.

.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

EM RESPOSTA A SANDOVAL: “Não carrego comigo nenhuma ambição pessoal”, afirma Givaldo sore sua pré-candidatura

Ao longo da campanha, “seja quem for o candidato, é preciso união de todos, sem excluir ninguém. 
Quanto a mim, estarei a disposição da minha cidade”, afirma Givaldo Calado.

Diante das notícias no sentido de que o governador do estado, Paulo Câmara, já teria definido o nome do candidato a prefeito de Garanhuns, o Coordenador da Secretaria da Casa Civil do governo, emitiu nota oficial daquela Secretaria, que coordena a política do governo, dizendo que o governador tem procurado ouvir a população de Garanhuns, os partidos políticos de sua base de sustentação para, só aí, poder enunciar o tão esperado nome da Frente Popular que irá disputar as eleições para prefeito da cidade.

A referida nota foi entregue ao ex-vereador e empresário Givaldo Calado de Freitas, no Palácio das Princesas, pelo Subsecretário da Casa Civil, Marcelo Canuto. Ao ler a nota, o ex-vereador cobriu de elogio o seu subscritor, Sandoval Cadengue, e fez informar ao Subsecretário que ainda esta semana manteria contato com Sandoval para agradecer os elogios a ele dispensado, sobretudo quando diz que “Givaldo é um importante quadro da Frente Popular de Garanhuns”.

Givaldo tem referido aos amigos e aos partidos da Frente Popular de Pernambuco, que tem como líder maior o governador Paulo Câmara que é “preciso unir todos os companheiros, sem excluir ninguém, e contar com a vontade política de nossos líderes maiores, para podermos ter, em Garanhuns, um governo alinhado com eles - governador, deputados...” Givaldo ainda pondera: “temos que ter projetos para nossa cidade. Projetos sem paternidades. Projetos que todos subscrevam para se tornarem, realmente, factíveis”.

Ao longo da campanha, “seja quem for o candidato, é preciso união de todos. E uma campanha em alto astral. Exaltando a nossa cidade e a nossa gente, como se já tivéssemos dando a volta por cima” - arremata. “Quanto a mim, estarei à disposição de minha cidade, na medida em que todos estiverem unidos e focados no objetivo maior.”

Perguntado se vale a pena essa disputa, Calado de Freitas respondeu com os versos do poeta Fernando Pessoa: Tudo vale a pena/Quando a alma não é pequena. “E a minha alma não é pequena. Sobretudo quando se trata de Garanhuns. E Garanhuns me conhece”, disse. E finaliza: “Não carrego comigo nenhuma ambição pessoal”. Mas estarei, no entanto, firme na possível dimensão da unidade de todos, se meu nome for o escolhido por todos.

Da Assessoria de Givaldo Calado

Nenhum comentário:

Postar um comentário