sexta-feira, 29 de abril de 2016

GARANHUNS: Dupla tentativa de homicídio praticada na Cohab II

No momento, de acordo com o Agreste violento, as vítimas, Renato Marques da Silva 
Marcelo Ferreira de Lima encontram-se sob cuidados médicos. (Agreste Violento)

De acordo com informações extraídas do Plantão Policial do Portal Agreste Violento, aqui de Garanhuns, dois homens foram alvejados a bala na noite desta última quinta-feira, 28 de abril aqui na cidade. A dupla tentativa de homicídio aconteceu no bairro da Cohab II, na Rua Professor Elias Laporte. As vítimas foram identificadas como, Renato Marques da Silva, 28 anos e Marcelo Ferreira de Lima de 37.

Segundo informações, Renato foi alvejado pelos disparos de arma de fogo ainda não identificada na perna e Marcelo nas nádegas. Ambos, de acordo com Agreste Violento, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros para emergência do Hospital Regional Dom Moura, numa ação rápida realizada pela unidade de Resgate do CBMPE. No momento, ainda de acordo com o Agreste violento, Renato e Marcelo encontram-se sob cuidados médicos no HRDM.
.

PASSE LIVRE: Sivaldo propõe emenda, mas izaías e Câmara vetam ajuda a classe estudantil de Garanhuns em 2016

Segundo o líder da oposição na Câmara, com o veto, Izaías fez vista grossa à questão, abrindo apenas 
o orçamento do Governo municipal em 2016, um valor de apenas R$ 50 mil reais à classe.

O prefeito izaías Régis Neto (PTB) e a Câmara de Vereadores de Garanhuns vetaram emenda proposta pelo Vereador Sivaldo Albino (PPS), cujo objetivo era disponibilizar cerca de R$ 600 mil reais a classe estudantil da cidade, através implantação do programa Passe Livre. Em agosto de 2013, Albino solicitou por meio de requerimento que esse valor fosse dirigido ao programa, numa intervenção, onde a prefeitura se utilizaria de parte do montante repassado pelo Governo Federal, via Fundo Especial dos Royalties.

Em 2015 a Prefeitura de Garanhuns recebeu do Fundo o valor de R$ 489.670,29. Apesar disso, o Prefeito Izaías insiste em não acolher as emendas ao orçamento da oposição, que por sinal, partem de pedidos comuns às inúmeras classes, neste caso a estudantil, representada no parlamento pelo requerimento de Albino.

Segundo o líder da oposição na Câmara, o vereador Sivaldo Albino, Izaías fez vista grossa à questão, abrindo apenas o orçamento do Governo municipal, da Secretaria de Educação e Esportes em 2016, um valor de apenas R$ 50 mil reais, o que acordo com ele, não enseja um subsídio capaz de viabilizar a execução na prática, do Programa Passe livre, algo que remete uma significativa perda a classe estudantil da cidade.

Dos que atualmente compõe a bancada Governista de Garanhuns (9), apenas um vereador (neste caso, vereadora), não registrou seu voto (Carla de Zé de Vilaço), enquanto que os outros (8), Audálio Filho, Alcindo Correia, Gersinho Filho, Gil PM, Silvio Sabino, Luzia da Saúde, Zaqueu Naum e o líder do Governo, Haroldo Vicente, votaram a favor do veto de Izaías, contrariando a emenda de Sivaldo e deixando míseros R$ 50 mil reais disponíveis ao Passe Livre em 2016.

Cláudio Taveira, Sivaldo Albino, e a vice líder da oposição na, Câmara Nelma Carvalho, votaram a favor dos estudantes de Garanhuns. “Infelizmente falta compromisso desse Governo de Garanhuns também com os Estudantes de nossa Cidade. Será que é essa a cidade que agente quer?”, detonou Albino em sua conta no Facebook.
.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

NA BRONCA: Vereadores de oposição contestam Izaías e afirmam que seguirão fiscalizando ações sob suspeita do Prefeito

Vereadores oposicionistas vem fiscalizando ações sob suspeita do Prefeito Izaías e tem com 
frequência levado denúncias as Promotorias de Justiça do Ministério Público de Pernambuco, em Garanhuns

Os vereadores da base de oposição em Garanhuns, Nelma Carvalho (PSB), Sivaldo Albino (PPS), Paulo Leal (PSB) e Cláudio Taveira (PDT), estão na “bronca” com o Prefeito Izaías Régis (PTB). Semana passada, dias antes da 3ª edição do Festival Viva Dominguinhos, Izaías esteve em uma rádio local concedendo entrevista e disparou acusações ferrenhas aos parlamentares.

Na conta dos legisladores, Régis depositou a suposta responsabilidade de este ano não efetuar contratação de novas bandas para se apresentarem no Festival de Inverno de Garanhuns. Na oportunidade, o chefe do executivo também ensaiou uma reivindicação ao sempre competente titular da segunda Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do MP aqui em Garanhuns, o Dr. Domingos Sávio Pereira Agra, ao questionar sobre o andamento do inquérito Civil que investiga o caso de possível superfaturamento em shows do Fig em 2015, que envolve a cantora Ana Carolina e a banda Capital Inicial.

Segundo Régis, o Governo Municipal não irá contratar atrações com recursos dos cofres públicos este ano, caso a Promotoria de Justiça não analise, ou mesmo arquive a denúncia apresentada pelos vereadores da oposição. Para Izaías, Cláudio Taveira, Nelma Carvalho, Paulo Leal e Sivaldo Albino, serão os responsáveis pela não contratação de novas atrações em 2016, já que de acordo com ele, os legisladores “inventaram”, “montaram” a denúncia com intuito de lesar o Fig.

    “Nós queremos que o Promotor diga se encontrou superfaturamento para encaminhar logo para a Justiça, para que nós possamos responder e nos defender. E se não encontrou que arquive. Ele (o Promotor) tem que dar a resposta! Porque se ele não der a resposta, eu não vou contratar para o Festival de Inverno! Então os Vereadores de Garanhuns (da oposição) vão prejudicar o Festival de Inverno!”, frisou Izaías na entrevista.

O Dr. Domingos Sávio (foto ao lado), que com excelência vem conduzindo os trabalhos afrente da segunda promotoria, respondeu Izaías com a seriedade e serenidade de sempre. Disse que o andamento das investigações a cerca do Inquérito Civil instaurado no dia 6 outubro, cujo objetivo é investigar o possível superfaturamento em shows do Fig em 2015, segue normalmente, e que a posição do Governante Garanhuense não alterará o curso natural dos trabalhos.
.

Já a bancada de oposição na Câmara anda fumaçando, fazendo careta e mordendo a língua pelas declarações de Régis. É que segundo a assessoria dos vereadores, o prefeito deveria solicitar mais celeridade no processo vem sendo tramitado em segredo, através da Justiça Federal, que visa elucidar denúncias de desvio de dinheiro público promovido pelo grupo político de Izaías na época em que este conduzia a Aciagam. Através de uma nota oficial enviada à imprensa da cidade, a bancada de oposição afirma que foi procurada pela população com alguns indícios de superfaturamento em shows do Fig e que diante disso encaminhou os documentos ao Ministério Público.

          A nota segue dizendo que a Prefeitura ainda não apresentou a documentação que comprove a contratação sem superfaturamento do show da cantora Ana Carolina e que o prefeito, a época deputado (2009), se utilizou desse mesmo expediente, ameaçando não mais realizar os shows promovidos pela ACIAGAM na cidade de Caetés, tentando desqualificar as denúncias naquele momento apresentadas pelo ex-prefeito da cidade, Sampainho. Ao final, a assessoria dos vereadores menciona que os parlamentares seguirão fiscalizando as ações sob suspeita promovidas pelo Prefeito Izaías e sua gestão, já que isso é uma legítima atuação constitucional atribuída a eles. Confira, abaixo, na íntegra, a nota.
.

“Vimos através desta contestar as palavras do Prefeito Izaias Régis onde acusa os Vereadores da Oposição de prejudicar o Festival de Inverno. Primeiro: Nós recebemos durante a realização do Festival de Inverno de 2015 uma vasta documentação onde mostra INDÍCIO DE SUPERFATURAMENTO em shows contratados pela Prefeitura de Garanhuns, diante disso encaminhamos os documentos para o Ministério Público solicitando que o mesmo apurasse os fatos, o que vem ocorrendo através do Inquérito nº 94/2015. 

Segundo: a Prefeitura na época da denúncia se pronunciou e negou as irregularidades, inclusive apresentando documentação, o que não é verdade! A Prefeitura apresentou documentação com relação à Banda Capital Inicial e até o momento não apresentou documentação em relação à apresentação de Ana Carolina.

Terceiro:  O Prefeito cobra ao Ministério Público celeridade na apuração desse inquérito dos shows, mas deveria usar as mesmas cobranças a outros inquéritos existentes no Ministério Público, a exemplo da Licitação do Jazz de 2014, da Derrubada dos Eucaliptos no Parque Euclides Dourado, das Gratificações a Cargos Comissionados e de Pessoas que não trabalham, da Utilização de Passagens Aéreas pagas pela Prefeitura, como também deveria pedir a publicação da sentença do caso dos Shows da ACIAGAM que Tramita em segredo na Justiça Federal.

Em 2009 o então deputado Izaias Régis reuniu a imprensa e usou desse mesmo expediente ameaçando não realizar mais os shows da ACIAGAM numa forma de intimidar a desqualificar as denúncias naquele momento apresentadas pelo ex-prefeito de caetés Sampainho que acusou o então deputado Izaias Regis de não repassar recursos para shows do São João em caetés que estavam sendo repassado pela ACIAGAM, como também de superfaturar shows de alguns artistas naquele ano. 

         Diante disso, o Ministério Público Federal apurou os fatos e encontrou diversas irregularidades, como por exemplo a Banda Balanço Bom ter recebido o cachê de apenas R$ 800,00 mas na prestação de contas da ACIAGAM ao Ministério do Turismo constar R$ 33.400,00. Outra Banda, a “Dema do Forró” recebeu o cachê de R$ 1.000,00 mas na Prestação de Contas ao Ministério do Turismo a ACIAGAM colocou R$ 34.000,00.

São fatos como esses que ocorreram na ACIAGAM através desse Grupo Político que hoje administra a Prefeitura de Garanhuns  que devemos ficar atentos, para que a Prefeitura não se torne uma segunda ACIAGAM. Reafirmamos nosso compromisso e o dever constitucional de fiscalizar a aplicação dos recursos públicos em defesa da população.

Vereadores
Sivaldo Albino,
Nelma Carvalho,
Claudio Taveira e
          Paulo Leal”.

Aplicativo irá permitir denúncias pelo celular nas eleições 2016

Com o “SAC MPF”, o usuário poderá denunciar irregularidades como abuso de poder
político ou econômico, compra de votos e propaganda irregular, dentre outras

Nas eleições municipais de 2016, qualquer cidadão poderá usar o celular para fazer denúncias em tempo real e, ainda, solicitar informações sobre processos ou sobre a atuação do Ministério Público Federal (MPF). Com o aplicativo gratuito “SAC MPF”, o usuário poderá denunciar irregularidades como abuso de poder político ou econômico, compra de votos e propaganda irregular, dentre outras. A instituição espera que a ferramenta seja bastante utilizada nas eleições, principalmente nas cidades do interior, onde geralmente o cidadão encontra dificuldade para se reportar às Procuradorias ou a Justiça Eleitoral.

O aplicativo foi desenvolvido pelo setor de tecnologia do MPF e pode ser utilizado para enviar denúncias a respeito de todas as áreas de atuação do órgão, como: combate à corrupção; direitos do cidadão ou do consumidor; patrimônio público e social; meio ambiente; patrimônio cultural, dentre outras. Para utilizar o serviço, o usuário deve cadastrar a manifestação por meio de um formulário simples, com um relato da solicitação, sendo possível anexar documentos, fotos, áudios ou vídeos de até 12 MB para melhor identificar a situação descrita.

As demandas enviadas através do aplicativo são direcionadas à Sala de Atendimento ao Cidadão do MPF e, caso se tratem de temas eleitorais, serão remetidas às respectivas Procuradorias Regionais Eleitorais, para distribuição aos Promotores Eleitorais atuantes nos municípios, que apurarão os fatos e adotarão as medidas cabíveis. 

         Faça o download do aplicativo para android clicando AQUI.

FINANCIAL TIMES: “PE é eleito o 4º melhor estado da América do Sul na estratégia de atração de investimentos”

Além desta quarta colocação, Pernambuco ficou em quinto lugar na subcategoria
“Eficácia de Custo”, uma das cinco que compõem o ranking principal.

Pernambuco foi eleito pela revista inglesa FDI Magazine, do grupo Financial Times, como o quarto melhor estado no estímulo ao investimento estrangeiro direto. O levantamento “South American States of the Future 2016/17” avaliou 28 localidades da América do Sul, na categoria “Escolha do Editor”, em que o estado pernambucano ficou atrás apenas do Paraná, de Bogotá (Colômbia) e de São Paulo. Nesta classificação, a publicação considerou as estratégias na promoção dos estados para atrair grupos estrangeiros.

Além desta quarta colocação, Pernambuco ficou em quinto lugar na subcategoria “Eficácia de Custo”, uma das cinco que compõem o ranking principal, no qual São Paulo foi o vencedor em meio a 133 estados analisados. Na subcategoria, foram observados aspectos como custos de construção, combustível, energia e hospedagem, além da média salarial e impostos. À frente de Pernambuco ficaram Guayas (Equador), Lima (Peru), Maranhão e Goiás.

“Essa confirmação do trabalho que estamos fazendo em Pernambuco, por meio do estudo do ‘Financial Times’, mostra que o nosso Estado está no caminho certo. Estabelecemos uma relação de transparência, diálogo e confiança com os nossos parceiros privados, aqueles que já estão em Pernambuco e pretendem ampliar suas operações e aqueles que estão chegando para gerar emprego e renda. E essa estratégia bem sucedida, mesmo nesse momento de crise nacional, vem dando seus frutos, com um desenvolvimento sustentável e descentralizado”, destacou o governador Paulo Câmara. 

Entre 2007 e 2015, foram atraídos R$ 20,2 bilhões em investimentos, com geração de 82.418 postos de trabalho, segundo dados do Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic). Em 2016, já foram aprovados incentivos fiscais para 20 projetos industriais, com investimentos de R$ 242,6 milhões e geração de 775 empregos. 

No Condic são aprovados benefícios fiscais que contemplam atividades industriais, importadores atacadistas e centrais de distribuição com crédito presumido de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), por meio do Programa de Desenvolvimento de Pernambuco (Prodepe). Quanto maior a distância da Região Metropolitana do Recife (RMR), maior o incentivo concedido ao grupo empresarial.

PM e Bombeiro aceitam proposta do Governo e não farão greve

Categoria ficou mobilizada durante todo o dia - Foto: Giovana Torreão/JC Imagem

Após um dia inteiro de negociação com o Governo do Estado, os policiais e bombeiros militares decidiram, na noite desta quarta-feira (27), não decretar greve em Pernambuco. Em assembleia na Praça da República, área central do Recife, foi colocada em votação uma proposta de reajuste na gratificação da categoria. A negociação, que contou com cinco representantes da classe, foi realizada na sede da Secretaria de Administração, no bairro do Pina, Zona Sul da capital.

A segunda proposta oferecida aumenta de R$ 350 para R$ 400 os fixos mensais de auxílio-transporte para os praças e para R$ 600 a ajuda de custo do transporte para os oficiais, ativos e inativos. Os policiais também irão receber, anualmente, R$ 750 de auxílio-uniforme. Os pagamentos serão realizados a partir de junho.

Dentro da proposta estava ainda a realização de concurso para preencher 300 vagas de soldados no Corpo de Bombeiros e para 80 oficiais, sendo 60 policiais militares e 20 dos bombeiros. A promessa é que outro concurso também com 80 vagas para oficiais seja realizado em 2018.

Além disso, o Código Disciplinar será revisto e cursos de habilitação de cabos e formação de sargento serão abertos ainda neste ano, bem como uma seleção interna para o curso de formação de oficiais da administração. Também ficou acordada a não majoração da alíquota da Funafin e investimentos e regularização de débitos no Sistema de Saúde dos Militares de Pernambuco (Sismepe).

"Também conseguimos que, as promoções que só iriam acontecer 2018, sejam feitas em 2016 e 2017. Ainda não é tudo que precisamos e queremos, mas demos uma lição para a sociedade que podemos buscar uma valorização", diz Alberisson Carlos, presidente da Associação de Cabos e Soldados. Segundo ele, a reivindicação pelo aumento salarial será realizada em 2018.

Para que o acordo fosse selado, foram necessárias duas rodadas de negociação. Inicialmente, por volta das 20h, a comissão que representa a categoria havia chegado a um entendimento com o Governo, mas os policiais e bombeiros militares, não. A proposta inicial oferecia R$ 750 anuais de auxílio-uniforme pagos a partir de junho e R$ 350 fixos mensais de auxílio-transporte, também a partir de julho. Com o desfecho das negociações, tanto os policiais quanto os bombeiros militares continuarão as atividades normalmente.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Sábado (30) é dia de vacinação contra Influenza A H1N1 no Brasil

Além das Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), a mobilização acontece também
No Espaço Colunata e na Praça da Fonte Luminosa. (Secom – PMG)

A 18ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, lançada pelo Ministério da Saúde, realiza o Dia D no próximo sábado (30), numa mobilização nacional. Em Garanhuns, além da imunização estar disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), o dia de mobilização acontecerá também no Espaço Colunata, no centro da cidade, e na Praça Souto Filho, conhecida popularmente como Praça da Fonte Luminosa, das 8h às 17h. A campanha segue até o dia 20 de maio.

O público-alvo da campanha nacional deste ano são crianças entre seis meses e menos cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, mulheres em período pós parto, profissionais da área da saúde, povos indígenas, pessoas com 60 anos de idade ou mais, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, além de pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e pessoas com outras condições clínicas especiais, como diabéticos e obesos.

O objetivo da vacina é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrente das infecções pelo vírus da Influenza, na população-alvo para a vacinação. A vacina é segura e é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe. De acordo com o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalização por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

APELO: Álvaro Porto quer restauração do Parque de Exposição de Garanhuns e retomada da feira agropecuária na cidade

O apelo de autoria de Porto ressalta que a exposição é "a maior do Agreste Meridional e que o fim da 
feira de animais prejudica a pecuária, o comércio e o turismo da cidade de Garanhuns.

A Assembleia Legislativa aprovou o apelo feito pelo deputado estadual Álvaro Porto (PSD) ao governador Paulo Câmara, ao secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, e ao prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, em favor da recuperação do Parque de Exposição Senador Paulo Guerra e a consequente retomada exposição de animais no município. O evento, segundo o deputado, é vital para a economia de todo Agreste Meridional uma vez que movimenta e incrementa negócios de toda a cadeia produtiva da bacia leiteira. 

Já publicada no Diário Oficial do Estado, a indicação de autoria de Porto ressalta que a exposição é "a maior do Agreste Meridional, envolvendo não só municípios de Pernambuco, mas de estados de Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte", aspecto que atesta a relevância do evento. 

A feira reunia mais de cento e cinquenta expositores, contava mais de dois mil animais expostos e costumava atrair milhares de visitantes. Há cerca de cinco anos deixou de ser realizada, o que vem acarretando danos não só para pecuária, mas também para o turismo e o comércio de toda a região. De acordo com a justificativa apresentada pelo deputado, atualmente a área do parque de exposição está completamente abandonada, servindo apenas para abrigar os cavalos da Polícia Militar e para um restaurante privado. 

"Sem a realização da exposição de animais a população e os criadores da bacia leiteira do Agreste Meridional, uma das mais importantes do Estado de Pernambuco, que impulsiona a economia local, gerando milhares de empregos, ficam sem um evento de fomento às suas atividades". A expectativa agora é que o Governo do Estado e a Prefeitura de Garanhuns somem esforços para que o parque seja restaurado e exposição volte a ser realizada.
.

CORRIDA ELEITORAL: PTdoB/Garanhuns reúne cinco ex-vereadores para dar musculatura a busca por uma vaga na Câmara

Os ex-vereadores, Geraldo Lucena, Augusto Acioli, Geovane com Amor, Eraldo Caxiado 
e Júnior Negrão estarão na disputa em 2016 por uma vaga na Câmara pelo PTdoB.

Cinco ex-vereadores de Garanhuns estão filiados e devem disputar as eleições de outubro através do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), visando obter novamente assento no Parlamento local. A reunião do partido em torno desses cinco nomes objetiva dar musculatura a busca por uma vaga na Câmara em 2016. O deputado Federal, “Lulista” declarado, defensor ferrenho do Governo Dilma Rousseff e líder dos trabalhistas em Pernambuco, Silvio Costa, já deu seu aval e garantiu em off aos pré-candidatos, que todos farão parte de uma investida ousada que será empreendia pela primeira vez no município.

Os ex-vereadores de Garanhuns, Geraldo Lucena, Augusto Acioli, Geovane com Amor, Eraldo Caxiado e Júnior Negrão, estarão na disputa. Internamente, de acordo com o PTdoB, estes pré-candidatos vem sendo trabalhados para concorrerem em condições de paridade, o que de acordo com o presidente da legenda no município, o Major Lucena, poderá acarretar na eleição de dois pleiteantes. Apesar de investir nos experientes, os petebistas também trabalharão os recém chegados.

“Decidimos acolher novos candidatos e uni-los a nossa experiência tanto de Câmara, quanto de campanha. O cenário político exige adaptação. Contudo o PTdoB sempre trabalha uma via para que todos, sem exceção, tenham condições de disputar as eleições proporcionais de vereador em outubro, de forma paritária. Nossa perspectiva é que possamos fazer ao final da soma dos votos, pelo menos dois vereadores, considerando que estes podem ser eleitos com menos de mil votos”, defendeu Lucena em conversa exclusiva com o Blog do Gidi Santos.

O presidente do PTdoB é dissidente do Partido Verde (PV). Saiu de lá por uma indisposição da executiva estadual, onde os partidários de Garanhuns foram preteridos à outros, que de acordo com Lucena, não contribuíam efetivamente ao desenvolvimento com sustentabilidade em Garanhuns ou Região Agreste Meridional. Apesar de corroborar o apoio a candidatura do Atual Prefeito Izaías Régis Neto (PTB) à reeleição, Lucena e seu bloco atuam de forma independente, razão pela qual não devem coligar com o PTB de Régis em outubro na chamada "eleição proporcional" onde figuram as candidaturas dos vereadores.

Sobre o PTdoB, ele é um partido organizado por dissidentes do PTB em 1989. Seu número eleitoral é o 70 e seu registro definitivo foi obtido no ano de 1994. Desde 1990 os trabalhistas disputam as eleições brasileiras, utilizando como símbolo um coração. Atualmente no país, o partido possui 19 Deputados Estaduais, 26 prefeitos, 36 vice-prefeitos e 536 vereadores. Segundo dados do TSE, o PTdoB conta atualmente com cerca de 170 mil filiados espalhados por todo o Brasil.

AO GOVERNO DO ESTADO: Mário Faustino e grupo de empresários reivindicam construção do Hospital Mestre Dominguinhos

Nessa labuta (a de pagar o terreno e de erguer o hospital), Faustino não está sozinho. Ele
conta com um grupo de empresários garanhuenses solidários a questão.

O empresário e ex-vereador de Garanhuns Mário Faustino (no centro da foto) é mesmo combativo, um verdadeiro aguerrido por sua cidade. Não bastasse suas três legislaturas como parlamentar, exercendo inclusive a presidência da Câmara, ele ainda gera emprego e renda, através de suas empresas instaladas aqui no município. Inquieto com as questões políticas sociais, Faustino é hoje, além de filiado, um dos membros da comissão do PSB/Garanhuns, o que lhe garante maior representatividade junto ao Governo e ao Governador Paulo Câmara.

Promessa de campanha, do á época, candidato, hoje Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, o Hospital Regional Mestre Dominguinhos, previsto para ser construído as margens da BR 423, está na mira de reivindicações de Mário. É que de acordo com ele, o terreno que servirá de espaço à construção ainda não foi pago. Em razão disso ele tem empreendido algumas visitas ao articulador para o Agreste da Casa Civil, Sandoval Cadengue, bem como ao titular da pasta, Antônio Figueira.

As visitas, sempre no sentido de encontrar uma resolução para a questão, vem ocorrendo com frequência e segundo Mário tendem a um desfecho favorável, já que o Governo do estado tem colocado a saúde como prioridade nesses primeiros dois anos de gestão Paulo Câmara. A unidade de saúde, que será de abrangência regional, foi uma das primeiras promessas do governador em 2013. Segundo ele, a obra não foi iniciada por conta da crise que grassa o país. 

"Estamos em uma situação de contenção de recursos onde a prioridade é cuidar dos hospitais já existentes, mas tão logo a situação melhore, retomaremos com o projeto de construir o Hospital Mestre Dominguinhos em Garanhuns. Como medida paliativa, o Hospital Dom Moura vai receber novos profissionais de saúde que trarão uma melhoria na qualidade do serviço", disse o governador em recente entrevista.
.

Nessa labuta (a de pagar o terreno e erguer o hospital), Faustino não está sozinho. Ele conta com um grupo de empresários garanhuenses solidários a questão. Desde 2013, quando o estado era gerido pelo então Governador e candidato a Presidência da República, Eduardo Campos, Mário já atuava numa frente de negociações, cujo objetivo era a implantação do Hospital aqui na cidade. Segundo o governo do estado, a obra, após conclusão, ocupará uma área construída de 12 mil metros quadrados e atenderá as emergências adulto e pediátrica. 106 leitos estarão disponíveis e ainda de acordo com o Governo de Pernambuco, um bloco cirúrgico, bem como o serviço de atenção de enfermaria serão oferecidos.

     Segundo a gestão Paulo Câmara, serão colocadas em prática, após a construção do hospital, ações que visam humanizar e aproximar o serviço de saúde para a população mais carente, especialmente a do interior, a exemplo dos programas: Doutor Chegou, com mutirões de cirurgias, consultas e exames; Medicamento em Casa, que levará o remédio aos domicílios de pacientes com mobilidade comprometida; e a ampliação do Pernambuco Conduz. Com a construção do "Mestre Dominguinhos", a cidade e a região Agreste ganham em potencial no atendimento médico de saúde, já que na unidade serão contempladas as demandas de alta complexidade, desafogando assim, o Hospital Regional Dom Moura, que ficará dedicado aos casos de baixa complexidade.

Cirlene Leite vai acumular pasta da Juventude em Garanhuns

A partir de agora e até fim das eleições de 2016, Cirlene Leite estará cumulando a pasta de 
Juventude com a de Cultura comandada por ela no Governo Municipal de Garanhuns.

A portaria de n° 704/2016, publicada no Diário Oficial dos Municípios/Amupe, designa a atual secretária de Cultura Cirlene Leite da Silva, como ocupante interina da pasta de Juventude. O ex-secretário da Juventude, Pedro Passos, pediu recentemente exoneração do cargo para concorrer a uma vaga no Poder Legislativo nas eleições deste ano.

Cirlene, que é formada em Comunicação Social (habilitação Jornalismo) pela Universidade Metodista – IMES – São Bernardo do Campo – SP, passou pelas redações da TV Pernambuco, TV Jornal e Rede Globo Nordeste, também tendo atuação na área de Assessoria de Comunicação com passagem pelo Clube Náutico Capibaribe, Prefeitura do Recife e Secretaria de Cultura de Pernambuco/Fundarpe – Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco.

A partir de agora e até fim das eleições Cirlene estará cumulando a pasta de Juventude do Governo Municipal de Garanhuns. Afrente da Secretaria de Cultura, Cirlene vem executando desde 2014 as edições do Festival Viva Dominguinhos, o Projeto Roda de Sanfona, bem como ações de incentivo a cultura local.

NO MÊS DE ABRIL: Deputado João Eudes vem a Garanhuns e fortalece a pré-candidatura a Prefeito de “Walter da Celpe”

Pré-candidato a Prefeito de Garanhuns pelo PDT, “Walter da Celpe”, correligionário do 
deputado estadual João Eudes, foi o anfitrião da visita, ocorrida no mês de abril

O Deputado estadual pelo Partido Republicano Progressista (PRP),  João Eudes, que por duas ocasiões foi Prefeito da cidade de Pesqueira, esteve em Garanhuns neste mês de abril. A visita proposta desde março, protagonizou o fortalecimento da pré-candidatura a Prefeito do engenheiro e empresário do ramo elétrico Walter Couto, o popular “Walter da Celpe”, além de avolumar musculatura a “chapinha”, que vem sendo formada através da coligação defendida por Walter, onde o PRP e PDT serão os protagonistas.

Recentemente, numa ofensiva cujo objetivo era defender a coligação, Couto acabou migrando da presidência do PRP para a do Partido Democrático Trabalhista (PDT), cuja liderança e presidência no estado é exercida pelo deputado federal Wolney Queiroz. Com a ida de Walter para o PDT, assumiu a presidência do PRP em Garanhuns o Pré Candidato a Vereador Carlos Alberto de Oliveira.

No segundo sábado de abril, o PDT/Garanhuns realizou o “Agenda 12”. A cohab II, um dos maiores redutos eleitorais da cidade foi o primeiro bairro escolhido pelo partido, que promoveu na ocasião uma palestra para filiados e lideranças sobre legislação e marketing eleitoral. Outro tema debatido no Agenda 12 foi o Programa de Governo do Partido, neste caso, do pré-candidato Walter Couto, que contempla ações de educação, cultura, saúde, segurança, ações sociais, geração de emprego e renda, turismo e agricultura.

Também no Agenda 12 o Deputado João Eudes falou sobre seus projetos para o Agreste Meridional, de sua participação na presidência da Comissão da Água da Assembleia Legislativa e ainda reservou tempo para mencionar a parceria que objetiva viabilizar mais de 250 cirurgias de cataratas para pessoas carentes. Com isso João Eudes e Walter vem montando aos poucos seus redutos e lideranças em Garanhuns, a exemplo da Cohab II, que nesta primeira reunião fez contar a presença de cerca de cem pessoas.
.

terça-feira, 26 de abril de 2016

SENADO FEDERAL: Instalada Comissão Especial do Impeachment contra a Presidenta Dilma Rousseff

A reunião começou com discussões entre a oposição e os governistas, que não aceitavam
o senador mineiro Antônio Anastasia (PSDB-MG) na relatoria. (Agência Senado)

A comissão especial que vai analisar a admissibilidade do processo de impeachment contra a presidente da República, Dilma Rousseff, foi instalada nesta terça-feira (26) no Senado. O senador Raimundo Lira (PMDB-PB), indicado pelo PMDB, foi eleito por aclamação presidente da Comissão Especial do Impeachment e Antonio Anastasia (PSDB-MG) foi eleito relator.

Durante a reunião, os integrantes aprovaram o calendário apresentado por Anastasia, que prevê a apresentação do relatório no dia 4 de maio e a votação do texto em 6 de maio. Nesta quinta-feira (28), será ouvida a acusação. Na sexta-feira (29), ouve-se a defesa da presidente. Em discurso de posse, Raimundo Lira agradeceu a confiança dos demais senadores e pediu a todos tranquilidade ao longo do trabalho na comissão.

Após ser eleito por 16 votos contra 5, Anastasia prometeu serenidade e responsabilidade. O parlamentar também assegurou atuar de modo democrático e negou ter sido secretário-executivo de Miguel Reale Júnior, um dos autores da iniciativa de impeachment. “Será um trabalho de grave responsabilidade e de muito equilíbrio para que possamos concluir nos prazos devidos”, afirmou Anastasia.

REAÇÃO AO RELATOR:

A reunião começou com discussões entre a oposição e os governistas, que não aceitavam o senador mineiro na relatoria. Eles apresentaram na noite de segunda-feira (26) duas questões de ordem alegando que faltaria ao parlamentar a isenção necessária ao cargo. Os pedidos foram indeferidos pelo presidente Raimundo Lira, sob alegação de que nem Anastasia, nem o PSDB são autores da denúncia contra a presidente Dilma Rousseff. Insatisfeitas com o resultado, as senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Gleisi Hoffmann (PT-PR) apresentaram recurso, que foi vencido em Plenário.

Vanessa também apresentou uma terceira questão de ordem, alegando que o advogado Flávio Henrique Costa Pereira, filiado ao PSDB, deveria ser incluído entre os autores da denúncia de impeachment, ao lado dos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal. O senador Cássio Cunha Lima rebateu, afirmando que Pereira assinou a peça inicial apenas como advogado dos juristas e não como autor. Ele disse que o questionamento era apenas uma medida protelatória dos governistas, uma “chicana jurídica” para atrapalhar o trabalho da comissão.

ESTADO DE ALERTA: Com ameaça de greve da PM, Governo de Pernambuco deve convocar Força Nacional

A última greve da PM de Pernambuco aconteceu em maio de 2014. Foram três dias de terror com 
registros de arrastões, vandalismo, saques e aumento no número de homicídios. (Ronda JC)

Em reunião na Secretaria de Defesa Social (SDS), nesta segunda-feira (25), comandantes dos batalhões da Polícia Militar foram informados que o Governo do Estado já traçou a estratégia caso a greve seja deflagrada na próxima quarta-feira. O governador Paulo Câmara já teria solicitado apoio da Força Nacional – repetindo medida adotada pelo ex-governador João Lyra Neto, na greve de maio de 2014. Apesar da pressão por conta do aumento da violência, o Governo não deve ceder ao pleito dos militares, que pedem reajuste salarial de 16,5%.

De acordo com o presidente da Associação de Praças, Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (Aspra), José Roberto Vieira, há dois anos a categoria não tem reajuste salarial. Por isso, com base na inflação dos anos de 2014 e de 2015, foi solicitada a correção de 18,5% nos salários. “Também estamos pedindo ao Governo que forneça equipamentos de qualidade para que o policial possa trabalhar com segurança”, afirmou.

Na quarta-feira à tarde, acontece mais uma rodada de negociações entre representantes das associações de militares e com o Governo do Estado. Deputados estaduais também estão acompanhando as negociações. Uma passeata dos policiais e bombeiros também está prevista para o mesmo horário seguindo pelo Centro do Recife até o Palácio do Campo das Princesas, onde podem decidir pela greve caso as reivindicações não sejam aceitas ao menos parcialmente.

A última greve da PM aconteceu em maio de 2014. Foram três dias de terror com registros de arrastões, vandalismo, saques a estabelecimentos comerciais e aumento no número de homicídios.

Presidente do Tribunal de Contas visita 4ª Inspetoria em Garanhuns

IRGA recebeu a visita do Presidente Carlos Porto para discutir os problemas da unidade.

A Inspetoria Regional de Garanhuns foi a quarta do interior a receber a visita do presidente do TCE, conselheiro Carlos Porto, para explicar as diretrizes da nova gestão e as medidas de contenção de gastos que estão sendo tomadas para manter o equilíbrio fiscal da Instituição. O corte de gratificações e a redução de outras despesas deverão resultar numa economia de aproximadamente R$ 19 milhões, disse ele.

O inspetor regional Hermógenes Melo deu as boas vindas ao presidente e agradeceu a presença dele na IRGA para discutir com os servidores os problemas da unidade. “Aqui não vai qualquer crítica às gestões anteriores, mas uma das prioridades desta gestão é aproximar a sede das Inspetorias, que deverão ser fortalecidas pelo atual presidente, e não esvaziadas como alguns erroneamente supõem”, emendou Glória Galiza, diretora do Departamento de Controle Municipal (DCM) e uma das expositoras no evento.

As palavras dela foram endossadas pelo presidente, para quem não há intenção de fechar inspetorias e sim fortalecê-las, dada a importância da interiorização do TCE para ficar mais próximo dos municípios e, consequentemente, inibir o desvio dos recursos públicos.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

BOM PARA TODOS: Paulo Câmara libera recursos para solucionar problemas com abastecimento d’água em Garanhuns

Comissão do PSB/Garanhuns esteve já no mês de outubro de 2015 junto aos secretários 
Antônio Figueira e Ivan Rodrigues para sanar as demandas no abastecimento d’água na cidade.

A cidade de Garanhuns sofre de forma congênere a outros municípios, com problemas relacionados a água, ou com a falta dela, por assim. No que se refere a terra da Garoa, a adversidade não tem relação, ao menos por hora, com a ausência do líquido precioso, já que de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), choveu no município durante os quatro primeiros meses de 2016, algo acima do esperado. O último boletim de monitoramento dos reservatórios pernambucanos divulgado pela agência confirma isso. As barragens da bacia hidrográfica do Rio Mundaú, que servem ao abastecimento da cidade, aparecem em situação equilibrada e no que concerne ao volume acumulado vão muito bem obrigado.

A situação é confortável. O nosso maior reservatório, a barragem do Cajueiro, (Mundaú II), - que pode estocar 19 milhões de metros cúbicos de água, está com 75%  de sua capacidade preenchida, cerca de 14 milhões e 600 mil. Inhumas, que é bem menor e que comporta ao total, quase 8 milhões de metros cúbicos, está com 4 milhões e 400 mil, o que em percentual, equivale dizer que 55% dela está ocupada.

Já a Mundaú 1, tem capacidade de cerca de 2 milhões de metros cúbicos, sendo que atualmente, está pela “proa” (100% ocupada). Onde estaria, então, o problema da água em Garanhuns? De acordo com o Gerente Regional da Companhia Pernambucana de Saneamento Básico (Compesa), Igor Galindo: nas insistentes avarias de peças hidráulicas responsáveis pelo bombeamento. Segundo Igor, o sistema de água Cajueiro (Mundaú II) sofre constantemente com a quebra de bombas em duas estações, o que em real, tem inteira e frequentemente prejudicado a população.
.

Diante do quadro uma comissão do Partido Socialista Brasileiro, PSB/Garanhuns encaminhou uma reivindicação direta ao Governo e ao Governador Paulo Câmara no mês de outubro do ano Passado. Recentemente, a comissão (foto 1), formada por Mário Faustino, Willian Taveira, Julio César Sampaio, Antônio Vaz de Coelho, vereador Paulo Leal, Nivaldo Azevedo, além do empresário do ramo de avicultura no estado, Edival Veras, foi recebida no Palácio do Campo das Princesas, em Recife. Lá o atual secretário da Casa Civil, Antônio Figueira junto ao Dr. Ivan Rodrigues foram os anfitriões, encaminhando ao Governador Paulo Câmara, a intervenção promovida pelo PSB local.

Com a investida, o Governador  tornou-se sensível a questão, liberando no início deste mês de abril, uma ordem de recursos para a compra imediata de quatro bombas que servirão a população; tão logo sejam trocadas pelas que indefinidamente insistem em quebrar. Até o final de junho, de acordo com o Gerente Regional da Compesa, Igor Galindo, essas novas bombas serão instaladas, algo que colocará fim, de forma pragmática, as constantes interrupções de fornecimento de água na cidade das flores.

Distrito de São Pedro: Com problemas mesmo está a população de São Pedro, distrito de Garanhuns. É que a barragem da Cajarana, que abastece aquela população está em estado de colapso, dado que o último boletim da APAC afirma que zero é o percentual de água acumulada. Nesse contexto, aparece o empresário e ex-vereador Mário Faustino (foto acima de branco), que remeteu pedido a Casa Civil, para que a adutora Garanhuns/Jucati, leve água aquela localidade. Além São Pedro, outras regiões devem ser contempladas com o pedido de Faustino, a exemplo de São Vicente, Sítio Papa Terra e Povoado Cachoeirinha do Francisco.

Articulador da Casa Civil para o Agreste, Sandoval Cadengue, Dr. Bartolomeu Quidute e 
empresário do ramo de avicultura Edival Veras, todos do PSB/Garanhuns

FRENTE POPULAR DE GARANHUNS: Bartolomeu poderá enfrentar Izaías nas eleições de outubro

Com a retirada das pré-candidatura de Nivaldo Azevedo (PSB) e Sivaldo Albino (PPS) o nome do 
médico Ginecologista Bartolomeu Quidute começou a ganhar força nas costuras políticas.

A “Frente Popular de Garanhuns”, grupo político remanescente da Frente Popular de Pernambuco, cujo líder maior é o Governador do Estado Paulo Câmara, trabalha para unificar uma decisão junto aos quase 20 partidos, com relação a escolha de um nome em âmbito local para disputar as eleições de outubro frente ao atual Prefeito, Izaías Régis Neto (PTB). Com a retirada da pré-candidatura do Médico Veterinário e Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco em Garanhuns (UFRPE), o Dr. Nivaldo Azevedo, bem como a do líder da oposição na Câmara, o vereador Sivaldo Albino (PPS), um nome, há muito conhecido dos garanhuenses, começou a ganhar força nas mais recentes costuras políticas.

Falamos do ex-Prefeito e médico Ginecologista Bartolomeu Magno Souto Quidute, que atualmente não exerce mandato eletivo, ou mesmo está lotado em cargo governamental. Bartô, como é popularmente conhecido, foi procurado pelo Governo do Estado de Pernambuco, segundo nossas fontes. Um interlocutor do primeiro escalão de Paulo Câmara teria  conversado com Quidute. A ideia: convencer o ex-chefe do executivo a ser candidato da oposição, frente ao atual Prefeito Izaías. Como atualmente, Bartô está filiado ao PSB de Câmara e não há definição por parte do Governo do Estado quanto a união em torno de um único nome, a possibilidade da candidatura se tornar real é encarada por muitos como natural.

Um indicativo positivo (que pode somar), é o fato do médico Ginecologista ter sido Prefeito entre os anos de 1993 e 1996, diga-se de passagem, vencendo uma eleição que ninguém ousaria dizer que seria dele. É que naquela época, todos davam como certa a vitória do Dr. José Tinôco, que na ocasião era apoiado pelo então Prefeito e bem avaliado, Ivo Amaral, que a exemplo de Izaías atualmente, contava com um exército de pessoas militando ao seu lado e dispunha da máquina governamental para aparelhar o financiamento de sua candidatura a majoritária.
.

Em 2016 o cenário conjuntural é significativamente equivalente, ao passo que diretamente distinto, já que ambos foram prefeitos e claro, cada um com seu percentual, goza de certo desgaste político. Bartô por ficar marcado por uma gestão protecionista, favorecendo os “seus” e Izaías, por implantar o chamado asfalto ”sonrisal”, que por sua vez rompe frequentemente nas mais diversas ruas da cidade, por doar inúmeros terrenos sem que, efetivamente, haja com essas doações, a geração de emprego e renda prometida, além de manter no “cabresto”, através de barganhas, a Câmara Municipal de Vereadores.

Há sem dúvidas o desgaste de ambas as partes. Contudo o Governador Paulo Câmara e seu alto escalão, parecem acreditar na real possibilidade, onde Quidute candidato a Prefeito, possa desbancar o “amplo favoritismo de Régis”. Vai precisar de um excelente marqueteiro, um amplo aparelhamento do estado, além da outorga do PSB local, do assentimento da “Frente” e do abono da população, para daí, ganhar legitimidade a corrida eleitoral de outubro e começar sua árdua caminhada.

Falamos com alguns alguns líderes, presidentes e filiados a partidos da “Frente” aqui em Garanhuns. Uma coisa ficou evidente: de fato, o nome do ex-Prefeito vem sendo trabalhado e indicado com mais contundência para assumir a disputa pelo PSB. Nos bastidores, há quem diga que tudo já estaria fechado, porém há o bloco que afirma que não, defendendo inclusive um nome do seu partido, caso do PSDB, que quer Ivan Júnior, PDT, que trabalha Walter Couto, Dem, que vem projetando Claudomira, Rede que deseja ter Joacir Laurindo na disputa e o próprio PP que escalou Givaldo Calado.

De certeza, temos a vinda esta semana do atual Secretário da Casa Civil, Antônio Figueira e do Chefe de Gabinete do Governador Paulo Câmara, João Campos a Garanhuns, para uma reunião cujo objetivo é definir esse nome. O Local não foi divulgado, tudo isso para manter até o último momento resguardado o nome definido, já que o Governo acredita que o fato do candidato da oposição ser colocado ao público precipitadamente acarretará num desgaste antecipado. Apesar de toda vigia em torno do nome, não se surpreendam se este for Bartolomeu Magno Souto Quidute, o Bartô.
.