quinta-feira, 16 de julho de 2015

SEBRAE NO FIG 2015; Artesanato do Agreste terá espaço para exposição e venda


Um espaço destinado à exposição e venda de produtos artesanais do Agreste Meridional durante o 25º Festival de Inverno de Garanhuns. Esta é a proposta do Armazém Sebrae de Artesanato, que vai ser promovido de 17 a 26 de julho, no Parque Euclides Dourado, também conhecido como Parque dos Eucaliptos. 

“A importância deste evento está na possibilidade de se promover o contato com um público que vem a Garanhuns em busca de arte e cultura e se depara com um artesanato de qualidade em um ambiente organizado”, afirma Moshe Dayan, gerente da Unidade Agreste Meridional do Sebrae em Pernambuco. 

O Armazém Sebrae de Artesanato será formado por 24 estandes, nos quais o público poderá conferir peças criadas por artistas dos municípios de Garanhuns, Saloá, Jurema, Correntes, Lajedo, São João, Bom Conselho e Lagoa do Ouro. No local, será montada ainda a Galeria dos Mestres, com trabalhos dos artesãos Beth Godoy, Glorineide Maria, Adeildo Monteiro, Suzemar Vilela, Mestre Cida, Mauro Firmino, Jailson Vilela, Marco Siqueira, Wagner Porto e Marcelo Soares. 

Por meio da iniciativa, o Sebrae em Pernambuco visa ainda criar ainda a oportunidade de ampliar a participação dos produtos artesanais de mestres e artesãos no mercado interior, bem como aprimorar o empreendedorismo e a qualidade de vida desses artistas, gerar empregos e melhoria de renda, bem como promover a preservação da cultura local. 

O Armazém Sebrae de Artesanato pode ser visitado de 17 a 26 de julho, das 10h às 22h – com exceção para o dia 17, quando o local vai abrir das 10h às 21h; e para o dia 26, quando seu funcionamento vai ser das 10h às 17h. A entrada é gratuita.

POLO CASTAINHO; Apresentações artísticas e oficinas serão as ações desenvolvidas pelos quilombos Estivas, Estrela, Tigre e Timbó

                                                                         Foto: Costa Neto

Do Portal: www.cultura.pe.gov.br

Comunidades quilombolas do Agreste Meridional estarão sendo representadas entre os dias 20 e 24 de julho, durante o 25º Festival de Inverno de Garanhuns, com programação envolvendo apresentações artísticas e oficinas, no polo cultural do Quilombo Castainho. Localizado a aproximadamente 5 km do centro da cidade, o espaço estará contando com artistas e grupos culturais dos quilombos Estivas, Estrela, Tigre e Timbó.

A programação também inclui oficinas de percussão inclusiva, dança afro tribal e educação com jogos e brincadeiras, direcionadas exclusivamente para moradores das comunidades quilombolas. Para Gal Almeida, articuladora regional da Coordenação de Povos Tradicionais e Populações Rurais da Secult-PE, as atividades de formação cultural nesta edição pretendem promover a valorização cultural de segmentos como música e dança, que já possuem grupos formados nas comunidades.

“Em mais um ano de festival, estamos objetivando promover a cultura mantida por estas comunidades, interligando o que já é produzido com a atualização necessária de conteúdos que serão ministrados. As ações realizadas tradicionalmente no Polo Castainho durante o festival, visam especialmente contribuir com o processo cultural histórico destes grupos”, ressaltou Gal. “Para as crianças quilombolas que estiverem presentes no polo, a Oficina de Jogos e Bricadeiras pretende atender as demandas destes povos tradicionais, com um olhar mais próximo do que eles estão acostumados no cotidiano, mas de uma forma que também cumpra o quesito da educação agregado ao divertimento”, comentou.

                                                                      Foto: Paulo Sérgio Sales

Das apresentações artísticas, um dos destaques do polo será a apresentação de dança do Balé Afro Raízes, originado em Olinda. Composto apenas por integrantes do sexo masculino, o grupo possui como missão desencadear em suas atividades, a continuidade da cultura de matriz africana no desenvolvimento da dança contemporânea. Na apresentação que será realizada na sexta-feira (24), a partir das 16h, o Balé Afro Raízes estará proporcionando o espetáculo “Senzala”.

Os quilombos Timbó e Caluête também irão receber durante o FIG 2015, a atividade “Diálogos Patrimoniais e Jogo do Patrimônio 2.0 – Sensibilização para preservação do patrimônio histórico cultural”, desenvolvida pela equipe de Educação Patrimonial da Fundarpe. Sendo realizada de maneira lúdica, a atividade objetiva explorar questões artísticas e potencialidades existentes em Pernambuco, envolvendo os diversos patrimônios culturais.

Confira a programação:

Terça-feira, 21/7
17h30 – Percussão Afro Estrela (Quilombo Estrela)

Quarta-feira, 22/7
17h30 – Coco do Mestre Juarez (Quilombo Timbó)

Quinta-feira, 23/7
17h30 – Dança Afro Tigre (Quilombo Tigre)

Sexta-feira, 24/7
15h30 – Negra-Atitude (Quilombo Estivas)
17h30 – Quilombo Axé (Castainho)
Circo

Terça-feira, 21/7
17h – Café Pequeno da Silva e Psiu
Richard Riguetti – Grupo Off-Sina (RJ)
Dança

Sexta-feira, 24/7
16h – Senzala
Balé Afro Raízes (PE)
Teatro para a Infância

Quinta-feira, 23/7
17h – Flor da Vida
Teatro Mototóti (RS)
Oficinas
Música | Percussão Inclusiva
Facilitador: Jorge Riba
De 20 a 24/7 | 8h às 17h
Local: Comunidade Quilombola Castainho
- Dança | Dança Afro Tribal
Facilitadores: Paulo Queiroz e Gilson Gomes
De 20 a 24/7 | 8h às 17h
Local: Comunidade Quilombola Castainho
- Oficina de Jogos e Brincadeiras
Facilitadores: Anna Rita e Wesley Italo
De 20 a 24/7 | 8h às 17h
Local: Comunidade Quilombola Castainho

Diálogos Patrimoniais e Jogo do Patrimônio 2.0 / Sensibilização para preservação do patrimônio histórico cultural
Dia 21/7 – Quilombo Timbó | 9h às 17h
Dia 25/7 – Quilombo Caluête | 9h às 17h

CULTURA LIVRE NAS FEIRAS: Na Ceaga Forró e MPB marcarão presença

Cantor Garanhuense Dema do Forró é atração do sábado, 18 de julho as 11 da manhã (Foto Eric Gomes).

Do Portal: www.cultura.pe.gov.br

Possuindo como público alvo os frequentadores e visitantes da feira livre do Centro de Abastecimento de Garanhuns (Ceaga), o projeto Cultura Livre nas Feiras estará proporcionando nos dias 18 e 25 de julho, duas edições especiais durante a programação do 25º Festival de Inverno de Garanhuns. Com apresentações musicais de forró e MPB, estarão animando o polo a banda Forró Pé Quente, o cantor Dema do Forró, o grupo Expressinho do Forró e a cantora Michelle dos Anjos. No sábado (25), o público também contará às 10h, com a realização do espetáculo teatral “Cores para Jasmim”, promovido pela Cia Fisa D’Arte.

Na tenda do projeto, também estará disponível exposição fotográfica, reunindo um pouco da história de cada edição desde o ano de 2011, em diversas feiras livres do Estado. Apresentações de danças, artes cênicas e shows musicais, além de mostras de artesanatos, gastronomia e outros segmentos, são alguns dos momentos focados na mostra, através das lentes de fotógrafos não profissionais, objetivando demonstrar a interação do público com o que está sendo vivenciado durante as edições.

De acordo com Marconi Abreu, coordenador do projeto Cultura Livre nas Feiras, o objetivo das duas edições especiais no FIG 2015, visa fomentar a cultura do Agreste Meridional através de representações inseridas no contexto da região. “Nosso objetivo com mais estas realizações, que já acontecem há dois anos durante o Festival de Inverno, é fortalecer e divulgar artistas ainda desconhecidos do cenário cultural pernambucano, possibilitando apresentações que também contribuam com o resgate da cultura popular em cada localidade”, explicou. “Na exposição fotográfica, o público também poderá observar a nossa prestação de serviço de uma forma dinâmica, condizente com o lema de levar arte e cultura onde o povo está”, ressaltou Maconi.

A programação do projeto, desenvolvido pela Secult-PE e Fundarpe, será realizada durante os dias 18 e 25 de julho, com início sempre às 9h. A feira livre da Ceaga fica localizada na Rua Vigário Tenório, s/nº, no centro da cidade.

Confira a programação:

Sábado, 18 de julho
9h – Forró Pé Quente
11h – Dema do Forró

Sábado, 25 de julho
9h – Expressinho do Forró
10h – Apresentação Teatral “Cores para Jasmim”, Cia Fisa D’Arte
11h – Michelle dos Anjos

Local: Central de Abastecimento de Garanhuns
CEAGA (Rua Vigário Tenório, s/nº, centro de Garanhuns).

DE 19 A 25 DE JULHO PRAÇA DA PALAVRA RECEBE LITERATURA, PERFORMANCES E POETAS

Foto: Eric Gomes

Do Portal: www.cultura.pe.gov.br

Como já é de praxe, Garanhuns contará com seu cantinho dedicado à literatura durante o FIG. A Praça da Palavra marca presença nesta 25ª edição do festival, trazendo aos visitantes uma extensa programação onde o universo da leitura e do imaginário literário é o grande protagonista. A começar pela grande homenageada deste ano, a escritora garanhuense Luzilá Gonçalves, que coloca a literatura na linha de frente deste FIG 2015. A programação, que ocupará a Praça Souto Filho, de 18 a 25 deste mês, sempre das 10h às 21h, contará com debates, lançamentos de livros, saraus, contação de histórias e performances ao longo de todo o festival.

“Este ano, temos uma programação que, tradicionalmente, é voltada para o público adulto e o infantil. Quem for à Praça da Palavra, poderá acompanhar tanto uma programação matinal, principalmente as de contação de histórias, algo que vem se fortalecendo a cada ano, como conferir as palestras, debates, assistir às performances. Temos também uma expectativa de um público cada vez maior no stands de venda de livros, o que projeta ainda mais essa circulação de livros”, comenta o coordenador de Literatura da Secult-PE, Wellington de Melo.


   Homenageada do FIG 2015 escritora Luzilá Gonçalves terá espaço de destaque na programação.

Como não poderia deixar de ser, Luzilá Gonçalves terá espaço de destaque na programação. A escritora e sua obra serão abordadas em vários momentos do FIG. No sábado (18), às 19h, o escritor e professor Alexandre Furtado (UPE) conversa com a escritora sobre sua produção literária. No domingo (19), às 11h, ela relança o seu livro infantil A cabra sonhadora (CEPE), com contação de histórias. Na quinta (23), 16h, ela conversa com a também escritora Luzinette Laporte sobre o tema “Livros infantis e formação do leitor”, abordando a importância da literatura para estimular o gosto da leitura nos pequenos. E na sexta (24), às 17h, a homenageada ministra a palestra “Autores pernambucanos: um panorama”.

Outros destaques na programação: a participação do escritor paulistano Ricardo Lísias, que conversa com o também escritor Mário Rodrigues, sobre o tema “Literatura e autoficção: esses espelhos”, no sábado (18), às 16h. De 22 a 24, sempre às 10h, acontecerá “Pequenos universos portáteis”, uma intervenção facilitada por Cristiane Amador e Margarita Semperos, que irá estimular nas crianças a criação poética através de artefatos diversos que não sejam somente a palavra. O encontro da Literatura de cordel de Pernambuco e Alagoas acontece no dia 20, às 16h, em um sarau que irá reunir os poetas Cícero Emanuel (AL), Santana do Mundaú (AL), Edmilson Soares (AL), Edilene Soares Palmerina (PE), Sergio Nunes Terezinha (PE) e Dorgival Fabiano Bispo (PE).

Escritor Helder Herik estará se apresentando na Praça da Palavra.

        Nova literatura se encontra      
       
      Os quatro vencedores do II Prêmio de Literatura – Wander Shirukaya, Tadeu Sarmento, Helder Herik e Rômulo de Melo – participam de um encontro na programação da Praça da Palavra. “Nova literatura pernambucana: manual de instruções” será um bate-papo com os escritores sobre um panorama da cena literária estadual, suas obras e como editais como o Prêmio Pernambuco contribuem para fomentar a cadeia produtiva local.

Performances

      Para muito além das páginas dos livros, a literatura também se dá através de sons, gestos e do corpo. Neste dias de FIG, a fruição literária transcende a leitura e ganha outras possibilidades. Entre os nomes que darão novas abordagens ao seu fazer poético, destacam-se Allan Jones, apresentando a performance inédita “Intra-barulho: poesia & megafone”, que contará com as participações de Pedro Bomba e Fábio Barros.

O poeta José Juva se junta a Jonatas Onofre e Camillo José para a performance poético-musical “Poesia ao vivo”. No palco, eles dirão poemas inéditos de suas autorias, personificando o Trimúrti, baseado nos três principais deuses hinduístas: Brahma (criação), Vishnu (manutenção) e Shiva (destruição). O instante em que o poeta usa da palavra falada para dar vida à poesia, em sua potência criadora, é a tônica da performance. “O lance é dizer ‘poesia ao vivo’ e indicar que o poema, que a poesia está bem além da página, que ela acontece no momento de sua enunciação e que a palavra poética é criadora de circunstâncias, situações”, conta Juva sobre a performance.

A poesia também é memória, afeto. A jornalista Julya Vasconcelos vai registrar momentos vividos por moradores de Garanhuns na ação “Cápsulas sentimentais”. De 23 a 25 de julho, balões de hélio serão espalhados em diversos pontos da cidade. Dentro de cada um deles, uma história, uma recordação, cartas, poesias de garanhuenses que vão abrir seu coração poderão ser “lidos” por quem achá-los. “Eu pretendo unir três coisas: jornalismo, artes visuais e literatura. A ideia é conversar com as pessoas para que elas tragam memórias relativas às suas vivências na cidade, reunir essas informações como se fosse um perfil dessas pessoas e trazer isso para uma dimensão poética”, explica Julya. “Essa produção vai ter uma dupla importância: tanto o de trazer essas memórias à tona como de dar a elas esse tratamento literário. Além disso, distribui-las pela cidade, pra que qualquer pessoa possa encontrar um balão desses e conhecer a história de outra pessoa”, conta ela.

Outras ações

         Poetas uniformizados baterão à porta dos garanhuenses, oferecendo poesia de graça. É o A Gente da Palavra, que irá percorrer bairros da periferia de Garanhuns, recitando poemas seus e de outros autores. Participarão Joy Carlu, André Monteiro, Clécio Rimas e Wilson China. Eles irão visitar as seguintes localidades: bairro da Boa Vista (20/7, das 14h30 às 16h30), bairro Magano (21/7, das 9h30 às 11h30) e bairro Mané Xéu (22/7, das 9h30 às 11h30).

Das 10h às 20h, a Praça da Palavra também estará promovendo o Escambo de Livros. Lá, o público poderá levar um livro seu, que esteja em bom estado (menos livros didáticos ou religiosos) e trocar por outro, incluindo livros incentivados pelo Funcultura.

Tem também os “Livros Livres”, que estarão espalhados por Garanhuns, durante todo o Festival de Inverno. Quem se deparar com um livro, pode pegar e ler à vontade. Depois de ler, é só deixá-lo em outro ponto público da cidade, para que outras pessoas tenham acesso livremente.

IMPRENSA CREDENCIADA PARA O FIG 2015; Relação completa


A Assessoria de Comunicação da Secult-PE/Fundarpe torna público a lista dos veículos de comunicação que tiveram seus pedidos de credenciamento aprovados para o 25º Festival de Inverno de Garanhuns.

A relação foi feita com base na convocatória de credenciamento, e é importante frisar que apenas os profissionais credenciados terão acesso à sala de imprensa oficial do Festival (diurna) e aos espaços destinados aos jornalistas no backstage e fosso do Palco Dominguinhos, onde, além do crachá, deverão ter pulseira de identificação para circular nesses ambientes. As pulseiras serão entregues, por dia, pela Assessoria de Comunicação da Secult-PE/Fundarpe a cada credenciado da imprensa na chegada ao backstage.

As credenciais serão entregues na Sala de Imprensa do FIG, localizada na Infortec Informática, na Rua 15 de novembro, nº. 8, Centro de Garanhuns. A distribuição dos crachás acontecerá na quarta-feira (15/07), das 13h às 17h, e na quinta-feira (16/07), das 10h às 14h. Os profissionais devem comparecer ao local com o crachá de identificação do veículo de comunicação e/ou documento de identificação com foto.


JORNAIS IMPRESSOS E REVISTAS:
Jornal Diario de Pernambuco
Jornal do Commercio
Jornal Folha de Pernambuco
Jornal Extra de Pernambuco
Jornal Crer em Pernambuco
Jornal O Columinho
Jornal DAC Jornal
Cidade Jornal
Rota do Crime
Jornal O Monitor
Jornal Vanguarda

RÁDIOS:
Rádio Jornal AM
Rádio Marano
FM Rádio Sete Colinas
FM Rádio Brejão
FM Rádio 87
FM Rádio Meridional
Rádio Papacaça
Rádio Polo FM

TV’S:
Tv Asa Branca
TV Jornal
TV Pernambuco
 Tv da Rede
Tv Leia Já

BLOGS, SITES E PORTAIS:
Portal Leia Já
Blog Satisfeita, Yolanda?
Blog Saullo Paes
Blog Falando Francamente
Blog do Ronaldo César
Blog Ativo Blog
O Sal do Mundo
Blog V&C Garanhuns
Blog V&C Artigos e Notícias
Blog do André Costa
Blog Eduardo Peixoto
Blog do Cisneiros
Blog Kitty Total
Blog TV Notícias Populares
Site Agenda Alagoas
Blog Agreste in Culture
Blog do Mouret
Portal Agreste Violento
Blog Agreste
Digital Blog Gidi Santos

FOTÓGRAFOS INDEPENDENTES:
Stúdio C
Tree Fotografia
FH Stúdio

ESPAÇO PASÁRGADA; Saraus, exibição de filmes e bate papo programados para a Livraria e Cafeteria do Heliópolis


Do Portal: www.cultura.pe.gov.br

O Espaço Pasárgada, mais conhecido como a casa que poeta Manuel Bandeira viveu parte da sua infância no Recife, comandará, pelo segundo ano consecutivo, uma programação especial no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), entre os dias 18 e 25/7: o Café em Pasárgada. O projeto, que será sediado na Livraria Casa Café, no bairro de Heliópolis, contará com uma série de saraus, exibição de filmes e um bate-papo com a grande homenageada do FIG 2015, a escritora garanhuense Luzilá Gonçalves, que acontecerá no dia 22/7 (quarta-feira), às 17h.

“Já consolidado no Recife, como parte do calendário de atividades fixas do Espaço Pasárgada, o nosso objetivo, na Livraria Casa Café, é promover um encontro entre a poesia, em especial a de Manuel Bandeira, e o público que circula pela cidade durante o FIG”, disse Carolina Aguiar, que ao lado da gestora do Espaço Pasárgada, Marília Mendes, cuida da programação do Café. Segundo ela, a ação visa gerar uma integração da poesia/literatura com outras linguagens e expressões artísticas, como audiovisual, gastronomia, artes plásticas e teatro, através da obra de Bandeira e outros poetas pernambucanos e brasileiros. “Aproveitamos a estrutura da Casa Café, que possui um cardápio poético – o nome de vários autores batizam os pratos que eles oferecem no menu, para  divulgar/difundir o legado do patrono do Pasárgada, como também oferecer aos artistas e poetas de Garanhuns um espaço em que eles possam, literalmente, soltar a voz”, contou Aguiar.

“Ao lado de Duvinnie Pessôa, vou mediar o Recital Poético, com microfone aberto ao público, programado para acontecer das 16h às 20h, na Casa Café. No repertório, além de Manuel Bandeira, irei apresentar uns textos de Patativa do Assaré, Zé Limeira, Vinicius de Moraes, Cora Coralina e umas canções de Siba, que são verdadeiros poemas musicados”, disse o ator garanhuense Julierne Galindo. Entre os poetas locais já confirmados, estão Carlos Janduy, Maciel Viana e Hélder Hérik, ganhador do 2º Prêmio Pernambuco de Literatura, promovido pela Secult-PE/Fundarpe.

Na seção audiovisual, haverá a exibição do curta-metragem O poeta do Castelo (1959), primeira obra do cineasta carioca Joaquim Pedro de Andrade, que narra o dia a dia de Manuel Bandeira, seu padrinho de crisma; do especial Pasárgada.doc, web programa do Portal Cultura.PE, desenvolvido pela Coordenadoria de Literatura da Secult-PE/Fundarpe, que trouxe semanalmente, de fevereiro a maio deste ano, depoimentos de escritores pernambucanos sobre sua trajetória, vida literária e desafios do ofício; e a Mostra Especial Stop Motion, que contará com a exibição de 12 curta-metragens, no dia 24/7.

Confira a programação completa do
Projeto Café em Pasárgada, no FIG 2015:
Local: Livraria Casa Café – Av. Rui Barbosa. 563 – Heliópolis – Garanhuns-PE.



         Programação completa AQUI