quinta-feira, 23 de junho de 2016

Prefeitura de Garanhuns lança Revista Prestação de Contas

 A revista, que apresenta dados desde 2013 até os primeiros meses de 2016, aborda ações e serviços
realizados em todos os setores públicos de Garanhuns. (Secom - PMG / Fotos Aquiles Soares)

A revista de prestação de contas da Prefeitura de Garanhuns referente aos anos 2013, 2014, 2015 e até os primeiros meses de 2016 foi lançada oficialmente na noite dessa quarta-feira (22). O evento, realizado na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), contou com a presença de profissionais da imprensa, vereadores, empresários do município, secretários e demais servidores municipais, além do prefeito Izaías Régis. A revista, que apresenta dados desde 2013 até os primeiros meses de 2016, aborda ações e serviços realizados em todos os setores públicos de Garanhuns, como educação, saúde, obras, desenvolvimento econômico e cultura, por exemplo.

        Para a secretária de Comunicação Social, Jacqueline Menezes, a finalização desse trabalho é uma conquista de toda a gestão. “A população de Garanhuns está sentindo a concretização do trabalho representado resumidamente nessa revista. E isso tudo é fruto de um trabalho de toda a equipe do Governo Municipal. Nós, enquanto comunicação, nos esforçamos muito para selecionar os destaques de todos esses anos de trabalho. Agradeço a parceria de todos os profissionais da imprensa que colaboram conosco nessa divulgação”.

O Prefeito Izaías que compôs a mesa fez uso da fala. “Essa revista mostra a nossa preocupação de colocar sobre a mesa tudo para o cidadão. E como Mere falou, eu sou apaixonado por essa cidade. E fico alegre em dizer que essa revista não está completa. Temos muita coisa realizada que não tivemos espaço para incluir nesse documento, mas é algo que todos perceberam que a cidade mudou. Isso porque a prefeitura não é minha casa, nem meu negócio, eu sou um servidor de Garanhuns e sou pago para servir ao município. E a gente tem uma equipe que deu resultado, uma equipe que se engajou no projeto, então o resultado não poderia ser diferente”, ressaltou Izaías Régis.
.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário