câmara, Sivaldo Albino do PPS, digladiavam durante todo o dia de ontem, quinta-feira (2) nas rádios locais, sobre a posição adotada pelo chefe do executivo de não mais contratar para este ano, atrações nacionais para a 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns; a pedido do Deputado Estadual Claudiano Martins, a Comissão Especial do Fig, encabeçada pelo empresário e ex-vereador Mário Faustino do PSB, era recebida, na Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), em Recife.

O anfitrião, foi o atual Secretário de Cultura do Governo Paulo Câmara, Marcelino Granja. Em pauta, a permanência do formato original do evento, onde tradicionalmente dez dias são dedicados à programação. Do Secretário, a comissão ouviu que haverá um enxugamento nos recursos destinados a esta edição por parte do Estado, dada a crise instalada no país, mas ouviu também, que o Governo de Pernambuco trabalha incessantemente para a capitação de recursos junto a iniciativa privada (através da Lei Rouanet) para dirigi-los ao evento. À comissão, Marcelino garantiu que o Fig 2016 terá dez dias em sua programação oficial.

“Garanhuns pode ficar tranquila, o Fig 2016 terá sim os dez dias. Nós vamos surpreender com inovações este ano. Agora, é preciso dizer que Festival de Inverno em sua amplitude não se prende a um único pólo. Ele (o Festival) é vasto, e por isso ocorre de forma alternativa por toda a cidade, onde são contemplados, teatro, música, dança, cinema, oficinas, entre outros. Apesar de enxugada, de acordo com o que será captado pela iniciativa privada, formataremos um grande Festival”, frisou à comissão, o secretário. 

       Marcelino não confirmou, mas diante do que extraímos, ainda que extraoficialmente, caso a praça mestre dominguinhos perca dois dias no enxugamento; outro pólo, a exemplo dos que são instalados no Parque Euclides Dourado, podem vir a receber shows, que em tempo, tenham o mesmo peso e visibilidade dos nacionais, sempre inseridos na praça Mestre Dominguinhos, onde é instalado o palco principal do mega evento.
.

De acordo com informações repassadas pelo Prefeito Izaías em algumas emissoras de rádio, além de alguns veículos de comunicação na cidade, estariam reservados apenas R$ 3,5 milhões de reais pelo orçamento estadual para o Fig deste ano. Falando pouco sobre o assunto, o Secretário não confirmou a informação, mas pontuou que muito dependerá de uma união de recursos. “Tudo depende da união entre o montante capitado, do reservado pelo orçamento e das propostas que habilitaremos, através da convocatória nacional que está em fase final, para daí sim concebermos esta edição”, frisou.

Na comitiva, recebida na Fundarpe, estiveram, o presidente da comissão , Mário Faustino, o maçom e articulador Político, Ricardo Noronha, o acadêmico de engenharia, John Capitó, o assessor parlamentar direto do Deputado Estadual Claudiano Martins, Saulo Malta, o jornalista, editor deste blog, Gidi Santos e o advogado; três vezes secretário de pastas distintas em Garanhuns, Alexandre Marinho, hoje atuando na assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Apesar de não estar presente, já que cumpria agenda na cidade de Itaíba, no Agreste, o Deputado estadual Claudiano Martins, líder do PP na Assembleia Legislativa, fez questão de apoiar à Comissão, e em especial ao maior evento fomentador cultural e econômico do Agreste Meridional de Pernambuco, o Festival de Inverno de Garanhuns. Claudiano manteve contato telefônico com o Secretário de Cultura, Macelino Granja, solicitando por parte dele e do Governo de Pernambuco, uma maior atenção e sensibilidade quanto ao formato do evento em 2016.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário