sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

HOSPITAL DOM MOURA inicia cirurgias por vídeolaparoscopia


Com informações da Assessoria HRDM
Fotos: Divulgação

O Hospital Regional Dom Moura é dos primeiros do interior do Nordeste a oferecer cirurgias por Videolaparoscopia na Rede SUS. Desde outubro do ano passado, os pacientes dos 21 municípios que integram a Regional de Saúde já contam com cirurgias eletivas.

       Segundo o diretor do Hospital, Luiz Melo (foto ao lado), atualmente estão sendo realizados procedimentos nas áreas de cirurgia geral, cirurgia do aparelho digestivo e urologia. Procedimentos como colecistectomia, que é a cirurgia de cálculo na vesícula, que tem uma elevada demanda, vêm sendo realizada de forma convencional e por videolaparoscopia, e em breve estarão sendo realizadas as ressecções transuretrais da próstata, que são as cirurgias por vídeo para próstata aumentada de volume. A previsão inicial é realizar em torno de 40 cirurgias mensais. "Trata-se de um grande avanço para a saúde regional. Com o equipamento de vídeo, somos o primeiro hospital da Rede SUS na região com esta opção", Melo.

FLUXO DO PACIENTE ATÉ A CIRURGIA – De acordo com informações do Médico Cirurgião Geral e do Aparelho Digestivo, Alysson Amaury, foi criado na rede SUS um fluxo para o paciente chegar até as cirurgias por Videolaparoscopia no Hospital Dom Moura.

“O Paciente é encaminhado pelo médico do PSF à secretaria de saúde municipal, sendo direcionado ao ambulatório de cirurgia através da central de regulação da V GERES. Uma vez avaliado ambulatorialmente pelo especialista, são realizados exames complementares e agendada a cirurgia. O paciente é operado, acompanhado na enfermaria e posteriormente no ambulatório de regresso, recebendo alta e redirecionado a unidade de saúde básica de origem”, pontua o Médico. Ainda segundo o Doutor Alysson, a cirurgia videolaparoscópica apresenta uma série de vantagens ao paciente: menor tempo de internação, tempo de recuperação mais rápido, com retorno precoce as atividades profissionais, menores riscos de complicações e esteticamente melhor, uma vez que não há necessidade de grandes cortes.

Além do médico Alysson Amaury, profissionais como a Drª Cínthia Sarmento (Cirurgiã Geral e do Aparelho Digestivo); Dr. Marcos André (Urologista); Dr. Guilherme Agra (Urologista); Dr. Fabiano Pontes (Urologista), além de dois médicos-anestesistas, enfermeira-gerente, enfermeiros-plantonistas, instrumentadores, técnicos de enfermagem, técnico da sala de recuperação e pós-anestésico, integram a equipe que realiza as cirurgias eletivas no bloco cirúrgico do Hospital Regional Dom Moura.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário