sexta-feira, 20 de maio de 2016

Servidores do Detran-Pernambuco decidem não entrar em greve

Após negociações, os servidores conseguiram o aumento de R$ 100 no vale alimentação
e aceitaram o reajuste de 12%, que foi enviado pelo Detran-PE. (JC Online)

Não vai ter greve. Esta foi a decisão dos servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) após assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (20), na sede do órgão, que fica no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. A categoria havia decidido, nessa quinta, fazer uma paralisação de advertência por 24h, mas resolveu aceitar o reajuste salarial de 12% oferecido pelo órgão. Com a decisão, as atividades voltam ao normal na próxima segunda-feira (23). 

"Resolvemos aceitar o reajuste de 12% e vamos dar até a próxima sexta-feira para que o governador sancione a lei e autorize o pagamento da folha extra", declarou Alexandre Bulhões, presidente do Sindicato dos Servidores do Detran-PE (Sindetran). A assembleia desta sexta foi convocada porque, segundo a categoria, o acordo firmado para a finalização da greve ocorrida entre os dias 4 de março e 7 de maio deste ano não havia sido cumprido.

Após negociações, os servidores conseguiram o aumento de R$ 100 no vale alimentação e aceitaram o reajuste de 12%, que foi enviado pelo Detran-PE nessa quinta para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A última greve dos servidores durou quase um mês e chegou a ser considerada ilegal pela Justiça de Pernambuco. Na época, foi estabelecida uma multa por dia em que a decisão não fosse cumprida, ale´m do bloqueio de R$ 2.320.000 da associação e do sindicato que representam a categoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário