terça-feira, 21 de julho de 2015

FOTOS DA QUINTA NOITE DO 25º FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS; Neander e Devotos

Banda Neander liderada por Léo noronha foi a primeira a tocar nesta segunda, 20 de julho.








Banda Devotos do cantor Canibal foi a segunda a se apresentar.







TUMULTO E TIROS MARCAM QUINTA NOITE DO FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS; Ação criminosa deixou um casal baleado

Foto que circula nas redes sociais mostra o socorro prestado pelo Corpo de Bombeiros ao casal.

A noite desta segunda-feira, 20 de julho de 2015, quinta noite do Festival de Inverno de Garanhuns, vai ficar marcada. Não pelos shows, por isso não, mas sim pela triste página que será escrita em razão do ocorrido na Praça Mestre Dominguinhos. Como muitos temiam a brutal violência que assola a sociedade brasileira fez mais duas vítimas. Desta vez em pleno Fig um casal foi alvo de disparos de arma de fogo. 

Marcada por ritmos que acendem mais amplamente os ânimos e prestigiada em geral por moradores das periferias, esta noite de segunda-feira, antes mesmo de acontecer, foi exaustivamente discutida pelos órgãos de competência, Polícia Militar, Fundarpe, Prefeitura de Garanhuns, Corpo de Bombeiros Militar, Ministério Público e Polícia Civil. A discussão sempre permeando o melhor método de enfrentamento as possíveis ações/ocorrências criminosas foram exitosas, até ontem.

ENTENDA O QUE ACONTECEU - Tudo transcorria tranquilamente. No palco a segunda atração se apresentava, era a Banda Devotos, liderada pelo vocalista Canibal. Antes dele já havia tocado a banda garanhuense Neander, que tem a frente o cantor e baixista Léo Noronha. Até aí tudo bem. O vocalista da Devotos entrevistado por uma rádio local falou sobre o show que estava trazendo para o Fig, fazendo menção a um outro que a banda havia realizado quase que no início do festival, anos atrás. Após a entrevista a banda subiu ao palco e deu início ao seu show.

De repente na segunda parte da apresentação da banda um tumulto na praça foi percebido por todos. Um princípio de briga que acabou por generalizar-se fez as pessoas dispersarem, sem entender elas naquele momento, o que estava acontecendo. Mais ainda um estampido ensurdecedor foi ouvido causando muito medo e angústia por parte dos que estavam presentes. Pessoas começaram a se abrigar, a correr, na tentativa de se proteger, afinal tudo levava a crer que ali havia ocorrido tiros, e havia mesmo, foram dois. Passado o ligeiro tumulto veio a constatação: um casal acabara de ser baleado,o homem na região pélvica e a mulher na altura do braço direito (sendo que nela o tiro foi de raspão).

De imediato foi mobilizado uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar, o CBMPE. Já no local foram realizados os primeiros socorros para José Carlos Firmino da Silva, 22 anos e Janaína Mendes da Silva, (28), os dois moradores da Rua Paraguai, nº 620, Cohab 2, vítimas da ação criminosa. Conduzidos ao Hospital Regional Dom Moura para os procedimentos médicos necessários felizmente eles passam bem. Até o momento da postagem desta matéria a polícia ainda não havia identificado o autor dos disparos.

Em nota, a Prefeitura de Garanhuns lamentou o ocorrido e afirmou que através de reuniões de planejamento realizadas com os órgãos de segurança, havia ressaltado uma grande preocupação sobre o dia de ontem e que já solicitou uma reunião com a Fundarpe e Polícia Militar (PM) para analisar, em conjunto, nesta terça-feira (21), o ocorrido, visando a garantia da segurança do público.


ATUALIZAÇÃO: Nota oficial da Polícia Civil\DINTER I

“POLÍCIA CIVIL / DINTER I / 18 DESEC Ocorrencia do FIG, GARANHUNS-PE. Autor do crime preso pela PC, autuação em flagrante em andamento. Na madrugada de ontem (20), WELLINGTON GUEDES (28 anos) foi ao festival de inverno e lá encontrou seu desafeto José Carlos Firmino da Silva (22 anos) pessoa com quem tirou cadeia, durante as atrações ambos se estranharam e - segundo o autor - a vítima puxou a arma para ele mas ela caiu, tendo ele pego e desferido um disparo contra o desafeto, em seguida tomou destino, por tudo policiais da 1 DP de Garanhuns e Policiais Civis do malhas da Lei da 18Desec empreenderam diligências no que culminou com a prisão do criminoso e a apreensão da arma. A outra vítima Janaina Mendes da Silva (28 anos) - namorada da vítima - não era alvo. As vítimas nao correm risco de morte. WELINGTON tem passagem por homicídio e trafico de drogas tendo recebido alvará no último dia 02/07 saindo do Presídio de Garanhuns”.