sábado, 9 de abril de 2016

NÃO TEM CRISE: Em Caruaru, no Agreste pernambucano, reajuste de 66% para vereadores agora é oficial

O projeto, em virtude da sanção tácita do prefeito José Queiroz, foi promulgado
pelo presidente da Casa, vereador Leonardo Chaves. (Blog da Foha)

A crise realmente passa muito distante da Câmara de Vereadores de Caruaru. Os edis fecharam o ciclo do reajuste nos salários para a próxima legislatura. O projeto foi publicado no Diário Oficial do município oficializando o vencimento de R$ 15 mil para cada um dos seus futuros ocupantes, um reajuste de 66%.

O projeto, em virtude da sanção tácita do prefeito José Queiroz, foi promulgado pelo presidente da Casa, vereador Leonardo Chaves.E por falar em presidente, o futuro comandante da Câmara de Caruaru terá direito a uma verba de representação de 60% do valor atribuído ao subsídio mensal do vereador., em virtude da “representatividade pública e institucional”.

A legislação determina que os reajuste nos parlamentos brasileiros só podem ser atribuídos para a legislatura seguinte. Geralmente os aumentos são concedidos no fim do ano, após o período eleitoral. Este ano, Gravatá tentou antecipar a discussão, mas abortou. Caruaru promoveu o reajuste de 66% e os vereadores do Recife, em virtude da grave crise pela qual o País atravessa decidiram não reajustar os salários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário