terça-feira, 12 de abril de 2016

Reintegração de posse no Jardim Petrópolis é adiada após intervenção de Nelma ao MP e a Defensoria Pública

Com o adiamento da reintegração no Jardim Petrópolis, os moradores daquela 
comunidade ganham mais tempo no que concerne a abertura de frentes de negociações.

A reintegração de posse marcada para ocorrer nesta quarta-feira (13) na comunidade Jardim Petrópolis aqui em Garanhuns foi adiada. Após uma intervenção proposta pela vereadora Nelma Carvalho (PSB) ao Ministério Público de Pernambuco, Defensoria do Estado e ao Governo de Pernambuco, ficou definido que uma nova data será fixada para ação de despejo.

No final da tarde desta terça-feira (12), a parlamentar manteve contato com o Blog do Gidi Santos para repassar a informação oficialmente. De acordo com ela, com o adiamento da reintegração no Jardim Petrópolis, os moradores daquela comunidade ganham mais tempo no que concerne a abertura de novas frentes de negociações. O deputado federal Tadeu Alencar e o integrante da Casa Civil, Ivan Rodrigues, participaram dessas negociações e foram personagens determinantes na culminância do adiamento da reintegração, de acordo com Nelma.

Ao falar com exclusividade ao Blog do Gidi Santos, a parlamentar mencionou as doações que o prefeito Izaías tem promovido à empresas que pretendem instalar unidade/sede aqui na cidade. Disse que não é contra as doações, tão pouco contra a geração de empregos que estas podem promover, mas que os devidos pontos incoerentes devem ser analisados. Segundo Nelma, o Governo tem efetuado repetidas concessões, todavia sem evoluir nas negociações no âmbito do Jardim Petrópolis, aqui em Garanhuns. 

A vereadora se refere neste caso, a uma possível troca de terrenos, onde o reintegrado da posse, o Sr. Cícero Paulino recebesse um segundo, em troca do seu, para com isso os moradores daquela comunidade pudessem continuar na parte do loteamento Jardim Petrópolis requerido na justiça já com trânsito julgado. Como o Prefeito Izaías não tem se mostrado sensível a questão, já que em um momento crítico como este ele viajou a Brasília, coube a Nelma a defesa da população.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário