.

.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

ÁGUA E EDUCAÇÃO PARA O AGRESTE: Em Belo Jardim, Paulo entrega Escola Técnica e libera R$ 1,9 milhão para sistema adutor

Nova ETE será composta por seis blocos interligados, com auditório, biblioteca, 
bloco de serviços, quadra e um bloco pedagógico e administrativo. (Secretaria de Imprensa-PE)

O governador do estado Paulo Câmara inaugurou, na manhã desta sexta-feira (01.04), no município de Belo Jardim, no Agreste, a 32° unidade de ensino profissionalizante de Pernambuco. A Escola Técnica Estadual (ETE) Edson Mororó Moura recebeu um investimento de R$ 8,7 milhões e tem capacidade para atender 1.080 alunos. Além do aporte feito pelo Governo, o ginásio recebeu R$ 600 mil do Grupo Moura para estruturação de laboratórios. O acordo consolidou mais uma importante ação integrada entre a administração pública e o setor privado. Além de beneficiar a população do município, o prédio vai receber estudantes de outras seis cidades da região.

Composta por seis blocos interligados, a escola conta com auditório, biblioteca, bloco de serviços, quadra e um bloco pedagógico e administrativo composto por 12 salas de aula e oito laboratórios. Dos 1.080 estudantes, 540 estão matriculados na modalidade integral e 540 na subsequente. Além dos habitantes do município, a ETE Edson Mororó Moura vai favorecer as cidades Tacaimbó, Água Fria, Sanharó, Pesqueira, Fazenda Nova e Brejo da Madre de Deus e os povoados de Serra do Vento e Mutuca, ambos em Belo Jardim.

Os cursos ofertados são de Desenvolvimento de Sistemas e Administração, na modalidade Integral; e Química e Rede de Computadores, para os estudantes que já concluíram o Ensino Médio. A partir de agosto, estarão disponíveis as formações em EAD nas áreas de Recursos Humanos, Logística, Administração, Informática e Segurança do Trabalho. O secretário estadual de Educação, Frederico Amâncio, disse que o Estado terá, no fim da gestão de Paulo Câmara, 46 unidades técnicas. O auxiliar do governador lembrou que antes do Governo Eduardo Campos eram apenas seis escolas do perfil. "Esse investimento na ampliação da rede profissionalizante representa um investimento no futuro do Estado", completou o Secretário Frederico Amâncio.

MAIS ÁGUA PARA O AGRESTE – Após visitar as instalações da unidade e descerrar a placa inaugural, o governador assinou a ordem de serviço para a implantação do Sistema Adutor, a partir da Barragem de Tabocas, que fica próxima ao Distrito de Serra dos Ventos, em Belo Jardim. A partir de um aporte de R$ 1,9 milhão, o Governo, através da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), vai reforçar o abastecimento de água para 70 mil habitantes da região.

A obra, que será finalizada dentro de seis meses, será mais um complemento ao Sistema Integrado de Belo Jardim. A barragem possui capacidade para acumular 1,2 milhão de metros cúbicos e atualmente está com 75% do seu volume total. Belo Jardim é abastecida pelas barragens de Bituri e Pedro Moura, que se encontram em colapso. Diante disso, essa intervenção vem para suprir uma demanda da região que sofre com uma seca há cinco anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário