segunda-feira, 18 de abril de 2016

BRUNO ARAÚJO: Deputado pernambucano que deu o 342° voto pelo impeachment de Dilma é citado na Operação Lava Jato

Advogado de formação, Araújo, de 44 anos, está em seu terceiro mandato como
deputado federal.( Fonte: Portal Metrópolis de Notícias – Foto: www.plantaobrasil.net)

O 342º voto a favor do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara foi dado pelo deputado federal Bruno Araújo, do PSDB de Pernambuco, às 23h06 deste domingo (17/4). O tucano teve o nome citado na lista de pagamentos feitos pela Odebrecht, relevada após busca e apreensão feita pela Operação Lava Jato em março deste ano. A menção ao nome do tucano é referente às duas campanhas eleitorais, ocorridas nos anos de 2010 e 212. 

       O deputado, contudo, diz que se trataram de doações oficiais, sendo as de 2010 para sua campanha para deputado federal e as de 2012, referentes a valores recebidos por PSDB e repassados “oficialmente” a candidaturas a prefeito em Pernambuco.

Advogado de formação, Araújo, de 44 anos, está em seu terceiro mandato como deputado federal. Ele ganhou projeção como parlamentar no ano passado, quando se tornou líder da oposição na Câmara. Seu primeiro cargo relevante na política foi de deputado estadual. Em 1998, aos 26 anos, ele foi eleito pelo PSDB o deputado mais jovem de Pernambucano, com mais de 34 mil votos. 

       “Quanta honra o destino me reservou de poder, da minha voz, sair o grito da esperança de milhões de brasileiros. Pernambuco nunca faltou ao Brasil, carrego comigo nossas histórias de luta pela liberdade e pela democracia. Por isso, vivo ao Brasil, sim, pelo futuro”, declarou o deputado na Câmara ao anunciar seu voto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário