sábado, 11 de junho de 2016

Governador vistoria obras da Adutora do Rio São Francisco. Projeto semelhante é defendido por Mário Faustino para Garanhuns

Governador Paulo Câmara acompanhou o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho em 
vistoria a estação de bombeamento do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

O governador Paulo Câmara acompanhou, nesta sexta-feira (10.06), o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, que veio ao Estado conferir o andamento das obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco. A vistoria contemplou a Estação de Bombeamento 1 (EB-1), que integra o Eixo Norte do projeto, situada em Cabrobó, município do Sertão do São Francisco. O chefe do Executivo estadual defendeu a celeridade da conclusão das adutoras como caminho efetivo para que as águas do "Velho Chico" cheguem até a casa dos pernambucanos que sofrem com a seca.

"É uma obra muito importante para a resolução definitiva dos problemas hídricos do nosso Estado. Os dois canais da Transposição estão quase prontos e, em breve, a gente deve ter eles em pleno funcionamento. Agora, o nosso desafio é fazer com que a água chegue na casa das pessoas. Estamos conversando com o ministro, no sentido de acelerar as obras das adutoras e a água chegar tanto no Sertão, quanto no Agreste pernambucano", destacou o governador.

Entregue em 2015 pelo Governo Federal, a EB-1 é a primeira elevatória do Eixo Norte. A estrutura bombeia a água do Rio São Francisco por 51,6 km até a segunda estação (EB-2) desse eixo, também situada em Cabrobó. Cada bomba da EB-1 tem capacidade para elevar a água do nível do rio em até 36 metros. A vazão é de 12,4 metros cúbicos por segundo. O ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, ressaltou a parceria com Pernambuco. "Nós estamos, junto com o Governo do Estado, avançando para que se garanta a funcionalidade e o acesso ao abastecimento de água para população", explicou. 

Para Garanhuns, uma obra semelhante vem sendo viabilizada pelo empresário e ex-vereador Mário Faustino, do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Semana passada, Faustino (foto abaixo de branco) esteve com com o Diretor Estadual de Articulação e Meio Ambiente da Companhia Pernambucana de Saneamento Básico (Compesa), Aldo Santos. Com Aldo, Mário tratou sobre um pedido de sua autoria, para que a adutora Garanhuns/Jucati, que interligará a rede de Jucati com o sistema de abastecimento de Garanhuns, possa levar água há algumas áreas rurais aqui do município, caso por exemplo de São Vicente, Papa Terra, Povoado Cachoeirinha do Francisco e o distrito de São Pedro.

De acordo com Faustino, o projeto da estatal prevê que a estrutura da adutora, passará necessariamente por essas comunidades, o que torna o pedido viável, de baixo custo e de alto benefício àquela áreas rurais. Quanto as barragens que alimentarão a adutora, são elas: a de Inhumas, que comporta ao total quase 8 milhões de metros cúbicos, e está atualmente com 4 milhões e 400 mil; 55% de sua capacidade, e a do Cajueiro (Mundaú II - imagem acima), que pode estocar 19 milhões de metros cúbicos de água, sendo que nos dias de hoje, 75% de sua capacidade está preenchida, cerca de 14 milhões e 600 mil metros cúbicos de água.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário