quarta-feira, 16 de setembro de 2015

TRE-PB abre inscrições para concurso público; 19 vagas são oferecidas


Começou desde segunda-feira (14) o prazo de inscrições no concurso público do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) com 19 vagas. As inscrições podem ser feitas até dia 13 de outubro no site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do concurso. O concurso também prevê cadastro de reserva e as remunerações variam de R$7.023,79 a R$ 9.662,84. Confira o edital completo.

Ao todo, o concurso está ofertando quatro vagas para analista judiciário,13 para técnico judiciário (área administrativa, sem especialidade), uma para técnico judiciário (área de apoio especializado em programação de sistemas) e uma para técnico judiciário (área de apoio especializado em operação de computadores). O carga de analista é para nível superior e o de técnico, para nível médio.

A remuneração para analista judiciário pode chegar a R$ 9.662,84 quando somado aos vencimentos o auxílio-alimentação, para uma jornada de 40 horas semanais. Já para técnico judiciário, os vencimentos podem chegar a R$ 7.023,79, para a mesma jornada de trabalho.
Inscrição

A taxa de prevista é de R$ 60,00 (nível médio) e R$ 75,00 (superior). As provas terão 60 questões, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos, e estão previstas para serem aplicadas no dia 29 de novembro deste ano.

Os candidatos terão três horas para realizar as provas dos cargos de técnico judiciário e quarto horas para analista judiciário, que contará ainda com redação. O período da manhã será reservado para os cargos de técnico judiciário, e no período da tarde para os cargos de analista judiciário. As avaliações serão aplicadas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa.

Com informações do Portal G1 de notícias

PEDIU PRA SAIR: Procurador Geral do município pede exoneração e em seu lugar assume o advogado João Antônio

Sai Tiago José (a esquerda), entra João Antônio.

O Governo Municipal de Garanhuns informa que recebeu hoje (15) o pedido de exoneração do Procurador Geral do Município, Tiago José Gonçalves Ferreira. O Procurador que estava na função desde janeiro de 2013, alegou os seguintes motivos para o pedido de exoneração, como expresso em carta: “o que faço para o trato de interesses e projetos pessoais, considerando, ainda, que o cargo que ocupo exige uma dedicação exclusiva, o que, impossibilita o exercício pleno do cargo a mim confiado. Medida necessária, em face do respeito que sempre lhe depositei e a cada um dos que fazem sua gestão, bem como, a sociedade que representamos”. Dr. Tiago Gonçalves exerceu a função por 2 anos e 9 meses. A portaria de exoneração deve ser oficializada em breve.

Quem assumirá a vaga deixada pelo atual Procurador, é o advogado João Antônio de Santana Pontes, que atualmente exerce a função de assessor jurídico da Procuradoria.

      João Antônio de Santana Pontes tem 31 anos, é formado em Direito pela Associação Caruaruense de Ensino Superior (ASCES), com Pós Graduação em Direito Civil e Processual Civil (FDG/AESGA). Desde 2013 é assessor jurídico da Procuradoria Geral do Município.

            Com informações da Secom - PMG
            Texto: Jacqueline Menezes