segunda-feira, 3 de agosto de 2015

CONCURSO DE GARANHUNS; certame oferecia 253 vagas; 220 foram homologadas e somente 214 serão assumidas pelos classificados, entenda por quê?

       
       Semana passada, mais exatamente na sexta-feira quando ainda vivenciávamos o dia 31 de julho, a Prefeitura Municipal de Garanhuns divulgou através do seu portal oficial de notícias a publicação que fora feita por ela ( Prefeitura ), no DOE (Diário Oficial do Estado), no DOA (Diário Oficial da Amupe) e no site da Upenet: www.upenet.com.br. A notícia trouxe a tona a publicação que homologa o concurso Público realizado no município lá atrás, no mês de março (dia 29).

Ocorre que uma dúvida pairou no ar e moveu mais de 20 pessoas à manter contato com o blog do Gidi Santos para pedir informações quanto a esses números, que segundo elas estariam errados. Então diante dos questionamentos fizemos (as contas) e fomos em busca (das informações).

PRIMEIRO A CONTA: O certame oferecia 253 vagas. Descontadas momentaneamente as 31 da Guarda Municipal (que foram suspensas através de Recomendação do MPPE), ficamos com 222 à serem homologadas, até aí a conta é fácil, mas 220 constam na Portaria nº 557/2015-GP (imagem anexa abaixo). Sendo assim faltariam duas vagas.

     Fomos em busca de mais detalhes com a Secretaria de Comunicação Social, que é a responsável por repassar todas as informações oficiais da Prefeitura. Falamos ao telefone com Cloves Teodorico, que é Gerente de Relações da referida. Questionado sobre essas vagas, Cloves informou que a Comissão do Concurso da Prefeitura de Garanhuns seria a detentora desses números e tão logo ele tivesse acesso nos emitiria uma nota oficial. Pois bem, Cloves teve acesso aos números e nos emitiu a seguinte nota:

“A Comissão do Concurso da Prefeitura de Garanhuns esclarece que a portaria de homologação do concurso homologou a quantidade de cargos que foram oferecidos no concurso, mas não necessariamente diz que vão se preencher as 220. No caso específico, cinco cargos não tiveram candidatos e o cargo de geriatra teve apenas um candidato (que faltou no dia da aplicação da prova). As portarias nos sites em que foram publicados (Amupe e UPE) já estão informando   que devem ser preenchidos 214 cargos”.

Os cinco cargos que a nota se refere como não havendo inscritos são os de médicos Infectologista, mastologista, neuro pediatra, pediatra e reumatologista. A informação foi confirmada através de pesquisa realizada pelo Blog do Gidi Santos. A imagem abaixo mostra o quadro de concorrência do concurso de Garanhuns. Nele é possível confirmar a informação da Prefeitura. De fato para esses cargos não houve inscritos. 



Retirado do site www.upenet.com.br. Quadro relatório de inscritos/concorrência
Concurso Público de Garanhuns 2015.


       Para o caso do candidato ao cargo de Geriatra, que a nota informa não ter comparecido a prova também confirmamos, pois não há resultado que se refira a esse cargo no site oficial da realizadora do certame www.upenet.com.br.

Entretanto, apesar de confirmadas essas informações resta dizer que não ficou claro as duas vagas questionadas pelos leitores do blog e que por tanto os amparam (estaria sim errada a publicação, faltaria duas vagas). Agora ao que tudo indica o MPPE deve entrar no caso, pedindo mais clareza no processo de homologação. 

       A questão das listagens publicadas em Diários Oficiais (Amupe e DOE), que "não estariam cumprindo" o edital Item 11.2 já foram alvos de recomendação por parte do MPPE à Prefeitura de Garanhuns. Na recomendação o Ministério pede que o Prefeito de Garanhuns, Izaías Régis Neto (PTB), esclareça, de maneira inequívoca, num prazo de trinta dias, as listagens que se refere à homologação publicada no último dia 31 de julho de 2015 e “acaso a homologação publicada não abranja as listagens mencionadas na cláusula 11.2 do edital, que se referem a todos os candidatos classificados (dentro ou fora das vagas anunciadas no edital), seja promovida, com a máxima brevidade, retificação da homologação para abranger as listas referidas no edital”. 

       A recomendação foi promovida pelo o Promotor Domingos Sávio Pereira Agra, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Garanhuns.

Inscrições para o Fies começam nesta segunda-feira, 3 de agosto

O financiamento não será concedido por ordem de chegada, mas por concorrência.
O período de inscrição vai até o dia 6 de agosto.

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) começam nesta segunda-feira (3). Nesta edição, os candidatos não precisam correr para acessar o sistema, uma vez que o financiamento não será concedido por ordem de chegada, mas por concorrência. Ao todo serão ofertadas 61,5 mil vagas. O período de inscrição vai até o dia 6, pela internet.

"O objetivo desta vez é que os alunos não fiquem nervosos procurando encontrar para que lugar vão porque vai ser uma concorrência, não vai mais ser ao estilo quem chega primeiro pega a vaga", explica o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. Os candidatos farão a inscrição e o resultado da pré-seleção será divulgado no dia 10 de agosto, em chamada única.

Para concorrer, os estudantes precisam ter tirado pelo menos 450 pontos na média das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). São aceitas todas as edições do Enem a partir de 2010. O candidato também tem que ter tirado nota maior que 0 na redação. Além disso, precisa ter renda familiar por pessoa de até 2,5 salários mínimos por mês, ou seja, R$ 1.970.

Pelas novas regras do Fies, os juros passarão dos atuais 3,4% para 6,5%. Além disso, os estudantes pagarão parte da mensalidade, de acordo com a renda. Como contrapartida, os estudantes do Fies terão um desconto de 5% nas mensalidades.

A oferta de vagas vai priorizar cursos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, excluído o Distrito Federal. Os cursos das áreas de engenharia e saúde e a formação de professores também serão priorizados, assim como aqueles com conceitos 4 e 5 na avaliação do MEC, que são os mais altos.

O Fies é um programa do governo que oferece financiamento em instituições privadas de ensino superior com juros mais baixos. Atualmente, cerca de 2,1 milhões de contratos estão ativos.

          Agência Brasil

MPPE abre inscrições para seleção de estagiários de Direito; 12 vagas são para Garanhuns

São oferecidas, ao todo, 252 vagas em todo o estado.Interessados devem se
inscrever até 31 de agosto pela internet.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu neste sábado (1º) as inscrições para o processo de seleção de estagiários de Direito de 2016. São 184 vagas disponíveis para a Região Metropolitana do Recife e outras 68 para o interior do estado, sendo que 40 das vagas totais são reservadas para estudantes com deficiência.

Podem participar do processo seletivo estudantes de Direito que estejam cursando do 5º ao 9º período. Os interessados devem se inscrever pela internet até o dia 31 de agosto, pagando a taxa de inscrição de R$ 29,50. Para pedir isenção da taxa, é obrigatório informar no ato de inscrição o Número de Identificação Social (NIS) atribuído pelo Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Os candidatos escolhem no momento da inscrição a cidade onde querem fazer a prova e também a localidade que pretendem estagiar. Os exames acontecem no Recife, Caruaru, Serra Talhada e Petrolina, com data provável de 27 de setembro, das 14h às 17h. Os candidatos devem elaborar uma redação, entre 25 e 30 linhas, sobre tema atual com foco na atuação do Ministério Público.

A previsão é de que a nota das redações seja divulgada no dia 12 de outubro e a divulgação dos resultados finais, no dia 23 de outubro, com publicação no Diário Oficial do Estado e nas páginas do MPPE e da organizadora na internet. Os estudantes convocados vão ter entre os dias 3 e 6 de novembro para entregar a documentação exigida no edital.

Os aprovados recebem bolsa de estudo (auxílio financeiro) não superior a um salário mínimo mensal, auxílio-transporte, recesso proporcional ao tempo de cumprimento do estágio e seguro anual múltiplo contra acidentes pessoais. O MPPE lembra que o estagiário não vai poder exercer outras atividades profissionais ou de estágio. Outras informações podem ser obtidas no site da organizadora. Vale ressaltar que 12 vagas são oferecidas à Garanhuns, sendo duas para portadores de deficiência.

          Do G1 PE

SEMANA NACIONAL DA JUSTIÇA PELA PAZ EM CASA; de 3 a 7 de agosto em Garanhuns


A partir de hoje segunda-feira (03), terá início a segunda edição da Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa. O momento segue até a sexta-feira (07) e vai contar com diversas ações, entre capacitação, roda de conversa, mutirão e caminhada. O evento marca os nove anos da Lei Maria da Penha, sancionada no ano de 2006.

A Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa pretende, entre outras ações, estimular a intensificação de júris, audiências e julgamentos de processos nas comarcas que envolvem os crimes de violência contra a mulher. Além disso, a iniciativa tem o intuito de fortalecer parcerias institucionais para o enfrentamento contra a violência de gênero, para que, assim, os processos relativos a esses casos sejam resolvidos mais rapidamente.

Abertura - A abertura da semana será com capacitação com os profissionais da área, na sede da Secretaria da Mulher (Secmul) – localizada na avenida Frei Caneca, 344 -, das 9h às 13h. Para o momento, realizado pela Secretaria da Mulher de Garanhuns, em parceria com a Secretaria da Mulher do Estado, foi feito o convite aos profissionais do Departamento de Polícia da Mulher (DEAM) e a Academia Integrada de Defesa Social (ACIDES), CREAS Regional, CREAS Municipal, CRAS, CRAM, CEAPA, Secretaria da Mulher, Núcleo de Práticas jurídicas, Gestoras e coordenadoras de Políticas Públicas para as Mulheres do Agreste Meridional, entre outros.


Programação:

Segunda-feira (03) – Abertura da II Nacional da Justiça pela Paz em Casa. Com a Capacitação com os profissionais da rede de enfrentamento à violência contra a mulher. Local: Fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite, das 09h às 13h.

Terça-feira (04) - Roda de conversa com os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Caic. Local: Caic às 20h.

Quarta-feira (05) – Mutirão da Rede de Enfrentamento a violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Local: Espaço Colunata das 8h ás 13h.

Quinta-feira (06) - Roda de conversa com as mães dos alunos da Escola Miguel Arraes de Alencar. Tema: Mulheres e Direitos. Local: Escola Miguel Arraes às 10h.

Sexta-feira (07) – Culminância da II Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa – 2015 com a caminhada: Dia “D” – Todo alerta no combate a violência contra às mulheres. Saindo do Fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite às 8h em direção ao espaço Colunata. Todos devem vestir branco.