quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

EM DEZEMBRO O NATAL, EM FEVEREIRO NÃO TEM Garanhuns Jazz Festival


Com informações do
JC Online – Fotos: Internet

Essa é para quem estava lamentando o fim da oportunidade de sair da muvuca do Recife e de Olinda e curtir um bom jazz, blues, soul e MPB no Carnaval. A primeira edição do Gravatá Jazz Festival foi confirmada para os dias 6, 7, 8 e 9 de fevereiro, com produção e curadoria de Giovanni Papaléo.

A decisão foi tomada na noite desta terça-feira, após uma reunião com o secretário de Turismo, Felipe Carreras, e o interventor do município, coronel Mário Cavalcanti, após o prefeitura de Garanhuns, Izaías Régis, desistir de realizar a oitava edição do festival, que já estava consolidado e do apelo de mais de dez mil pessoas que curtiram o grupo Queremos o Garanhuns Jazz Festival.

Os detalhes do Gravatá Jazz Festival devem ser conhecidos hoje à tarde, durante uma coletiva no município. A articulação para a realização do evento começou ainda antes do anúncio do cancelamento da prefeitura de Garanhuns. Empresários principalmente do setor do turismo imediatamente apoiaram a iniciativa, como uma alternativa para enfrentar a crise econômica e elevar o índice de ocupação hoteleira durante o Carnaval. O orçamento do festival será mais enxuto, mas o curador Giovanni Papaléo promete manter a qualidade que fez o sucesso do Garanhuns Jazz Festival.


Nas redes sociais muitas pessoas continuam a manifestar suas 
       opiniões sobre o fim do Garanhuns Jazz Festival.
Confira algumas delas:

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ATÉ QUANDO GARANHUNS SERÁ A TERRA DO JÁ TEVE?

     Até quando Garanhuns será a terra do "já teve"? Até quando teremos políticos ACÉFALOS que não compreendem a importância de se alavancar a cultura, a educação de um povo? Acredito, que como eu, muita gente está INDIGNADA! Quanta estupidez, tornar possível o fim de um evento da magnitude do Garanhuns Jazz Festival que há quase uma década alçou Garanhuns no mapa mundial das seletas cidades detentoras de um festival de jazz e blues. Diga-se de passagem, o hoje o nosso festival está no rol dos três maiores do país!

Está mais do que na hora de Garanhuns ser governada por um filho legítimo, que ame a cidade, que tenha consciência do valor histórico, cultural e educacional desta linda, mas mal gerenciada terra.  Não é possível que a governança atual, não tenha se sensibilizado com a enorme repercussão, local, estadual, nacional e internacional pelo fim do evento na cidade. Só tenho a lamentar profundamente a burrice cometida pelo atual prefeito.

Quero desde já, exaltar o nome deste guerreiro que ama Garanhuns e viu o potencial da cidade para um evento desta magnitude. o DILETO Giovanni Papaleo. Pessoa da mais refinada sensibilidade artística e musical que acreditou em Garanhuns e valorizou o seu povo com tão magnífico evento musical.

Espero que Gravatá possa aproveitar da melhor forma a ida do nosso Jazz e que saiba valorizar aqueles que acreditam no seu potencial. Garanhuns mais uma vez saí perdendo. Luto!

Célio Cavalcanti

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

PESQUISAS? O BICHO COMEU!!!
       
   Pesquisas foram feitas e não condizem com a realidade. Uma delas: O Natal Luz movimenta o comércio mais que o Festival de Jazz. Claro e óbvio pois é final de ano com Natal Luz ou sem Natal Luz a população vai as compras ENTÃO É NATAL e o que vocês acham! No Festival de Jazz o Comércio de Garanhuns é fechado. Cadê a pesquisa da Rede Hoteleira? Pesquisa sem Fundamentos. 

Pesquisa com os músicos (Artistas) de Garanhuns que assinaram uma Pesquisa declarando que o Festival não os valorizam cadê essa Pesquisa? Esse foi o festival que mais valorizou os músicos (Artistas) de Garanhuns, esse sim é um fato comprovado. Se existe está lista ela só pode ter sido assinado pelos músicos (Artistas) que trabalham na prefeitura e se assinaram só pode ter sido sob ameaças de perderem o emprego.

Os valores orçamentários não combinam mesmo dentro da Prefeitura. Valores 800 mil, 600 mil enfim para à imprensa foi declarado 550 mil. Esse Festival em 2016 poderia ter sido feito com um orçamento de 200 mil reais. Sempre falava nos meus comentários: Não Será Melhor Sentar e Conversar. Não se teve diálogo. 

O que tivemos foi uma ação brusca do Governo Municipal. 

GARANHUNS PERDEU. O BICHO COMEU
          GRAVATÁ BEBEU A CULTURA QUE GARANHUNS ESQUECEU. 

Aguardem Programação Completa
TEXEIRA “Texas”: Músico e Produtor

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ESTUPIDEZ DO GOVERNO (DESCULPA PAPALÉO)

     Graças à estupidez com que o Garanhuns Jazz foi (des)tratado pela Prefeitura de Garanhuns, acabamos de perder nosso festival p/ Gravatá. No Carnaval de 2016, o mesmo terá o nome de Gravatá Jazz Festival. Como as boas ideias não ficam no vácuo, o festival que Garanhuns criou e que deu tanto espaço a músicos locais, nacionais e internacionais, foi para um lugar onde certamente terá mais apoio e respeito. Mais uma prova da mediocridade da atual gestão municipal.

Como garanhunense peço desculpas ao amigo Giovanni, que depois de concentrar tantos esforços na nossa cidade, recebeu, pela imprensa, a notícia de que seu festival teria sido riscado do seu mapa de eventos. Certamente, um governo que não representa os músicos que lá residem, nem tampouco os que gostam dos bons eventos culturais. Mil desculpas, caro Giovanni, e muito sucesso na sua nova empreitada.

Por Alexandre Marinho
Ex- Secretário de Desenvolvimento Econômico de Garanhuns
e um dos idealizadores do Garanhuns Jazz.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

                                                                            DIGITAIS DA DERROTA:

   Muito desolador ver a “marca” do Garanhuns Jazz Festival (GJF) estampando a cidade de Gravatá. Não porque esta cidade, que é “polo moveleiro”, não mereça ter um evento de tal porte. Mas sim porque mais uma vez sacraliza que nossa “Cidade das flores” ainda não conseguiu parir um evento pra chamar de seu e fazer dele sua vitrine, como o GJF bem caminharia pra isso.

Ah, o FIG: há muito que não temos mais rédeas sobre ele. Não tem conversa: a ida do Garanhuns Jazz para Gravatá tem as digitais da derrota para a “terra de Simoa”.

                                            Wagner Marques
                                                      Professor, escritor e ativista político

EM BREJÃO Márcia Felipe e Forró Pegado agitam FESTA DE REIS em 2016

Em janeiro cidade se transforma na “CAPITAL DA FOLIA DOS REIS”.

Numa realização da Prefeitura municipal e da Plok produção e eventos, vem aí a 112º tradicional Festa de Reis da cidade de Brejão, PE. O evento que trará em 2016 atrações nacionais, acontecerá na cidade entre os dias 4 e 5 de janeiro, movimentando, além de pessoas vindas das mais diversas cidades circo vizinhas, a economia local daquela cidade.

A “Folia dos Reis”, como também é conhecida a comemoração, trará já na segunda-feira, dia 4, Márcia Fellipe e Forró da Curtição. Já na terça, dia 5, (segundo e último dia de festa), sobe ao palco, o Forró Pegado, com a “pressão e vibe surreal do Pegador!”. Antes do “Forró Pegado”, Anthony César, artista da terra abre os trabalhos.

Empolgado com a realização do evento logo no início do ano, o prefeito Ronaldo Ferreira foi o primeiro a divulgar o evento, postando em seu perfil de uma rede social (facebook), toda a programação da festa. Ronaldo que no município tem um alto índice de aprovação, completa em dezembro seu terceiro ano de governo, avaliado por muitos como inovador.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 PREFEITO TAMBÉM COMEMORA POSIÇÃO HISTÓRICA CONQUISTADA 
PELO MUNICÍPIO NO ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL

       Semana passada o chefe do executivo da pequena, empreendedora e produtiva cidade comemorou uma marca conquistada com muito empenho pela gestão e a iniciativa privada local. É que Brejão obteve o melhor índice de desenvolvimento municipal da sua história segundo dados da FIRJAN ( Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro). A cidade saiu da posição 3193 em 2012 para 2454 em 2013, subindo desta forma incríveis 739 posições.

Já no que se refere ao ranking estadual o município subiu da 56º posição em 2012, para 27º colocação em 2013, avançando 29 posições em Pernambuco. Em termos de Agreste levando em consideração as regiões Central, Meridional e Setentrional, Brejão ocupa a 8ª colocação em meio a 71 municípios. Quando nos referimos apenas ao Agreste Meridional, o município de Brejão assume a 3ª colocação geral.

SAÚDE:

No fator Saúde em 2012 Brejão ocupava a posição de número 2844 nacional, e a 77º colocação estadual, em 2013 primeiro ano da atual gestão o município subiu para o posto de número 1872, e no que tange ao ranking estadual para 42º posição, o que corresponde a uma ascensão de 972 posições nacionalmente e 35 posições no estado. Passando de desenvolvimento moderado em 2012 com 0.7301, para alto desenvolvimento em 2013, totalizando 0.8083 pontos.

EDUCAÇÃO:

Com relação ao índice educacional o município em 2012 estava na 3783º colocação no ranking nacional, em termos de estado ocupava a 67º colocação, em 2013 o município subiu para 3698º nacionalmente, e 56º no ranking estadual, representando um crescimento em 85 posições conquistadas, já no que se refere ao índice estadual Brejão subiu 11 posições. Com os resultados o município passou de 0.6565 para 0.6924 em pontos educacionais gerais.

EMPREGO E RENDA:

No quesito Emprego e Renda, Brejão estava na 2612º colocação nacional, e na 59º colocação estadual, em 2013 o município subiu para a 1883º posição no ranking nacional e avançou para 36º no ranking pernambucano, o que representa um ganho de 729 posições nacionalmente e 23 em nível estadual, subindo o índice da categoria de 0.4799 em 2012 para 0.5285 em 2013, os números traduzem um aumento na criação de empregos e na melhoria da renda da população com a administração do prefeito Ronaldo Ferreira.


Programação oficial da 112ª Festa de Reis de Brejão!
Em 2016 marcando os 112 anos da Festa de Reis de Brejão, a emoção vem em dose dupla, e Brejão vai tremer! Dias 04 e 05 de janeiro as melhores atrações se encontrarão em praça pública para fazer a primeira e maior festa do ano! Na segunda dia 4, a noite é dela: Márcia Fellipe e Forró da Curtição, e abrindo a noite Forró de Verdade! Terça dia 5 a pressão continua com o som do Pegador! Trazendo a vibe surreal tem Forró Pegado, e abrindo a noite o filho da terra, Anthony César!A tradição que atravessa gerações!Realização: Prefeitura de Brejão, Compromisso com o Desenvolvimento!Produção: Plok Produções e Eventos
Posted by Prefeitura de Brejão on Quinta, 17 de dezembro de 2015




EM JANEIRO, salário mínimo será de R$ 871 reais


Com informações da
Radioagência Nacional – Imagem: Internet

A partir do dia 1º de janeiro, o salário mínimo passa para R$ 871. O reajuste representa um aumento de R$ 83 em relação ao atual valor. Em conversa com investidores nacionais e estrangeiros, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, garantiu que o governo não pretende mudar as regras do salário mínimo no curto prazo.

O Congresso Nacional já aprovou a norma que corrige o valor, com base no Índice Nacional do Consumidor Amplo (IPCA) do ano anterior mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todas as riquezas produzidas pelo país – dos dois anos anteriores. Essa regra vale do ano que vem até 2019.

GARANHUNS PERDEU: Com ajuda de Felipe Carreras, festival de jazz "de Garanhuns" será realizado em Gravatá, em 2016


Com informações do
Blog Do Jamildo – Fotos: Internet

Após a não renovação da parceria com a cidade de Garanhuns, o produtor do Jazz & Blues Festival, Giovanni Papaléo, procurou a Prefeitura de Gravatá. A negociação do local do festival, que acontecerá no período do Carnaval, começou na semana passada e continua a ser feita nesta quarta-feira (23), em uma reunião do interventor do município, Mário Cavalcanti, com o produtor do festival.

Em seguida, a articulação foi feita junto ao secretário estadual de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, que assegurou os recursos para a realização do evento, fruto de uma parceria do Governo do Estado e iniciativa privada, responsável pela disponibilização da infraestrutura. A Prefeitura de Gravatá não entrará com dinheiro, ficando responsável por dar as condições de infraestrutura necessárias à realização da festa.

“Referência de boa música com destaque internacional, o Jazz & Blues Festival o evento será realizado, a partir de 2016, no município de Gravatá”, garante o interventor.

Sobre a realização do Jazz & Blues Festival em Gravatá, durante o período de Carnaval 2016, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco divulgou nota com o objetivo de esclarecer a ajuda a prefeitura da cidade.

“Por ser um projeto turístico exitoso, que sempre promove uma ocupação hoteleira e um movimento da economia da cidade bastante positivo, o secretário Felipe Carreras foi procurado pelo interventor do município, Mário Cavalcanti, e garantiu apoio ao festival”.

“Carreras deixou claro que o Governo do Estado não disponibilizará nenhum recurso para o evento. Todo o custo será viabilizado por meio de parcerias com a iniciativa privada”.

FIM DO JAZZ REPERCUTE NO BLOG JORNAL SINÁCULO

Um  encontro visionário entre o secretário Felipe Carreras e o interventor Mário Cavalcanti definiu, ontem, que a realização do 1º Festival Gravatá Jazz ocorrerá nos dias dedicado  a Momo, tendo em vista a qualidade do evento e o que ele trará à cidade. O evento que será coordenado por Giovani Papaleo, trará o mesmo formato empregado na cidade de Garanhuns, agora  cancelado pela administração local, mesmo contra a opinião popular e testemunho de bares, hotéis e restaurantes que dizem ser o evento uma oportunidade de trazer turistas e consumo. O evento, em Gravatá será um sucesso como era em Garanhuns, algo mencionado inclusive pelo prefeito de Garanhuns ano passado.

“O Garanhuns Jazz Festival é um evento consolidado, que tem um público fiel e a cada ano conquista novos admiradores. Temos certeza que vamos realizar mais um belo e prestigiado evento”, pontuou o Prefeito Izaías Régis., ano passado ao formatar mais uma edição do evento lindo e de público direcionado.

           Esse ano, ao que parece o "bicho" pegou.

LANÇADO CONCURSO DO INSS: 950 vagas são oferecidas; 36 são para Pernambuco


Saiu o concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O edital com todas as informações sobre o esperado certame foi publicado nesta terça-feira (23) pela organizadora do processo seletivo o Cebraspe (antigo Cespe/UNB) e também no Diário Oficial da União. São 950 vagas no total, divididas entre os cargos de analista do seguro social, com 150 vagas, e técnico do seguro social, com 800, de Níveis Superior e Médio, respectivamente. As remunerações são de R$ 7.496,09 e de R$ 4.886,87 para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

PROVAS

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas que estão agendadas para o dia 15 de maio do próximo ano em todos os 26 estados da Federação e no Distrito Federal (DF). Em Pernambuco, as cidades onde ocorrerão as etapas são Recife, Caruaru e Garanhuns, no Agreste do Estado, e Petrolina, no Sertão. São quase cinco meses para se preparar para a avaliação. Na prova objetiva, os concurseiros vão enfrentar 50 questões de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, que devem ser respondidas em até 3 horas e 30 minutos. As provas de analista ocorrem pela manhã e de técnico, à tarde. Ambas no dia 15 de maio. Cada prova objetiva será constituída de itens para julgamento de certo (C) ou errado (E).  

INSCRIÇÕES

As inscrições começam às 10h do dia 4 de janeiro e terminam no dia 22 de fevereiro de 2016 pelo site www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015. Taxas nos valores de R$ 80 e R$ 65 são cobradas. O pagamento delas deve ser feito através de Guia de Recolhimento da União (GRU) até o dia 18 de março. Para pedir isenção no pagamento da taxa de inscrição, o candidato precisa estar inscrito no CadÚnico.

         PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

       De acordo com o documento, 5% das oportunidades são destinadas a pessoas com deficiência. O candidato com deficiência poderá enviar cópia simples do CPF e original ou cópia autenticada em cartório do laudo médico especificando qual deficiência até o dia 22 de fevereiro. O laudo deve ser legível. A relação provisória dos participantes que tiveram a inscrição deve ser deferida e publicada pelo Cebraspe no dia 4 de abril.

NEGROS E PARDOS

       De acordo com a Lei nº 12.990, 20% das vagas são voltadas a candidatos negros. Conforme o edital, “somente haverá reserva imediata de vagas para os candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos nos cargos/gerência-executiva com número de vagas igual ou superior a três”. Outra exigência para concorrer às vagas reservadas é que o candidato deverá optar por concorrer às vagas reservadas aos negros ao preenchendo a autodeclaração de que é preto ou pardo, de acordo com o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A relação provisória com o deferimento de tais inscrições serão publicados no dia 15 de julho.

LOCALIDADE

Em Pernambuco, há duas vagas para analista com especialidade em Serviço Social: em Ouricuri (1 vaga) e Cabo de Santo Agostinho (1). Para técnico, há 34 vagas no total: Escada (1), Belo Jardim (3), Cupira (2), Caruaru (2), Vicência/Nazaré da Mata (1), Taquaritinga do Norte/Caruaru (1), Panelas/Caruaru (1), Surubim (1), Limoeiro (1), Águas Belas (1), Ibimirim (2), Palmares (2), São Bento do Uma/Belo Jardim (1), Lajedo/Canhotinho (1), Buíque/Arcoverde (1), Tabira (1), Sertânia (1), Salgueiro (1), Lagoa Grande (1), Santa Maria da Boa Vista (1), Cabrobó (1), Trindade (1), Exu (1), Cabo de Santo Agostinho (3), Ilha de Itamaracá/Paulista (1), Goiana (1).


INTERNACIONAL: UPE assina convênio de intercâmbio com universidade da Colômbia


Com informações e foto da
Universidade de Pernambuco – UPE

O reitor da Universidade de Pernambuco (UPE) assinou na manhã desta terça-feira (23/12) convênio de cooperação científica com a Universidade de Antioquia, na Colômbia. Essa cooperação será realizada através de intercâmbio de professores, pesquisadores, técnicos e estudantes; implementação de projetos conjuntos de ensino, pesquisa e extensão; promoção de palestras e simpósios; intercâmbio de informações e publicações acadêmicas, além de atividades de formação.

A primeira ação dessa parceria será a mobilidade, por seis meses, do estudante Whodson Robson da Silva, do curso de Ciências Sociais, que foi contemplado com a bolsa do Santander Universidades, pelo convênio Abruem/UPE, e irá estudar no próximo semestre na universidade colombiana. O convênio foi intermediado pelo professor da UPE Alfredo Wagner Bernor de Almeida, coordenador do projeto Nova Cartografia Social.

Além do reitor, estavam presentes na assinatura desse convênio os professores Socorro Cavalcanti, vice-reitora; Vânia Fialho, vice-coordenadora do curso de Ciências Sociais; e o assessor de Relações Internacionais José Guido Corrêa de Araújo.

ACORDOS - A UPE assinou também outros acordos de cooperação com a Universidade de Aachen, na Alemanha; a Colorado School of Mines, nos Estados Unidos, e um adendo ao convênio com a Universidade de Nantes, na França, permitindo intercâmbio de alunos dos cursos de Direito e Ciências Sociais.

TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO: Paulo Câmara assegura através de parceria com Dilma, implantação de 52 sistemas de abastecimento


Com informações do Governo de PE
Foto: Wagner Ramos/SEI

O governador Paulo Câmara assegurou, nesta terça-feira (22.12), em Floresta, no Sertão de Itaparica, a implantação de 52 sistemas de abastecimento de água ao longo dos canais da Transposição do Rio São Francisco. Um investimento de R$ 136,8 milhões, oriundos de convênios com o Ministério da Integração Nacional, que beneficiará 40 mil pessoas em 173 localidades do Estado. A assinatura do termo de compromisso ocorreu durante a cerimônia de entrega da segunda estação de bombeamento do Eixo Leste da Transposição, com a presença da presidente Dilma Rousseff.

Durante a solenidade, Paulo pontuou que os investimentos nos pequenos sistemas de abastecimento são fundamentais para o aproveitamento das águas dos canais de integração do São Francisco. "Temos agora a oportunidade de, em 2016, executar ações que são fundamentais para o projeto da Transposição", ressaltou o governador. Dos 52 sistemas, 42 serão coordenados pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária. Os outros dez serão de responsabilidade da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Juntas, as intervenções vão beneficiar moradores dos municípios de Floresta, Cabrobó, Parnamirim, Verdejante, Betânia, Custódia, Salgueiro, Sertânia, Terra Nova, Petrolândia e Mirandiba. A execução será feita em etapas, e o prazo para a conclusão total das obras é de 24 meses.

O chefe do Executivo pernambucano aproveitou a oportunidade para cobrar do Governo Federal ainda mais atenção para as adutoras e aos ramais hídricos. "É muito importante também continuar essas obras. Isso vale para Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. Temos a compressão que estas intervenções precisam ter um olhar diferenciado, como as dos Eixos da Transposição", destacou Paulo.

TRANSPOSIÇÃO - Ao lado da presidente Dilma Rousseff, o chefe do Executivo estadual acionou um dos motores da segunda estação de bombeamento do Eixo Leste. A água será bombeada da barragem de Itaparica até a de Areias. O trecho tem captação em Petrolândia e prevê conexões para abastecer o Sertão e o Agreste pernambucano, além de municípios da Paraíba.

A presidente Dilma Rousseff apontou que a obra é uma das prioridades do Governo Federal. Ela disse ainda que a sua equipe está tomando providências para garantir água para as comunidades localizadas no entorno da Transposição. "Essa água vai avançando pelos canais e transformando a vida das pessoas do semiárido nordestino", afirmou a presidente.

Os dois eixos da Transposição têm 477 quilômetros de extensão, sendo 260 do Eixo Norte e 217 no Eixo Oeste. O projeto prevê a garantia de segurança hídrica para 12 milhões de pessoas em 390 municípios nos Estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. "É importante chegarmos perto do final do ano e termos a consciência de que um do graves problemas do Nordeste brasileiro, a falta de água, está sendo tratado com seriedade. Sou testemunha do esforço do Governo Federal para que a obra da Transposição do Rio São Francisco não sofra paralisação e nem contingenciamento", pontuou Paulo.

A prefeita de Floresta, Rorró Maniçoba, frisou a necessidade de integrar o projeto às ações da região. "Esse canal pode tornar ainda mais produtiva terras férteis do nosso município e do Sertão de Itaparica. Temos que nos unir ainda mais para desenvolver a região", ressaltou a gestora.

Estiveram presentes na solenidade os ministros Gilberto Kassab (Cidades), Marcelo Castro (Saúde), Gilberto Occhi (Integração Nacional), os governadores Camilo Santana (Ceará) e Ricardo Coutinho (Paraíba), o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, e presidente da Compesa, Roberto Tavares. Além do senador Humberto Costa, prefeitos e parlamentares da região.