segunda-feira, 6 de junho de 2016

NO GOVERNO DE PERNAMBUCO: Mário Faustino solicita construção do Hospital Mestre Dominguinhos

“A vinda de Mário, reforça o desejo do Governador Paulo Câmara de oportunizar o acesso do povo 
de Garanhuns a um serviço de saúde de qualidade”, frisou o Secretário ao receber Faustino.

O Hospital Regional Mestre Dominguinhos, promessa de campanha do então candidato (2014), hoje Governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara, previsto para ser construído as margens da BR 423, desafogará, após sua construção, substancialmente o Hospital Regional Dom Moura, já que os atendimentos de alta complexidade realizados pela unidade serão transferidos para o novo hospital.

Trabalhando para que o hospital seja edificado, o empresário e ex vereador Mário Faustino, foi recebido semana passada na sede do Governo de Pernambuco, pelo Secretário Executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto (foto de óculos). A ida de Faustino ao Palácio do Campo das Princesas, foi no sentido de solicitar ao executivo estadual a construção do Hospital, dando o primeiro passo: pagando o terreno onde será abrigado a unidade de saúde.

Receptivo a solicitação de Mário, Canuto defendeu que é desejo do Governador Paulo Câmara executar a obra o mais breve possível, garantindo ainda que, apesar do custo de manutenção mensal de um hospital do porte, do que em breve, será erguido em Garanhuns, ser alto; uma aliança tripartite, pode ser a saída, já que neste caso, município, estado e o Governo Federal custeariam o funcionamento do hospital em igual.

“A vinda de Mário, reforça o desejo do Governador Paulo Câmara de oportunizar o acesso do povo de Garanhuns a um serviço de saúde de qualidade. Apesar de vivermos um momento turbulento na economia nacional, o governador em breve, com a capacidade de gestão que tem, dará andamento necessário a edificação do Mestre Dominguinhos. Uma saída, é o município, o estado e a união pactuarem uma aliança para garantir os recursos necessários ao funcionamento do hospital”, frisou Canuto.

NOVA ADUTORA GARANHUNS/JUCATI

.

No mesmo dia em que esteve com o Secretário Executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, Faustino também esteve com o Diretor Estadual de Articulação e Meio Ambiente da Companhia Pernambucana de Saneamento Básico (Compesa), Aldo Santos. Com Aldo, Mário tratou sobre outro pedido de sua autoria. É que Faustino trabalha para que a adutora Garanhuns/Jucati, que interligará a rede de Jucati com o sistema de abastecimento de Garanhuns, possa levar água há algumas áreas rurais aqui do município, caso por exemplo de São Vicente, Papa Terra, Povoado Cachoeirinha do Francisco e distrito de São Pedro.

De acordo com Mário, o projeto da estatal prevê que a estrutura da adutora, passará necessariamente por essas comunidades, o que torna o pedido viável, de baixo custo e de alto benefício àquela áreas rurais. Quanto as barragens que alimentarão a adutora, são elas: a de Inhumas, que comporta ao total quase 8 milhões de metros cúbicos, e está atualmente com 4 milhões e 400 mil; 55% de sua capacidade, e a do Cajueiro (Mundaú II - imagem acima), que pode estocar 19 milhões de metros cúbicos de água, sendo que nos dias de hoje, 75% de sua capacidade está preenchida, cerca de 14 milhões e 600 mil.

Sobre a adutora, vale ressaltar ainda; ela é fruto de um compromisso firmado entre a Presidente afastada, Dilma Russeff, e o Governador Paulo Câmara. Além de Jucati, as cidades de Itaíba e Surubim, serão beneficiadas com obras adutoras, subsidiadas por cerca de 33 milhões de reais, obtidos através do Governador Paulo Câmara e do deputado Estadual, líder do PP na Assembleia Legislativa de Pernambuco, Claudiano Martins, o Kaká.

Para o caso de Jupi, a cidade receberá água a partir da barragem de Pau Ferro, localizada em Quipapá. Já Itaíba, receberá uma obra adutora que se encarregará de levar água a cerca de dez mil famílias, através do empenho de Claudiano.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário