sábado, 1 de agosto de 2015

POLÍCIA CIVIL continua entregando PJES e 1º Secretário do SINPOL diz em Garanhuns que "GREVE ESTÁ DESCARTADA"

Arthur Pedro (a direita de chapéu) é o primeiro Secretário do SINPOL 
(Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco). 

A Polícia Civil do Estado de Pernambuco continua promovendo a entrega do PJES (Programa de Jornada Extra de Serviço) que remunera em R$ 180,00 reais policiais que tirem plantões extras nas delegacias do estado por doze (12) horas corridas; tudo isso na intenção de chamar a atenção da população e do Governador Paulo Câmara para situação que se encontra a categoria (defasada em número de policiais e prejudicada pela falta de infraestrutura em Delegacias e IML’s).

De acordo com os profissionais, os plantões do Programa de Jornada Extra não condizem com as condições mínimas necessárias para o bom trabalho. A categoria reivindica, ainda, uma reestruturação da carreira e um salário melhor. O SINPOL (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) vem promovendo desde o dia 26 de junho  com a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Pernambuco (Adeppe) a entrega destes plantões.

Em Garanhuns temos o primeiro Secretário do SINPOL Arthur Pedro, que em entrevista exclusiva ao Blog do Gidi Santos revelou que a segurança pública do estado vive um momento de caos total. Arthur disse que “a Política de Segurança Pública adotada pelo Governo do Estado não condiz com a realidade e que o Pacto pela Vida tem objetivos políticos, mostrando números que não dizem a verdade”.

Arthur reservou espaço também para falar sobre o fato do Governador Paulo Câmara dizer que o estado está impossibilitado de realizar revisões salariais para categoria, isso em razão da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) impedí-lo. Segundo Arthur a fala do Governador seria “balela”.

SOBRE LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL: A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), oficialmente Lei Complementar nº 101, promulgada em 4 de maio de 2000, e que entrou em vigor em sua publicação em 5 de maio de 2000, é uma Lei Complementar brasileira que tenta impor o controle dos gastos da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, condicionado à capacidade de arrecadação de tributos desses entes políticos. Tal medida foi justificada pelo costume, na política brasileira, de gestores promoverem obras de grande porte no final de seus mandatos, deixando a conta para seus sucessores. A LRF também promoveu a transparência dos gastos públicos.

Em Pernambuco esta lei tem sido lembrada pelo Governador para evidenciar a impossibilidade de ajustes para algumas categorias. Segundo Câmara o Estado tem 46,24% da receita corrente líquida comprometida com despesas de pessoal. Os dados  estão disponíveis desde dezembro, mas trazem uma preocupação constante já que Pernambuco ultrapassou o limite de alerta da Lei que é de 44,10% e está perto do limite prudencial (46,55%).
Policiais Civis tem promovido paradas de 24 horas e entrega do PJES desde o dia 26 de junho. 
Na foto Áureo Cisneyros Presidente do SINPOL

IML DE RECIFE - Para o caso do IML de Recife, uma interdição seria necessária. Lá geladeiras não estariam funcionando e serras necessárias à atuação dos profissionais não estariam sendo compradas, consequentemente não estariam sendo entregues para o trabalho. Detalhe essas serras a que se refere Arthur custam em média R$ 6,00 seis reais. O Ministério Público foi acionado pela categoria e a expectativa é que as instalações do IML em Recife, além dos de Caruaru e Petrolina sejam fechadas, ao menos temporariamente.

Antes de finalizar, o primeiro Secretário do SINPOL Arthur Pedro relatou ao blog que o quadro mínimo necessário para um bom funcionamento da Polícia Civil no estado seria de onze mil policias, mas que hoje Pernambuco conta apenas com aproximadamente quatro mil e quinhentos profissionais. Por hora, os Policiais não pretendem deflagrar uma greve. 

                      Confira abaixo entrevista concedida ao blog do Gidi Santos.



VISTORIA DE TRANSPORTES ESCOLARES é prorrogada no estado de Pernambuco; profissionais de Garanhuns devem ficar atentos aos prazos


A Secretaria das Cidades – Secid, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, informa que, o prazo para a vistoria dos transportes escolares de 2015, que estava previsto para acabar nesta sexta-feira (31), foi prorrogado até o dia 7 de Agosto.

No Recife e Região Metropolitana, o local da vistoria é a Unidade de Táxis e Coletivos (DUAT), situada às margens da BR 101, no sentido Dois Irmãos-Aeroporto, de 8h às 16h. Já os veículos do Interior devem se dirigir a uma das 24 Circunscrições Regionais de Trânsito (CIRETRANs) Especiais, das 8 às 13h.

Para realizar a vistoria de transporte escolar não é necessário fazer o agendamento online, basta dirigir ao ponto de atendimento para fazer a vistoria. Isso tanto na RMR quanto no Interior do Estado. Sendo aprovado pela vistoria, o veículo receberá um selo de certificação. De acordo com o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB)- conduzir o veículo sem portar a autorização para condução de escolares é infração grave, gerando multa de R$ 127,69 e a retenção do veículo até a regularização.

       Em Garanhuns, os proprietários de veículos de transporte escolar devem se dirigir a 5º Ciretran Especial, localizada as margens da BR 177 (Rodovia Deputado José Cardoso), mesma rodovia que dá acesso à cidade de São João. Lá o atendimento ocorre sempre das segundas as sexta-feiras, das 8 às 13h.

IMPORTANTE: Sendo aprovado pela vistoria, o veículo receberá um selo de certificação. De acordo com o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), conduzir o veículo sem portar a autorização para condução de escolares é infração grave, gerando multa de R$ 127,69 e a retenção do veículo até a regularização.

          DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

Certificado de Registro do Veículo, o CRV (recibo do veículo)
Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) do ano vigente
Carteira de Identidade e CPF
CNH (categoria D ou E) dentro do prazo de validade
Certidão negativa de Antecedentes criminais estadual ou federal
Certificado de aprovação do condutor no curso de Formação de Condutor de Transporte Escolar
No caso de veículo de empresa apresentar também cópia do CGC dentro da validade

PRINCIPAIS REQUISITOS PARA O VEÍCULO DE TRANSPORTE ESCOLAR 
SER APROVADO PELO DETRAN-PE clique AQUI

EMPOSSADOS novos Secretários de Administração e Saúde de Garanhuns

Alfredo de Góis e Bruno Gomes assumiram, respectivamente, as referidas pastas.

O Prefeito de Garanhuns Izaías Régis deu posse na manhã desta sexta-feira (31) aos secretários de Saúde Alfredo de Góis, e de Administração Bruno Gomes, em seu gabinete no Palácio Celso Galvão. Estiveram presentes durante a solenidade de posse, secretários municipais, os vereadores Gersinho Filho, Haroldo Vicente, Alcindo Correia, Zaqueu Lins e as vereadoras Luzia Cordeiro e Carla de Vilaça.

“Preferimos dá oportunidade a quem já está conosco. Cada um de vocês é um defensor do povo de Garanhuns. Eu me senti sempre um servidor do povo. Sou uma pessoa que sempre esteve para servir à população e me sinto feliz pelo que podemos fazer pelo nosso município”, disse o prefeito.

Alfredo de Góis esteve à frente da Secretaria de Administração desde o início da gestão do prefeito Izaías Régis e há um mês assumiu de forma interina a Secretaria de Saúde. “Agradeço ao prefeito pela confiança e desafio, é um reconhecimento do trabalho realizado na secretaria de administração. Vamos implantar um ritmo de trabalho dentro da Secretaria para buscar minimizar os problemas, mas sabendo das dificuldades, pois a Saúde Pública tem problemas em todo o país”, falou o Secretário.

Quem substitui Alfredo de Góis na Administração, é o advogado Bruno Gomes, que atuava como diretor previdenciário no Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Garanhuns (IPSG). “Agradeço a minha família, a minha equipe do IPSG e quero agradecer a confiança do prefeito para assumir a secretaria de Administração e esperamos dar continuidade ao trabalho desempenhado por Alfredo”, disse Bruno.

         Mais informações, clique AQUI.

CONCURSO PÚBLICO NO AGRESTE; Câmara de vereadores de Belo Jardim abrirá certame e vagas serão para níveis fundamental, médio e superior


A cidade de Belo Jardim no Agreste pernambucano vai realizar concurso, isso mesmo. A Câmara de vereadores do município se prepara já há algum tempo para realizar o certame e agora ao que tudo indica o Poder Legislativo daquela cidade deve mesmo abrir processo visando preenchimento de cargos que serão distribuídos em níveis fundamental, médio e superior, com taxas de inscrições nos valores de R$ 55, R$ 80 e R$ 110, respectivamente.

A informação é do DOE (Diário Oficial do Estado) que traz na edição desta sexta-feira, 31 de julho a abertura de processo licitatório da instituição. A publicação traz ainda informações para as empresas que pretendem concorrer no processo licitatório. Após cumpridas todas as etapas uma empresa será escolhida, sendo ela responsável pelo desenvolvimento e aplicação das provas.

DIZ A PUBLICAÇÃO: A pontuação da nota final será calculada pela média ponderada entre os pontos obtidos na proposta técnica (NPT) e na proposta de preços (NPP), com garantia mínima de 1.000 candidatos inscritos e pagos, na forma do projeto básico. O texto se refere as exigências que terão de cumprir as empresas interessadas em realizar o certame.     

A CIDADE – A cidade de Belo Jardim fica no Agreste Meridional, na microrregião do Vale do Ipojuca, distante 187 km da capital Recife. 80 km separam Garanhuns do município também conhecido como "Terra de Músicos e do Bitury". Completa idade nova em 11 de setembro e foi fundada em 1928. A população é de pouco mais de 75 mil habitantes (75.186, segundo IBGE em 2014).


Cidade de Belo Jardim também é conhecida como Terra de Músicos e do Bitury.

                                 Confira a publicação do DOE (Diário Oficial do Estado).
                                        

11º EDIÇÃO DO PRÊMIO SANTANDER UNIVERSIDADES vai oferecer à alunos de graduação ou pós premiação de R$ 100,000,00 cem mil reais; bolsa em universidade de Boston nos EUA também é oferecida


Alunos de graduação e pós-graduação, professores, pesquisadores e Instituições de Ensino Superior já podem inscrever seus projetos na 11ª edição dos Prêmios Santander Universidades, que tem o prazo até 17 de setembro. Com mais de R$ 9 milhões investidos nos últimos dez anos, essa iniciativa do Santander Universidades Brasil, recebeu até hoje cerca de 66 mil projetos, com mais de mil universidades participantes somente no último ano.

Em 2015, a iniciativa traz três grandes novidades. A modalidade Biotecnologia, do Prêmio Santander Ciência e Inovação, dará destaque a projetos de Agronegócios, e oferecerá R$ 100 mil em reconhecimento ao pesquisador que se destacar neste segmento.

O Prêmio Santander Empreendedorismo dedicará uma das cinco premiações ao melhor projeto de Soluções em Meios de Pagamento. Os vencedores receberão, além dos R$ 100 mil, uma bolsa na Babson College (Boston, EUA), mentoria e cursos on-line da Endeavor para desenvolver seu negócio. Além disso, todos os inscritos, de todas as premiações, poderão realizar um curso online de Empreendedorismo desenvolvido e certificado pela Babson College.

.

      A iniciativa é composta por quatro grandes premiações que estimulam o empreendedorismo, a pesquisa científica, a extensão universitária e a busca pela excelência das universidades, atingindo toda a cadeia de valor da academia.

“Os Prêmios são considerados uma das mais importantes iniciativa do banco para apoiar o desenvolvimento da educação superior no Brasil e fomentar seu desenvolvimento. Nosso objetivo é incentivar cada vez mais a criatividade acadêmica e ver, na prática, ideias inovadoras ganharem vida e beneficiarem a sociedade”, comenta Jamil Hannouche, diretor do Santander Universidades Brasil.

Cada projeto é avaliado por uma banca independente, formada por instituições de renome nacional e internacional. Para tanto, o Santander Universidades conta com potentes parceiros: Academia Brasileira de Ciências, Babson College, Editora Abril, Endeavor, Fundação Dom Cabral e UniSol.

Os vencedores dos Prêmios Santander Universidades 2015 serão conhecidos no dia 12 de novembro, em cerimônia em São Paulo. Detalhes das premiações, regulamentos e inscrições podem ser encontrados no site: www.santander.com.br/universidades.
          
    Veja abaixo o descritivo de cada uma das quatro premiações

Prêmio Santander Empreendedorismo: é destinado a alunos de graduação e pós-graduação, e tem por objetivo apoiar e reconhecer a criação e o desenvolvimento de projetos de estudantes com perfil e postura empreendedora. Cinco projetos serão premiados, incluindo a nova categoria Soluções em Meios de Pagamentos, e, neste ano, os vencedores receberão, além do prêmio de R$ 100 mil, uma bolsa de estudo na Babson College, mentoria e cursos on-line da Endeavor.

Os finalistas recebem feedback de seus projetos e uma capacitação para prepará-los para a banca de executivos de renome no Brasil, quando terão a oportunidade de apresentar e vender suas ideias, com todas as despesas de deslocamento e estadia por conta da organização dos Prêmios.

Prêmio Santander Ciência e Inovação: reconhece professores-doutores com pesquisas científicas de caráter inovador nas categorias: Indústria; Tecnologia da Informação, da Comunicação e da Educação; Biotecnologia; e Saúde. O vencedor de cada categoria recebe o valor de R$ 100 mil, líquido, sem a obrigatoriedade de vincular o uso do prêmio à execução do projeto. É um reconhecimento à contribuição do cientista para o desenvolvimento da pesquisa brasileira.

Prêmio Santander Universidade Solidária:  apoia projetos de extensão universitária voltados ao desenvolvimento sustentável com ênfase em geração de renda e que sejam elaborados e executados por universidades, com a participação de professores, alunos e da comunidade local.

O objetivo é colocar conhecimento acadêmico à disposição das comunidades de baixa renda, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e para a formação cidadã do futuro profissional, a partir da troca de conhecimentos e do apoio à extensão universitária.

Cada um dos oito projetos vencedores recebe o valor de R$ 100 mil para implementação do projeto. Além de suporte técnico especializado, para que fortaleçam e ampliem suas práticas. O apoio terá duração prevista de até 2 anos.

Prêmio Guia do Estudante - Destaques do Ano - reconhece quatro Instituições de Ensino Superior que se destacaram com iniciativas da gestão das universidades visando o desenvolvimento da educação do País. Neste ano, as categorias são: Apoio ao aluno, Captação de recursos, Empregabilidade e Interdisciplinaridade.

Todas as Instituições de Ensino Superior reconhecidas pelo MEC podem se inscrever pelo site www.santander.com.br/universidades. Neste Prêmio, as 4 Instituições de Ensino Superior vencedoras receberão um troféu exclusivo e reconhecimento nacional na cerimônia de premiação.

Santander Universidades - Desde 1996, o Santander Universidades investiu mais de R$ 3,1 bilhões em todo o mundo e concedeu mais de 200 mil bolsas de estudos nos 20 países nos quais está presente, com quase 1.200 universidades conveniadas. No Brasil, desde 2001, foram concedidas mais de 57 mil bolsas de intercâmbio (nacionais, internacional e de educação à distância), inaugurados 44 Espaços Digitais e estão conveniadas com cerca de 450 instituições de ensino superior. Até 2018, o Santander prevê investir mais R$ 2 bilhões globalmente.

          Fonte: Santander