sexta-feira, 10 de junho de 2016

Governador garante construção de Matadouro à Álvaro e a Rossine

Além da questão do matadouro, as limitações de abastecimento d´água dos municípios do 
Agreste foram tratados no encontro, acontecido no Palácio do Campo das Princesas.

O governador Paulo Câmara (PSB) se comprometeu a solucionar o problema que emperra a construção do matadouro de Lajedo, no Agreste Meridional. Garantiu que até segunda-feira (13) o Estado libera os recursos que faltam para a execução da obra. A informação foi dada pelo próprio governador durante audiência, realizada na tarde desta quinta-feira (09), com o secretário das Cidades, André de Paula, o deputado estadual Álvaro Porto e o prefeito de Lajedo, Rossine Blesmany.

O tema já esteve na pauta de reuniões com na Secretaria de Planejamento há cerca de dois meses. Com a resolução, Lajedo poderá contar com um matadouro construído dentro das normas sanitárias, sem representar risco à saúda da população. Além deste assunto, as limitações de abastecimento d´água dos municípios do Agreste foram tratados no encontro, acontecido no Palácio do Campo das Princesas. Em março, Paulo Câmara autorizou a realização de estudos para a construção das barragens nos rios Mundaú e Canhoto, nos municípios de Correntes e Canhotinho, respectivamente. As obras vão conter cheias e assegurarão o combate aos efeitos da estiagem na região. 

A preocupação com a escassez de água já tinha levado Álvaro Porto e Rossine Blesmany a se reunir com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, em março. Na ocasião, a companhia se comprometeu a incrementar bombeamento na barragem São Jacques - ação que aumentará a oferta de água para os lajedenses.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário