segunda-feira, 20 de junho de 2016

MPF e o Ranking Nacional da Transparência do Agreste Meridional

Resultado da 2ª avaliação do Ranking Nacional da Transparência colocou nas quatro
primeiras posições, pela ordem: as cidades de Garanhuns, Bom Conselho, Saloá e Caetés.

A segunda Avaliação do Ranking Nacional da Transparência, estudo realizado pelo Ministério Público Federal foi divulgada na última quarta-feira, 8 de junho. O estudo baseado em um questionário desenvolvido pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Enccla), avalia Portais da Transparência no que se refere ao grau de cumprimento de leis referentes à transparência no Brasil, numa escala definida pelo MPF, que vai de zero a dez. Dos 26 municípios da Região Agreste Meridional, 9 não alcançaram a média de pontos estabelecida pelo MPF (5,15). Apesar disso, o resultado apresentado pelo Ministério Publico Federal no inicio do mês promoveu profundas mudanças. 

        É o caso, por exemplo de Garanhuns, governada pelo Prefeito Izaías que aparece na primeira posição no Agreste Meridional com 8,6 pontos e 120,5% de percentual de evolução. Bom Conselho, do Prefeito Danilo Godoy, do PSB, é a 2ª no Agreste Meridional com nota 8,5. Saloá, do Prefeito Ricardo Alves, o popular Ricardinho, saltou da nota 3,6 em dezembro do ano passado para 8,3 agora em junho e com isso ocupa a 3ª posição. Caetés, do sorridente Prefeito Armando Duarte, manteve a nota obtida ano passado (7,4); ficou estagnada na evolução percentual, mas é a 4ª colocada. Águas Belas, que tem como chefe do executivo, Genivaldo Menezes, aparece na 5ª posição, já que sua nota é 6,8.

     Angelim, do boa praça, Prefeito Marco Calado é a 6ª colocada. Apesar de boa colocação, a cidade regrediu em percentual 16,3%, vez que em dezembro sua nota foi de 8,0 e agora de 6,7. Iati, do Prefeito Padre Jorge, tem 6,7 pontos e é 7ª colocada. Lajedo do Prefeito Delegado de Polícia Rossine Blesmany ocupa a 8ª posição também com 6,7 pontos. A pequena Jucati (de pouco mais de 11 mil habitantes), que tem como Prefeito, Gerson Henrique de Melo, do PTB aparece na 9ª colocação, apesar de ter caído da nota 7,7 ano passado para 6,5 agora. Canhotinho, do Deputado Estadual Álvaro Porto, fecha a lista dos dez melhores municípios do agreste. A cidade é a 10ª colocada, saindo da desagradável nota 0 ano passado, para 6,3 este ano.
.
.
.

Confira, abaixo, as posições que as outras 
          cidades do Agreste Meridional ocupam.

11ª Colocada: Correntes – Prefeito: Edmílson da Bahia – Nota: 6,2
12ª Colocada: Calçado – Prefeito: Zé Elias – Nota: 6,1
13ª Colocada: Tupanatinga – Prefeito: Manoel Tomé – Nota: 6,1
14ª Colocada: Paranatama – Prefeito: Zé Teixeira – Nota: 5,8
15ª Colocada: Terezinha – Prefeito: Alexandre Martins - Nota: 5,4
16ª Colocada: Buíque – Prefeito: Jonas Camelo - Nota: 5,3
.

17ª Colocada: Venturosa – Prefeito: Ernandes Bezerra - Nota: 5,3
18ª Colocada: Brejão – Prefeito:Ronaldo Ferreira – Nota: 4,5
19ª Colocada: Palmeirina – Prefeito: Renato Sarmento – Nota: 3,4
20ª Colocada: Capoeiras – Prefeita: Neide Reino – Nota: 2,6
.

21ª Colocada: Jupi – Prefeita: Celina Brito – Nota: 2,2
22ª Colocada: Lagoa do Ouro – Prefeito: Marquidoves Vieira 1,9
23ª Colocada: São João – Prefeito: Genaldi Zumba – Nota: 0,6
24ª Colocada: Itaíba – Prefeito: Juliano Martins – Nota 0,0
25ª Colocada: Jurema – Prefeito: Agnaldo Inácio – Nota: 0,0
          26ª Colocada: Pedra – Prefeito Zeca Vaz – Nota: 0,0

          Para acessar a 2ª  avaliação do
          Ranking Nacional da Transparência clique AQUI.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário